Você está aqui
Home > DSTs > Risco de transmissão do HIV e tipo de exposição

Risco de transmissão do HIV e tipo de exposição

Infectologista - Risco de transmissão do HIV e tipo de exposição
Compartilhe

Risco de transmissão do HIV Varia de Acordo com o Tipo de Exposição

Existem várias maneiras de se expor ao vírus HIV. Para cada tipo de exposição existe um risco diferente de se infectar pelo vírus. Independente da exposição de risco, as chances de se pegar HIV nunca são de 100%.

As chances de se pegar HIV não aumentam conforme aumenta o número de exposições, mas é claro que quanto mais exposições existirem, maior os riscos de infecção. Não porque o risco é acumulativo, mas porque há mais exposição.

Por exemplo, uma pessoa pode “ganhar na loteria” jogando uma única vez, mas é claro que quanto mais vezes a pessoa jogar na loteria, maior as chances dela ganhar.

Materiais que podem transmitir o vírus HIV

  • Sangue e outros materiais contendo sangue contaminado;
  • Sêmen e liquido pré-ejaculatório;
  • Fluídos Vaginais;
  • Líquido peritoneal (liquido que fica dentro do abdômen);
  • Líquido Pleural (fica entre o pulmão e a pleura, que é uma “capinha” de proteção que envolve o pulmão);
  • Líquido pericárdico (fica entre o coração e o pericárdio, que é uma “capinha” de proteção que envolve o coração);
  • Líquido amniótico (fica dentro da placenta, protegendo o bebê que está sendo gerado);
  • Liquor (liquido que fica dentro do cérebro e no meio da coluna);
  • Líquido articular (fica dentro das articulações).

Materiais que NÃO podem transmitir o vírus HIV

  • Suor;
  • Lágrimas;
  • Fezes;
  • Urina;
  • Vômitos;
  • Secreções nasais;
  • Saliva (exceto em ambiente odontológico).

Veja na tabela abaixo o risco de transmissão para cada tipo de exposição:

risco de transmissão do HIV
* Fonte: CDC e UpToDateatualizado em Setembro de 2017.

 

Além do risco geral de infecção exposto na tabela acima, algumas condições ou características da exposição podem aumentar o risco de transmissão.

Fatores que Podem Aumentar o Risco de Transmissão do HIV

Quantidade de vírus circulando no sangue

  • No primeiro ano após a infecção pelo HIV, o vírus se encontra em maior quantidade no sangue e as chances de transmissão aumentam independentemente da situação;
  • Pessoas que já estão em fase AIDS (aquelas que já possuem a imunidade muito baixa, suscetíveis a infecções oportunistas);
  • Tomar as medicações adequadamente e manter a carga viral indetectável diminuem substancialmente o risco de transmissão.

Presença de lesões

Contato de uma área lesionada com qualquer superfície com material contaminado, seja fluido vaginal, esperma, líquido pré ejaculatório ou sangue.

  • Lesões genitais
  • Lesões penianas
  • Lesões orais
  • Lesões anais
  • Lesões de pele como úlceras, herpes, cortes e fissuras
  • Gengivites

Traumas durante o ato sexual

  • Relações sexuais com penetrações mais brutas aumentam o risco de transmissão do HIV, pois causam pequenas fissuras ou lesões dentro da cavidade, acarretando pequenos sangramentos, principalmente nas relações anais, uma vez que a mucosa anal não tem a mesma lubrificação da vagina, estando mais suscetível a este tipo de trauma.

Quantidade de material

  • O vírus HIV não sobrevive muito tempo fora do corpo humano. Contudo, alguns fatores podem aumentar este tempo de sobrevivência.
  • Independente desses fatores, acidentes perfurocortantes ou compartilhamento de agulhas grossas com sangue visível na ponta possuem maior risco de transmissão.

Presença de outras doenças de transmissão sexual

O que pode Diminuir o Risco de Transmissão?

  • Circuncisão;
  • Pessoa fonte com pouco vírus circulando no organismo (quanto menor a quantidade de vírus no organismo, menor o risco);
  • Tempo de exposição (quanto menor o tempo de exposição, menor o risco);
  • Quantidade de material contaminado (quanto menor a quantidade de material contaminado em contato, menor o risco);
  • Tamanho da área de contato (quanto menor a área da lesão, ou mucosa em contato, menor o risco).

risco de transmissão do HIV

Lembre-se:

  • A forma mais eficaz de se proteger da transmissão sexual do vírus HIV é através do uso correto do preservativo.
  • Para pessoas que se expõem ao risco com grande frequência, existe uma profilaxia pré-exposição ao HIV.
  • Para pessoas que tiveram exposição ao risco, ainda existe como se prevenir! Conheça mais sobre a Profilaxia Pós-Exposição.
  • Após a exposição, existe um tempo minimo e máximo para se descobrir se você foi infectado pelo HIV. Leia mais sobre o diagnóstico do HIV.

 

Fonte:


Compartilhe
Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

2.012 thoughts on “Risco de transmissão do HIV e tipo de exposição

  1. Olá Dra. Keilla !
    Saí com uma garota de programa por 3 vezes em meses distintos, Nestas ocasiões foram realizados testes rápidos em postos de saúde pública, por ambos, para HIV e ISTs. Todos os 3 testes deram negativo. Na última vez, cerca de 9 dias depois do último teste, fiz sexo anal insertivo por duas vezes no mesmo dia e sem preservativo. O risco neste caso é muito menor que a tabela publicada? Muito obrigado

    1. O risco é menor que o da tabela, pois a mesma considerada a relação com uma pessoa HIV positiva e no seu caso, a garota teria que estar dentro da janela imunológica, o que estatisticamente já diminui as chances.

  2. dra.keilla tudo bem?
    desculpa e ignorancia ,porém estou com duvida a respeito da situação: UMA PESSOA COM HIV SENTA NO VASO SANITARIO E LOGO DEPOIS EU SENTO, TENDO CONTATO NA PARTE DO VASO,ELE RECEM TINHA EJACULADO. CORRO RISCO?

  3. Olá Dra dedos sujos,molhados com líquido pre ejaculatario e se forem introduzidos na vagina ,tocar no clitoris,qual a chance de contaminação pelo vírus HIV?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Na dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  4. Dra dedos umedecidos com líquido pré ejaculatório e introduzidos na vagina, no clítoris. O risco é alto ?

  5. Dra boa noite, liquido pre ejaculatorio na mao, fazia uma semana que havia feito uma tatuagem nos dedos, há risco caso o liquido entrou em contato com meus dedos? Uma semana a ferida ainda esta aberta?

  6. Boa noite dra. Fiz sexo oral em um rapaz, o tempo de exposição foi bem rápido, e não houve ejaculação. Sei que o risco é baixo, o fato é que horas mais cedo havia puxado uma pelinha dos meus lábios, não sei se saiu sangue. O risco aumenta nesse caso?

  7. Dra tatuagem risco pra hepatite b? O tatuador mexeu no telefone com a mesma luva que usava em mim, fazia 15 dias que tinha tomado a 2 dose da vacina.

  8. Dra Bom dia, fiz uma tatuagem, os instrumentos e tinta eram descartáveis, porem no intervalo da tatuagem o tatuador pegou no celular com a luva que usava, ele voltou a fazer a tatuagem e não trocou a luva. Ha algum risco nesse caso? Pra hiv e hepatite b? Se ele atendeu alguem antes de mim e fez a mesma coisa o virus pode ter ficado no telefone e passar pra mim. Agradeço sua atenção

  9. Dra.
    Transei com preservativo. No final o preservativo estava intacto. Mas não sei se podia ter alguma abertura impercetível ao olho humano. Entretanto fiz análises em laboratório ao fim de 18 dias e deu negativo para todas as DST (HIV, sifilis e hepatites). Li que HIV é a doença de mais dificil transmissao. A minha pergunta é: tendo em conta que deu negativo em todas as outras doenças é legitimo eu concluir que isso reduz a probabilidade de eu ter sido também contagiado pelo HIV?

  10. Ola doutora, tive uma relação com um homem soro positivo. no meio da relação minha mão teve contato com o liquido pré ejaculatorio dele, é possivel que quando eu tirei meu preservativo um simples contato da minha mão com a minha glande ou na pele proximo a glande,pode ter acontecido de eu ter contraido o virus? O risco baixo de eu ter contraido?

  11. Boa tarde. Dra. Comprei uma roupa pela internet e me furei com o alfinete que vem na roupa para pregar a etiqueta, saiu sangue do meu dedo. Há algum risco de infecção pelo HIV caso tenha sido furado antes pela pessoa que o colocou na roupa e despachou, caso essa pessoa tenha HIV? Estava bem gasto o alfinete, e ele escapa fácil, sendo bem provável que tenham furado o dedo nele antes. Demorou 21 horas para a roupa chegar até minha casa da separação até a entrega. Muito obrigado. Deus te ilumine.

  12. Dra.Keilla, bom dia!
    Transei com uma mulher de sorologia desconhecida com camisinha, depois do sexo retirei a camisinha e lavei as mãos com água e sabão. Durante o banho percebi um corte no prepúcio do meu pênis. Corro risco de ser contaminado visto que manipulei o preservativo e durante o sexo usei as mãos para fazer caricias na parceira?

  13. Boa noite dra. Fiz sexo oral em um rapaz, o tempo de exposição foi bem rápido, e não houve ejaculação. Sei que o risco é baixo, o fato é que horas mais cedo havia puxado uma pelinha dos meus lábios, não lembro de sair sangue. O risco é se configura alto nesse caso?

  14. Doutora, estimulei a vagina de uma mulher com os dedos dentro dela, em seguida me masturbei com a mesma mão, ainda molhada, sem ejaculação.
    O risco de hiv para mim é muito alto?
    Obrigado

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Na dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  15. Olá Doutora!
    Enfiei os dedos na vagina de uma mulher, sorologia desconhecida, por vários minutos e em seguida me masturbei, com a mesma mão. Qual o risco de hiv?
    obrigado.

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Na dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  16. Dr, ter relação sexual onde a camisinha está pela metade do pênis, e a parte que não está coberta ter contato com o fluido vaginal constante, gera um risco alto ou não? lembrando que não teve contato com a mucosa do pênis

  17. uma nota de dinheiro , estava com mancha vermelha parecia sangue seco , sem querer encostei na mancha e passei mao na boca pego,corro risco de hiv ?

  18. Dra. sou mulher e heterossexual, fiz sexo oral em um rapaz tambem hetero. Quando ele começou a ejacular, retirei o penis da boca, segurei um pouco e cuspi.
    Quero saber:
    1- Na tabela, se refere ao sexo oral recebendo ejaculação na boca?
    2- No caso de ser pequena quantidade de semen, diluido em saliva, diminui as chances?
    3- ter uma pequena lesao no ceu da boca, sem sangramento, aumenta a chance de contaminação? Se sim, se equipara ao sexo vaginal?

  19. Doutora sexo oral transmite HIV ?
    eu sair como uma mulher e chupei o ânus dela .
    e enfiei a linguá lá dentro .
    sera que tem algum risco ?

    minha boca e linguá não tinha nenhum machucado .

    tem algum risco ?

  20. Dra, conheci um rapaz em uma viagem, ele foi no meu quarto, nos beijamos de língua, nos lambemos, mamilos, pescoço, ficamos de cueca nos sarrando pênis com pênis, e no final fomos no banheiro ejacular, eu ejaculei na perna dele porque ele era maior, ele queria ejacular no meu pênis, não deixei, ai ele ejaculou na minha barriga, tou meio preocupado, isso é situação de risco?
    Nã houve sexo nem anal e nem oral, somente isso que escrevi

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Na dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  21. Caso eu apresente alguns sintomas como coceira, pele irritada etc e apos isso faca um teste que resulte em negativo para hiv (4 geracao),hcv,aghbs,htlv,vdrl posso assegurar que esses sintomas nao estavam ligados a essas dsts?

  22. Tive uma relacao ha 2mesese e utilizei camisinha e nao houve sexo oral
    1- antes de de colocar a camisinha ela esfregou a vagina no corpo do meu penis, na parte de tras( sem tocar a glande) e durante o contato ( 10 segundos) nao havia fluido vaginal, mas caso houvesse seria classificado como contato de risco ?
    2- fiquei preocupado e fiz o teste de 4ger com 21d e deu nao reagente, um novo teste de 4ger 60d apos ja posso encerrar o caso ?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      No caso do teste de 4 º geração, um resultado negativo a partir dos 90 dias após a última exposição de risco, já exclui o caso.

  23. Bom dia, Doutora. Recebi massagem de um Garota de Programa, ela passou seu orgão genital em minhas costas. Corro algum risco? Obs. Não teve penetração ou sexo oral, somente massagem.

  24. Olá, Dra. Fui à uma casa de massagem íntima. Antes de entrar no quarto, percebi que tinha um homem saindo de lá. Há chances de contrair hiv caso, hipoteticamente, ele tenha ejaculado, sangrado (expelido algum fluído) e limpado na roupa de cama, e eu, sem saber, ter entrado em contato com esse material após uns 5 minutos dele ter saído de lá, pois me deitei na cama nu e esfreguei meu pênis e o resto do corpo (até mesmo pequenas feridas que tenho nos dedos por roer unhas) nessa roupa de cama?

  25. Olá doutura, fiz sexo oral receptivo em uma garota de progamas que não sei se tem DST”s.
    1- Estava com aftas na boca;
    2- A garota sempre teve relações com camisinha, e nunca realiza sexo oral sem camisinha também, e também nunca realiza beijos.
    3- Foram cerca de 20 segundos (até eu me tocar que corria risco), apenas na parte externa da vagina.

    Corro risco de contrair HIV ou outras DST’s? Se sim, é raro?

  26. Doutora me ajude por favor. Eu saí com um homem, Apenas nos masturbamos mas a dada altura ele penetrou ligeiramente o dedo no meu anus. Por vezes eu tenho fissuras e sangro um pouco. Se ele tiver liquido pré ejaculatório no dedo ou alguma ferida, eu posso pegar alguma doença? Tenho medo.

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  27. Olá doutora, tive uma relação passiva com uma garota trans, durou cerca de 3 minutos, , não senti nada, não teve ejaculação e depois eu vi ela tirando o preservativo, inclusive tava um pouco sujo (tirou com um certo cuidado para não se sujar).
    1 – É possível sentir quando o preservativo se rompe?
    2 – O líquido pré ejaculatório tem mesma carga viral do semen?
    3 – O risco é menor quando não tem ejaculação?
    Obrigado!

  28. Dra boa noite, fui no cta fazer teste rápido, logo apos fui em uma consulta medica e coloquei meu dedo na biometria, com meu dedo furado, logo apos apertei o dedo pra ver se o furo tava saindo sangue ainda com a mesma mão que passei na maçaneta da porta, nesse processo saiu sangue do furo, existe algum risco pra essa situação?

  29. Doutora tudo bem? Gostaria de saber se arranhoes oferece risco de infecção por hiv ou hepatite C ou B, levei um arranhão acidental na fila do mercado e estou preocupado ! Isso é meio de transmissão do vírus hiv ou da hepatite ?

  30. Primeiramente gostaria de parabenizar a Dra por este espaço de esclarecimento. Dra, certo dia estava cortando a unha do meu sobrinho de 1 ano, por descuido acabei ferindo o cantinho do dedo e como começou a sair sangue, como reflexo, levei o dedinho do sobrinho à boca. Sou soropositivo, recordo-me de não haver qualquer ferimento em minha boca, estava
    , e estou, indetectável. Há algum risco de ter transmitido HIV para a criança nesse caso?

  31. Pelo menos uma vez ao ano tenho que fazer a PEP, por conta de rompimento de camisinha. Você acha que isso faz perder a eficácia? Por que não se fala o mesmo da PreP.

  32. A camisinha arrebentou comigo sendo passivo em sexo anal, mas arrebentou muito antes de penetrar, foi percebido na hora. Logo não houve penetração sem camisinha, só a glande do pênis que entrou um pouco. Mas aí eu estava com um sangramento leve nas “entradas”. Acha que tem o risco? Por exemplo do liquido pre ejaculatorio com essa fratura na entrada do anus? o tempo de contato foi muito rápido, eu senti na hora quando arrebentou e tirei.

  33. O contato entre a pele machucada, feridas ou mucosas e sangue infectado com HIV ou fluidos corporais contaminados com sangue. A transmissão nestes casos têm sido extremamente rara. Então tive um corte na mao pequeno mas acho que entro em contato com líquido pra semenal posso ter pego hiv

  34. Olá dr, gostaria de saber se há risco em contrair ao hiv, quando o parceiro apenas passa o pênis no ânus e na pele sem penetração

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  35. Dra, sai com um travesti ontem a tarde. Só beijos, masturbação mutua e ele sexo oral em mim. Pergunto: 1. Ele fez sexo oral em mim. Há risco para mim? 2. Seu pênis tinha liquido pré-seminal e encostou nas minhas pernas. Tenho feridinhas advindas de inflamação nos pêlos (acredito que seja foliculite). Não sei se encostou o pênis (com liquido pré-seminal) em cima das feridinhas (1, 2mm de diametro). Se tiver encostado, há risco? Devo fazer PEP? Muito obrigado.

  36. Dra., me ajude em uma dúvida.
    Transei com uma amiga (sorologia desconhecida) usando preservativo.
    Acontece que ela goza bastante.
    Notei que ao retirar a camisinha a base do meu pênis e virilha estavam molhados pelo líquido saído dela.
    A única coisa que pude fazer foi pegar um pano e secar a região.
    Qual a probabilidade de risco nesse caso?

  37. Tive uma relação com MP,ela deitou lubrificante no dedo e colocou nela,depois ela pegou em toalhitas absorventes para limpar meu pênis,área publica pelo menos 2 toalhitas depois papel e fez o mesmo limparme.depois pegou o preservativo e colocoumo,mas notei que ela usou um dedo de cada mão para abrir mais o preservativo ao me colocar.Ao meter a lubri.. pode trazer resíduos e quando esticou o preservativo por dentro?Mesmo entretanto pegasse em toalhitas,papel para ela me limpar.corro algum risco?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  38. Boa noite Dra
    Eu estava viajando de carro e usei um banheiro publico, antes de me limpar joguei papel no vaso, acho que meu dedo esbarrou no assento, eu me limpei normalmente depois, estava menstruada. Ha risco de pegar alguma dst? Hiv por exemplo.

  39. Dra. qual a probabilidade de contaminação para alguém que (com a boca íntegra) recebe beijo na boca com um pouco de sangue de uma pessoa soropositiva? Seria maior que na relação sexual ou sexo oral?

  40. Olá ,,

    Quando vc citar sangue odontológico , seria enorme quantidade de sangue visível ?

    Recebe sexo oral de uma garota , preciso fazer exame ou não corro nenhum risco ??

  41. Boa noite Dra. Fui no salao e acabei tendo um pequeno corte da navalha na região do pescoço. Como sofro de hipocondria, eu queria saber se caso essa navalha estivesse o com sangue fresco hiv soropositivo qual a posibilidade de contrair a doença? É só tosse seca que é sinal de hiv? A possibilidade de menos de duas semanas da exposição de risco apresentar algum sintomas?

    1. só tosse seca não é sugestivo de infecção por HIV, se a lâmina foi usada em algum cliente anterior o mais provável é que mesmo se este cliente for portador do vírus HIV, o vírus já estará morto ao ser usado no próximo cliente.

  42. Olá doutora fiz sexo anal insertivo sem preservativo com um soropositivo carga viral em 60.000/ml foi coisa de 10 minutos sangro um pouco eu estou contaminado?

  43. Doutora, eu tive uma relacao com uma garota a qual eu desconheco a sorologia, usamos o preservativo durante todo o ato sexual, porém antes de comecarmos o sexo ela estava por cima de mim e esfregou a vagina no corpo do meu penis ( no caso eu me recordo de nesse momento nao ouve o contato com a glande, foi apenas na pele do penis)

    Além disso no momento tambem nao havia nenhum liquido vaginal ou siginificativo , apenas o lubrificante , quais são as chances de contrair o Hiv nesse caso ?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  44. Doutora,
    Conheci um menino e acabamos ficando.
    Ocorreram alguma coisas. Ele fez sexo oral em mim, nos beijamos, fizemos masturbação mútua (eu masturbei ele e a mim e vice versa) e em um determinado momento ele colocou um pouco (uma gota) de liquido seminal na boca (não semen) e depois de um tempinho me deu um beijo. Quais os riscos de HIV?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  45. Dra. Há 1 semana beijei um menino de sorologia desconhecida. Mais ou menos 5 minutos depois, senti gosto de sangue na boca. Cuspi, porém já havia engolido um pouco. Corro risco de ter pego HIV caso o sangue seja dele?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  46. Dra., após um ato sexual o medo é grande. Recebi sexo oral de um homem sem preservativo. Umas 3 x ele salivou nas mãos dele e tocou em seu pênis. Fiquei com receio de o seu pênis ter líquido pré-seminal , sujar na mão dele, levar a boca dele e depois praticar sexo em mim. Falando com uma amiga enfermeira, ela disse ser desnecessário tomar medicação . É isso ?

  47. Dra. Keilla Freitas, em primeiro parabens pelo seu trabalho
    sou ator porno ( hetero ) e normalmente antes das gravações apresentamos testes hiv.
    porem sei que o laudo destes testes podem ser facilmente falsificados ou reutilizados depois de muito tempo, e isso sempre me preocupa .
    fui informado sobre a Prep ( uso continuo ) e minha duvida e saber, se ela consegue inibir e me garanti em 100% o risco ao virus hiv ?
    mais de 90% das minhas relações sexuais sao de sexo anal sem o preservativo .

    1. A PrEP está mais do que indicada no seu caso, pois trata-se de uma situação de alto risco. Contudo, ela não traz 100% de segurança pois, mesmo se usada adequadamente se o vírus ao qual tiver contato for resistente ao esquema ele não ´protegerá. de todo jeito a eficácia do PrEP é bastante elevada.

  48. Boa noite Dra. Masturbei um homem e ele ejaculou na minha mão, escorreu pelos meus corte de manicure e alguns machucados bem recentes de pele solta formando machucados. Qual o risco de contaminação? Obrigada! Luz pra vc!

      1. Dra. Keila, enviei uma pergunta, mas não sei se foi…estou em um hotel e fui trocar a fronha do travasseiro…quando tirei a fronha o travasseiro estava com uma gota de sangue aparentemente seca (a fronha não estava suja). Porém estou com pequeno arranhão de gato cicatrizando e entrei em pânico com essa situação. Existe algum risco?

  49. Boa tarde Dra…tive uma relação com uma garota de programa há alguns dias…ainda de cueca e ela de calcinha,nos roçamos um pouco,sem contato direto…usamos camisinha desde o começo,oral e vaginal,antes ela passou um gel lubrificante e encostou a mão em mim…ao fim da penetração,a camisinha encostou na area dos pelos,(depilados),e ao tirar a camisinha,encostei sem querer na ponta,poucos segundos,tirei,lavei a mão e limpei o restante da area. corro risco?

  50. Olá, eu tive uma pegação com um rapaz, nos beijamos, lambemos o mamilo do outro, passei o dedo na porta do ânus dele, não penetrei nada, meu pênis ficou uma distancia de 5 a 10 cm do ânus dele, avisei logo que sem camisinha não, em momento algum eu penetrei, nem rolou sexo oral, meu pênis estava ereto coloquei por debaixo da nádega dele pra ficar confortável a posição, somente eu gozei e inclusive na minha perna, tem algum risco?

  51. Dra, por acidente, encostei a ponta da lingua na cabeça do penis de um rapaz, que havia recebido sexo oral de uma outra pessoa, alguns minutos antes e ejaculado na boca dela. Quando encostei a lingua, não havia traços de semen no penis.
    Procurei o INI (FioCruz), pra saber se configurava exposição de risco e assim começar a PEP, mas me informaram que eu não possuía indicação. Posso confiar nisso? Agradeço imensamente.

  52. Dra Boa noite!
    Trabalho na pediatria.. passei por uma situação onde uma criança que usa Traqueostomia tossiu e espirrou a secreção da traqueo no meu nariz. Fiquei na dúvida por ser secreção de vias aéreas, porém por ser traqueo fiquei com medo. Não havia sangue na secreção.

    Obrigado

  53. Bom dia! Ao usar uma piscina pública me deparei com um band-aid daqueles que colocam nos pacientes após que esses realizam o exame de sangue boiando na água. Fui retirá-lo e encostei meu dedo no mesmo. Acontece que eu estava com uma ferida no dedo. Corro risco de contrair alguma doença por ter encostado na parte que fica suja de sangue do bandaid?

  54. Bom dia Dra. Ontem estava num clube e após minha aula de natação fui ao banheiro me trocar. Em um momento fui na pia passar água nas mãos. Após tocar na torneira vi que havia sangue na pia. Eu estava com uma ferpa em meu dedo desde mais cedo (um fio de barba estava alojado desde mais cedo um pouco, porém não houve sangramento nem nada). Há chance de eu ter contraído hiv caso tenha tocado neste sangue e esfregado as mãos depois ao levá -las à água?

  55. Olá, Dra.
    Tive relação sexual com uma Garota de programa de sorologia desconhecida. Terminada a penetração (nao cheguei a gozar), fui tirar o preservativo. Vi que ele estava íntegro, mas ao retirar com muita força, rasguei apenas a parte de baixo do preservativo ( a parte de cima ficou íntegra). Há risco?
    A pessoa tem que ter cuidado ao tirar a camisinha? o fluido vaginal existente na parte externa do preservativo é fator de risco?
    Obrigado

  56. ola doutora boa tarde,frequento um banheiro onde os caras costumam transar,entrei na cabine para urinar porem minha mao tinha encostado na porta e na valvula de descarga do sanitario, coma mesma mao peguei meu penis para me masturbar
    corro risco? se alguem tinha deixado a secrecao ali onde encostei minha mao. grato

  57. Boa noite, Doutora. Há alto risco de contaminação com carga viral de 37.000 caso uma quantidade mínima de fluido pré-ejaculatório do contaminado entre em contato com os dedos e posteriormente com a camisinha durante um sexo anal insertivo?

  58. Boa noite Dra. Gostaria de esclarecer uma duvida, fui fazer o teste rápido, logo apos terminar, fechei a porta onde todos saem, depois de fazer o teste com o dedo furado, sem querer levei minha mão ate meu olho, ha algum risco se tivesse sangue recente na porta? Desde já agradeço sua resposta

  59. Bom dia Dra. Keilla Freitas,
    Sai com um cara umas três vezes e na última fiz sexo oral nele sem preservativo, ele gozou na minha boca, mas logo em seguida cuspir tudo, corro algum risco de ter contraído hiv…sei que na tabela é de 0-4 , ele me disse que é doador, porém dois dias depois terminamos, ele me garantiu que n tem doença nenhuma, só gostaria de saber qual o grau disso.
    Grata,
    Lunna.

  60. Dra. Estive em um wc em que um elemento estava a se masturbar. Toquei apenas na maçaneta do wc para entrar e sair. Não lavei as mãos. Passei álcool gel que havia na praça de alimentação e, cerca de 30 min depois, esqueci e esfreguei a mão da maçaneta em meu olho. Caso o elemento tenha tocado a maçaneta com os dedos sujos de esperma ou pré-seminal e eu tocado por cima após 30 em meus olhos, nessa situação descrita, corro risco? Muito obrigado!

  61. Dra Keilla, tenho hiv. Às 4 da tarde eu me masturbei tenho certeza que lavei e enxuguei a mão mas o que está me consumindo é me lembrar se lavei a mão ou não. As cinco eu comprei um refrigerante pro jantar e as sete da noite foi servido. É risco pra quem tocou na garrafa de refri e tomar mesmo se a minha carga viral não estivesse mais indetectavel por falha no tratamento?

  62. Tive relação com uma mulher que amamenta, usei preservativo mas coloquei a boca nos seios dela e saiu leite. No dia eu possuia uma afta na boca, mas foi muito rápido nem 5 segundos. A Dra. conhece algum caso de contaminação por HIV dessa forma? Sendo uma situação de baixo risco, numa escala de 0 à 100%, qual a chance de contrair de forma?

  63. Boa tarde Doutora, uma pergunta, a profilaxia pós exposição (PEP) é realmente eficiente? Você conhece ou presenciou alguma falha na profilaxia. Vou dar um exemplo do meu caso, iniciei após 10 horas da exposição e fiz uso durante os 28 dias recomendados de forma absolutamente pontual, com variação de minutos somente…

  64. Fiz sexo com uma colega de trabalho mãe de 2 filhos que ainda amamenta, sem camisinha a 15 dias atras , fiz exame deu nao reagente qual a chance de positivar no proximo exame daqui 30 dias? foi apenas sexo vaginal e oral sendo eu inserindo pênis

  65. Boa tarde Drª. Pode me ajudar com uma dúvida? Tive um encontro onde utilizei preservativo o tempo todo. Só que cerca de 1 hora antes, ao tentar abrir uma Longneck e acabei contando o dedo superficialmente, sem sangramento. A preocupação é que esqueci do fato, e utilizei esse dedo para masturbar na vagina e no ânus da parceira. 1-Esse corte sem sangramento é uma ferida aberta? 2-Houve algum tipo de risco no meu caso?

  66. ola dra tudo bem? gostaria de saber,eu recebi oral de um garoto hiv positivo que nao comecou a tomar os antiretro,ele mordeu meu penis e fez um fisura posso ter contraido?risco? obs:boca mal higenizada dele. parabens pelo lindo trabalho…

  67. Uma vez cumprimentei um cara que tava com feridas em cicatrização pelo corpo devido a um acidente. Na mão em que eu apertei havia uma ferida naquele estágio da cicatrização em que há uma crosta amarelo-esbranquiçada e com um líquido pegajoso. O meu dedo, que tocou na ferida, tinha um ferimento com casca perto unha e notei que havia duas marcas pequenas de arranhão no dedo que tocou a ferida, mas creio que estavam em cicatrização. Não sei a sorologia do meu colega, há algum risco?

  68. Dra., saí com uma garota de programa. Na ocasião recebi sexo oral com camisinha. Passei meus dedos no anus e na vagina dela, que estava com gel lubrificante. Não penetrei com os dedos, foi só carícia superficial. Não fizemos sexo vaginal ou anal. Corro risco? O gel lubrificante não mataria as células do HIV?

      1. Obrigado, Dra. E se após isso eu tivesse me masturbado, após essas carícias superficiais nas genitálias e sem lavar as mãos, correria risco?

        1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

          Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  69. Boa noite Dra. Tenho uma dúvida um amigo meu cortou o dedo, peguei um objeto da mão dele , não sei se esbarrei no machucado dele, logo depois eu cocei uma picada de pernilongo, há risco de transmissão?

  70. Primeiramente parabéns pelo excelente trabalho que vc faz sobre HIV/AIDS .Pelo que pude observar vc é uma infectologista bastante conservadora principal sobre janela imunológica. Suponha que vc tenha um cliente que vc considera que não houve exposição ao risco( beijo na boca) mas esse cliente apresenta sintomas fase aguda, com toda sua experiência,vc pede o exame anti HIV ou já diz logo para o cliente desencarnar que essa possibilidade não existe??

    1. uma pessoa pode ter a infecção por muito tempo antes de apresentar qualquer sintoma. Por isso em caso de dúvida sempre é importante fazer o exame diagnóstico específico. ele pode ter pego infecção em uma exposição previa que nem está considerando.

  71. dra(a) parabens pelo seu trabalho, sou grato por estar aqui sanando minhas duvidas.
    Recebi sexo oral de um homem hiv+ sem tratameto ainda, sei que e remoto o risco,porem ele estava com a saude bucal bem mal,aftas,cares,lingua amarelada.Corro algum tipo de risco? aconteceu garganta profunda.Devo recorrer a pep?

  72. Boa.noite Dra , gostaria de saber se a risco no meu caso ,fui em uma casa noturna ,acabei nem.entrando só pedi uma informação coloquei os braços no balcão e logo quando sai lembrei que estava com dois machucadinhos de pelo encravado abertos onde me apoiei, se por acaso no balcão estivesi residos de sangue ou algo do tipo posso ter me contaminado ?

  73. Dra. Boa tarde! Gostaria muito que me respondesse. Me relacionei com um paciente soropositivo que não está em tratamento, desconheço CV. Não houve penetração ou oral. esta Pessoa então se masturbou e colocou a mão com semen na minha região pubiana e espalhou aquele material na região. Logo em seguida fui tomar banho e lavei com água e sabão , porém senti uma ardência na região do prepúcio que parecia uma fissura/microabrasao. Isso é considerado alto risco? Haveria indicação de PEP?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

      se houver menos de 72hs da exposição poderia de indicar a PEP.

  74. oi dra keila,ontem no carnaval de rua fiquei com um garoto sorologia desconhecida,no carro eu estava somente de cueca e ele de roupa ficamos nos encostando, isso e uma situacao de risco?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  75. Dra. Tenho uma dúvida, sou casado, porém tive uma relação com uma GP e em todo momento de sexo oral e vaginal, foi utilizando preservativo.
    No dia seguinte, fui a um infectoligista e o mesmo não me receitou a PEP e não pediu exame para HIV pois disse que não tratava de uma relação de risco.Fazem 14 dias e apareceu afta na minha boca e a garganta arranhando, minha companheira também está com dor de garganta e vômito.Existe o risco de eu ter contraído HIV e ter passado em tão pouco tempo?

  76. Drª Keilla, gostaria de saber exatamente oq é uma “ferida aberta”. Tive uma relação que o semêm de outra pessoa teve contato com uma ferida minha no pé (não estava sangrando, mas estava tipo com liquido transparente). Corro risco de contaminação? Se Sim, é um risco elevado? (Lavei logo com água e sabão).

  77. Dra,
    fui no CTA onde pessoas com Hiv se tratam sentei em uma cadeira quando levantei estava molhada tem risco de me contaminar se algum paciente sentou e molhou essa cadeira antes?

  78. Boa tarde, Dra! Furei minha mão debaixo do estofado da cadeira de um bar… Corro risco de infecção por HIV?

  79. OLA DRA TENHO UMA DUVIDA,SAI COM UM GAROTO SOROLOGIA DESCONHECIDA FIZ MATURBACAO ANAL NELE MEU DEDO TINHA PEQUENOS MACHUCADOS AO TIRAR MEU DEDO DO ANUS DELE MEU DEDO ESTAVA CHEIO DE FEZES,CORRO ALGUM RISCO?

  80. Doutora, boa noite. Sai com uma garota de programa. Ela fez sedo em mim, com camisinha. Eu acariciei o anus e a vagina da moça, mas se, penetrar meus dedos. Eventualmente, tenho machucados nas mãos, por conta da disidrose. Não fizemos sexo anal ou vaginal, apenas o que descrevi acima. Corro algum risco?

  81. OLA DRA MUITO BOM SEU SITE,MINHA DUVIDA É RECEBI SEXO ORAL NO BANHEIRO DE SHOPING CERCA DE 5MIN,NAO CONHECO O RAPAZ,MAS ELE TINHA ALGUMAS FERIDAS NA BOCA,CORRO RISCO PARA HIV? E OUTRO DST?

  82. Dra. apareceu uma mancha vermelha na minha cocha e uma dor em um lado da perna. Podw ser infeccao aguda?

  83. Boa Noite Drª
    Se uma pessoa soropositiva sem estar em tratamento possui algum ferimento na mão naquela fase em que existe uma crosta amarela no ferimento, geralmente com pus ou algum líquido pegajoso proveniente da cicatrização, esse líquido ou o pus podem conter o vírus?

  84. Olá, há cerca de 20 dias saí com uma acompanhante. Foi uma rápida penetração de 3 min. no max.
    A camisinha estava dentro da validade, mas há meses (fechada) na gaveta. Ela nao rasgou durante o ato nem havia furo visível.
    É possível haver algum microporo (imperceptível) suficiente para passar hiv durante a penetração?
    Mt obrigado

  85. Prezada Dra. Keilla, Tive um encontro com uma profissional do sexo, não havendo sexo penetrativo ou oral. Eu a beijei na boca, suguei seus seios e beijei seu corpo, sendo que ela estava nua e eu vestido. Isso pode ser caracterizado uma exposição e devo procurar um medico infectologista ?

  86. Olá, td bem? Saí com uma gp e a penetrei rapidamente. A base do pênis ficou descoberta em razão dos movimentos. Ñ havia ferida e lesão (perceptível, ao menos) na base.
    Além disso, a camisinha não rasgou nem apresentou nenhum furo (também Ñ perceptível, pelo menos). Há riscos de transmissão?

  87. Há 11 dias penetrei (na vagina) por 2 ou 3 min. em uma GP usando camisinha. Ao final, vi que a camisinha me cobriu boa parte, menos a base (3cm descoberto). Ela Ñ estourou e aparentemente Ñ havia nenhum furo. Eu Ñ tinha nenhum machucado (aparente) na pele íntegra. Nesse caso específico, há chance de me infectar com hiv?

  88. Bom dia Dra. Estava com um pequeno corte superficial na mão (cerca de 1 cm), e masturbei um rapaz até sua ejaculação. Creio que tive contato com semen. Não sei dizer a sorologia do garoto. Existe risco de infecção nesse caso? Obrigado.

      1. Dra, o que a sra. se refere como “ferida aberta”? Me cortei no sábado fim do dia e masturbei o rapaz na segunda pela manhã. Havia o corte, mas nenhum sangramento, porém, não estava cicatrizada ainda, estando meio avermelhada. A sra. pode me ajudar? Muito obrigado.

  89. Beijei uma garota soropositiva, tinha o dente siso. Acontece que dps disso tive vários sintomas como: fadiga extrema, perca de peso acentuada, manchas brancas na bochecha, suor noturnos, diarréia, sensibilidade a luz. Realizei o teste 4 geração com 37 dias, realizei vários exames, urina, fezes, tireóide, hemograma,fígado, todos normais. Pode esses sintomas ser TD coisa da minha cabeça?

  90. Dra tive uma exposição de risco, fiz sexo orla sem preservativo. Não houve ejaculação. Senti sintomas como diarreia e dores articulares 12 dias depois.
    Fiz 6 auto teste action, com 30,60,90,120,150 e 160 após exposição, todos negativos.
    Posso encerrar o caso ?

  91. Sexo com proteção (camisinha) vaginal e oral com garota de programa é considerado comportamento de risco? Tive uma relação e um pouco mais de mês depois apresentei sintomas de dor na articulaçoes, febre e enjovou. Estou muito preocupado, isso foi a um ano … Desde disso tive ínguas que vão e somem rápido, a última dolorida e com um pouco de secreção.

    1. se não houve exposição sem camisinha e mesma não estourou, saiu ou qualquer coisa do tipo, não é exposição ao risco. SE ainda tiver sintomas, você precisa se consulta pessoalmente com um médico infectologista de sua confiança para te avaliar e solicitar os exames pertinentes.

  92. Olá Dra, gostaria da sua ajuda com uma duvida, estava no banheiro da academia e quando fui me limpar com o papel higiênico, o papel esbarrou no acento de vaso antes de entrar em contato com as minhas partes íntimas. Isso seria algum risco para dst se alguém usou o banheiro antes de mim?

  93. Dra. Keilla, bom dia! Exame pelo método imunocromatografico.
    Pesquisa do Antígeno Viral HIV 1: P24
    Pesquisa de Anticorpos para os Antígenos Virais:
    – HIV-1 : ENV GP41. RT (ANTI TRANSCRIPTASE REVERSA)
    – HIV-2 : ENV GP36
    Resultado: Não Reagente
    Exame realizado após cinco anos de uma possível exposição, já tive filhos e minha esposa fez todos exames e todos não reagentes. Posso encerrar o caso?

  94. Bom dia. Beijei uma garota soro+, não senti gosto de sangue, mas tinha o dente siso apontado mas tbm não havia sangue nem dor apenas estava vermelho em volta do dente e uma parte estava sobre a gengiva. Acontece que dps desse episoepi estou sentindo suores noturnos, estou com afta que não sara, fadiga, dores musculares. Corro alguns risco de contrair o HIV dessa forma?

  95. ola doutora,desculpe minha ignorancia mas gostaria de saber se pra quem pratica masturbacao anal(com um dedo) em um homem hiv+,com presença de fezes, tem risco para transmissão de hiv?

  96. Fui ao CTA com uma amiga, entramos juntas na sala da enfermeira. Ao realizar os testes rápidos ela foi a primeira, depois de uns 3 minutos foi a minha vez. A minha dúvida é se por uma falha da enfermeira, ela teria usado a mesma pipeta que usou na minha amiga pra coletar a gotinha de sangue no meu dedo, seria uma exposição de risco? Já que só restou vestígio mto pouco de sangue na pipeta. Obs; o resultado do teste da minha amiga foi negativo para hiv. E se ela tivesse na janela imunológica?

  97. Boa Tarde Doutora. Eu comprei um blusa em uma loja fui para casa e depois de 2 horas fui lavar ela e tinha um alfinete de segurança nela, na hora que eu fui tirar o alfinete acabei me espetando mas não saiu sangue do meu dedo. há risco se uma pessoa na loja ter se furado e depois dessas 2 horas eu me espetado?

  98. Boa tarde, Dra. Recebi sexo oral de uma prostituta e usei preservativo. Notei que um pouco de sua saliva escorreu para meu saco escrotal. Essa situação é considerada risco para HIV?

  99. Olá Dra, há +- 2 meses tive uma relação breve (fiz sexo oral em um homem que não conheço bem, sem ejaculação). Não foi uma situação normal para mim, pois me considero hetero. Fiquei muito preocupado e quis fazer os exames.
    O primeiro foi com 4 semanas e deu negativo.. A médica me disse para ficar despreocupado. O segundo foi com 8 semanas e meia, e deu negativo também, porém 0,66 S/CO, ambos de 4ª geração. Posso ficar tranquilo ou ainda preciso repetir os exames? Obrigado.

    1. Boa noite. O risco de transmissão do HIV para quem pratica o sexo oral é baixo, apesar dele existir. Com relação ao teste, a janela máxima para os testes de 4ª geração é de 90 dias (normalmente já se positiva no primeiro mês). No entanto, quem pode dizer se já pode encerrar o caso ou não com esse tempo é a médica que te avaliou pessoalmente.

  100. Dra tive uma relacao sexual com camisinha, mas depois o parceiro retirou a camisinha e ejaculou no meu ombro, limpei com lenço e depois com água e sabão, não vi cortes visíveis no ombro, apenas uma espinha corro risco de ter sido contaminada ?

  101. Dra. Keilla, boa tarde!
    Existe alguma relação entre verrugas de HPV e o vírus da HIV? Outra questão… Se o vírus do HIV não está presente na saliva na quantidade necessária para infectar outra pessoa, como existem testes de HIV que utilizam a saliva?

  102. ela Dra me ajude porfavor.Ontem estava com uma menino sorologia desconhecida,eu introduzi o meu dedo no anus dele ao retirar meu dedo estava com fezes.notei um machucado de menos de um milimetro na cutícula.Devo tomar a PEP.

  103. Dra estava com um furo dedo realizado por uma agulha limpa e acabou respingando um pouco de sangue contaminado sob tal furo. Este risco de encaixa no mesmo risco de exposição de furar a pele com agulha ? Ou o risco é menor? Visto que o sangue contaminado não foi injetado diretamente dentro na ferida.

  104. doutora to muito aflito e não to conseguindo mandar mensagem pra você.Minha situação com um garoto positivo(sem tratamento).foi:masturbei o anus dele com meu dedo que tem um minúsculo machucado menor que 1mm.durou uns 3min devo tomar a pep?

  105. doutora porfavor me ajude, hoje sai com um garoto hiv+ sem tratamento(ele falou) eu introduzi meu dedo no anus dele rapidamente menos de um minuto depois encostei com a mesma Mao no meu penis e ejaculei.Devo recorrer a PEP?

  106. Doutora, pegar um papel higiênico muito sujo, na verdade bem montado, sujar toda a mão e não saber do que aquilo se trata, deixar secar normalmente as mãos, mas sem lembrar se levei a mão aos olhos ou ao penis enquanto suja, é risco? Esse papel estava em um quarto de bordel. Estava com uma mulher e recebi sexo oral com preservativo e foi somente isso. Não toquei a mulher. Minha preocupação é somente com esse líquido no papel. Tem 4 dias. Parabéns pelo trabalho!

  107. Transei com uma garota com camisinha, mas no sexo oral não utilizamos, eu fiz nela e também recebi.
    Fiz exame, ela também só que antes dos 30dias deu negativo para ambos, será que eu corro algum risco ou é coisa da minha cabeça?

  108. ela doutora fico as vezes com um garoto sorologia desconhecida eu sempre passo meu penis(cabeça do penis na bunda dele por fora nas nadegas corro algum risco?

  109. Boa tarde Dra.
    Recebi sexo oral de duas garotas no intervalo de 15 a 20 minutos de uma pra outra.
    Sorologia delas são desconhecidas.
    Nao reparei se algumas delas tinham feridas na boca.
    Posso ter contraiso hiv nessa situação?

  110. Realizei sexo oral num rapaz de sorologia desconhecida com camisinha, na hora da ejaculação ele tirou a camisinha e ejaculou no meu rosto. Estive de olho fechado por alguns segundos, ao abrir senti uma ardência no olho (não ficou vermelho, porém). Iniciei a PEP 6hrs após o ocorrido.

    Foi uma exposição de alto risco? A PEP iniciada 6 horas após ainda é eficaz?

    1. Foi exposição de risco sim. Você fez o correto em iniciar a PEP.
      O uso da PEP é eficiente na maioria das vezes, desde que tomado da maneira correta. Seu uso é indicado para início com no máximo 72h da exposição de risco, após esse período não há benefício comprovado. Quanto mais cedo seu início, mais eficiente será seu efeito.

  111. Olá , tudo bem ,
    Tenho algumas manchas roxas ( acho que são estrias )
    e assaduras na virilha , há risco de transmissão após ejaculação nessas feridas ?
    Se sim é baixo ou alto ?

  112. DOUTORA PARABENS PELO TRABALHO AQUI NO SITE AJUDA MUITO.ENTAO MINHA SITUACAO É: UM GAROTO SOROLOGIA DESCOHECIDA MEMASTURBOU E O DEDO DELE TINHA MACHUCADINHOS PEQUENOS COM POUCO SANGUE ELE ESFREGOU O POLEGAR NA CABECA DO MEU PENIS,CORRO RISCO. OBS:NAO Tinha quantidade grande de sangue.

  113. oi Dra tudo bem?tive uma situação que estou aflito
    um garoto positivo recente,me masturbou e passou o polegar na cabeça do meu penis(2min) notei que ele tinha u pouco de machucado no dedo POLEGAR inferior a 1milimetro,ISSO PODE SER RISCO?

  114. Doutora, sobre a pergunta do acidente de esperma no olho, o risco é equiparado a qual exposição de risco? Para que eu tenha parâmetros de comparação…

    1. Não há pesquisa com essa exposição, para saber a probabilidade. Mas o risco é alto, pois o material potencialmente contaminado entrou em contato diretamente com a mucosa do olho. Sendo assim, é necessário o médico te examinar pessoalmente e solicitar os exames cabíveis para o caso.

  115. Boa tarde, Doutora!

    Tive relação sexual protegida com parceiro de sorologia desconhecida. Na masturbacao, voou um pouco do esperma dele no meu olho. Lavei, mas ficou irritado. Quais são os riscos?

    1. Boa tarde. A situação descrita é sim uma exposição de risco. Você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis.

  116. Boa tarde Dra. Recebi sexo oral de um homem que acabou machucando o meu pênis, após o ocorrido ele se masturbou e logo em seguida me masturbou com a mesma mão, ele não tinha ejaculado mas percebi que o pênis dele estava úmido, possivelmente era o líquido pré seminal. Gostaria de saber se corri risco nessa relação?

    1. Boa tarde. Material potencialmente contaminado entrar em contato com a pele não íntegra é sim uma exposição de risco. Sugiro que procure um médico pessoalmente para te examinar pessoalmente e solicitar os exames cabíveis para o seu caso.

  117. Boa tarde doutora vi em outro post seu que pessoa fonte com resultados negativos com mais de 30 dias pós uma relação na poderia ter contaminado uma possível pessoa soro – isso procede ? Muito obrigado

    1. Boa noite. Vou atualizando meus textos e respostas de acordo com novas pesquisas que vão saindo. Para descartar possibilidade de infecção, a pessoa fonte não pode ter passado por outra exposição de risco nos últimos 30 dias, se você não tem certeza dessa informação, deve realizar os procedimentos necessários (uso de PEP, se for o antes de 72h, ou realizar os exames).
      Lembrando que, mediante uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  118. Ola, Dr keilla. Primeiramente, muito obrigado pelo conteúdo do seu site e pela sua ajuda a todos nós.
    Eu tive uma relação de passivo. o ativo ejaculou na camisinha, enquanto o pênis estava no ânus. Com medo da camisinha ter rompido eu tomei a pep as 70 horas após a relação. Desdes então antes de tomar a pep sinto algo passar nas veia e pequenos espasmos no corpo. Pode ser que eu tenha entrado em contato com hiv? E no caso de ter tomado a pep as 70 horas, ela pode ter grande efetividade?

    1. O uso da PEP é eficiente na maioria das vezes, desde que tomado da maneira correta. Seu uso é indicado para início com no máximo 72h da exposição de risco, após esse período não há benefício comprovado. Quanto mais cedo seu início, mais eficiente será seu efeito.
      No entanto, você tem que tomar cuidado com o uso de muitos esquemas, pois você pode acabar fazendo com que o vírus crie resistência aos medicamentos utilizados. Converse com seu médico sobre a possibilidade do uso de PrEP (https://www.drakeillafreitas.com.br/profilaxia-pre-exposicao-ao-hiv/).
      Procure um médico para te avaliar e fazer o acompanhamento do seu tratamento.

    1. Se teve contato com sangue, sugiro que seja feito o uso de PEP. Lembrando que o seu início é recomendado com até 72h da exposição de risco.
      na dúvida, converse com um médico pessoalmente.

  119. Se durante as preliminares o homem passar o pênis na vagina da mulher, sem penetraçao nem ejaculação, a risco de ele ter contraído o HIV risco alto ou baixo?

  120. Dra. parabéns pelo trabalho. Olha só: eu sempre, em todas as minhas relações transo com camisinha. Ocorre que na última eu estava penetrando e ao trocar de posição, verifiquei que a camisinha estava meio frouxa, mas não havia saído do pênis, estava protegendo a cabeça, mas o restante não, então arrumei ela e voltei a penetrar. Pode ter acontecido da camisinha ter saído do pênis e voltado e o fato de uma parte do pênis ficar descoberta é comportamento de risco? Obrigado.

    1. Boa tarde. Se isso realmente tiver acontecido, sugiro que procure um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar os exames cabíveis, não somente para o HIV, mas também de outras IST’s que são transmitidas da mesma forma que o HIV.

  121. Boa noite Doutora!. Transei com um travesti com camisinha e no finsl da transa o mesmo sentou em cima da minha cueca e molhou toda ela com o líquido pre ejaculatorio. No momento que eu senti que havia molhado todo o meu penis que estava arregaçado e, pedi para o mesmo se levantar, entretanto, só enxuguei o penis com um.pano uns 10 minutos depois. E Depois de umas 2 horas lavei com água e sabão. Queria saber as chances de ter contraido o Vírus HIV nesse contato “indireto” (Eu estava de cueca).

  122. Como de fato o HIV é transmito, por exemplo aos homens em relação sexual peniana vaginal insertiva? É através do canal urinário ou por microfissuras na pele em função do atrito? Nunca isso esteve muito claro para mim.

  123. Bom dia, meu companheiro é soropositivo (indefectavel) tomar o remedio a risca sem falta. Ja estou a 2 anos com ele transando sem preservativos (mas sem ejaculação dentro) corro o risco de pegar algo. Fiz exame a 2 meses atrás, tanto testa rápido como laboratório e está negativo o que sujere? Corro muito riscos?

  124. Dra. Boa noite! Tive HPV, Urologista fez a remoção das verrugas duas vezes, pois, elas voltaram novamente. Ele não me pediu nenhum exame de sangue para outras DST’s. Depois disso tive um filho e os exames da minha esposa foram todos negativos. Posso ficar calmo em relação a outras DST’s como HIV, Sifilis ? Já que não traio minha esposa e não usamos preservativos.

      1. Então pode ocorrer várias relações sem preservativo e uma gravidez de um homem com HIV (Sem Tratamento) e não infectar a parceira?

          1. Dra. Keilla, boa tarde! Eu resolvi realizar o teste para confirmar e o resultado foi NÃO REAGENTE pelo método Imunocromatografico, posso encerrar o caso ?

  125. Olá,
    Considerando a tabela acima (1 para 2500), que entendo ser uma forma mais genérica, eu tive uma exposição, de alguns poucos segundos (~40 seg), e debaixo do chuveiro, ou seja, o penis em contato com a água logo em seguida (peniano vaginal insertivo), e sem inserção total do penis, sou circuncidado.
    Entendo que o risco esta ainda um pouco abaixo do quadro estatístico, mas de qualquer forma existe, seria essa mesmo a linha?!

    1. O risco apresentado na tabela varia de acordo com o tipo de exposição e não o tempo de contato.
      Circuncisão reduz o risco de se infectar pelo HIV.
      Sendo assim, o risco é menor que o apresentado, mas ele existe.
      Lembrando sempre que há outras IST’s que são transmitidas da mesma forma que o HIV.

  126. Dra. Existe casais sorodiscordantes aonde o parceiro que tem hiv não realiza tratamento e não passa a doença para a parceira, transando sem preservativo por mais de um ano? O vírus pode ser difícil de ser transmitido ?

  127. Boa noite, Dra. Fiz sexo peniano-vaginal insertivo c uma prostituta. No dia seguinte ela realizou teste de 4a geração com resultado NÃO REAGENTE para HIV. Corro o risco de ter sido infectado?

    1. Isso só seria possível se tivesse a certeza de que a pessoa fonte não tivesse passado por outra exposição de risco nos últimos 30 dias, o que acredito que não seja esse o caso. Se não tiver passado 72h da exposição, está indicado o uso de PEP (saiba mais aqui: https://www.drakeillafreitas.com.br/profilaxia-pos-exposicao-ao-hiv/), que pode ser encontrado no SUS.
      Lembrando que isso também não exclui as outras infecções sexuais, havendo a necessidade de uma consulta com o Infectologista para que possa solicitar os exames necessários.

  128. Boa tarde, Dra. Fiz sexo peniano-vaginal c uma prostituta é o preservativo rompeu. No dia seguinte ela fez um exame de 4a geração com resultado não reagente para hiv. Corro o risco de ter sido infectado?

    1. Isso só seria possível se tivesse a certeza de que a pessoa fonte não tivesse passado por outra exposição de risco nos últimos 30 dias, o que acredito que não seja esse o caso. Se não tiver passado 72h da exposição, está indicado o uso de PEP (saiba mais aqui: https://www.drakeillafreitas.com.br/profilaxia-pos-exposicao-ao-hiv/), que pode ser encontrado no SUS.
      Lembrando que isso também não exclui as outras infecções sexuais, havendo a necessidade de uma consulta com o Infectologista para que possa solicitar os exames necessários.

  129. Dra, O seu trabalho é louvável.

    Ontem fiz sexo oral em um homem de sorologia desconhecida. O sexo foi feito com camisinha. Acontece que antes de colocar a camisinha eu o masturbei com minhas mãos. Em nenhum momento ele ejaculou. No dia seguinte notei que eu estava com um ferida na cutícula, é possível que eu tenha contraído HIV? Devo fazer a profilaxia pós exposição? meu prazo acaba em menos de 24 horas.
    Muito Obrigado

  130. Dra,

    Realizei sexo oral em um outro homem, usamos camisinha. Acontece que antes da camisinha o masturbei com minha mão, e notei no dia seguinte que estava com uma cutícula um pouco machucada. Em nenhum momento ele ejaculou. Tenho muitos riscos? Devo faz a profilaxia pós exposição ? Já se passaram 43 horas
    Muito obrigado Dra

    1. se não houve contato de material com a ferida não há problema. Além do mais, para se caracterizar risco, a ferida teria que ser recente e não ter começado o processo de cicatrização.

      1. Dra,
        Ele não ejaculou em momento algum. O contato da cutícula, foi durante a masturbaçao(se houver tido contato foi com o líquido pré ejaculatório, apesar de eu não acreditar isso, pois ele estava bem seco e tive que usar um pouco de lubrificante antes de colocar a camisinha.)
        A ferida da cutícula não sei precisar quando aconteceu Dra, mas não era muito grande. E no dia seguinte já estava em fase de cicatrização.
        Corro risco?

  131. Dra. o que é teste NAT para HIV? Qual janela imunológica? Minha companheira de 5 anos realizando o esse teste e com o resultado negativo, também sou negativo? Só tenho relações com ela, não usamos preservativos.

  132. Bom dia, Doutora. Fiz sexo peniano-vaginal insertivo com uma prostituta é o preservativo rompeu. No dia seguinte ela fez um exame de 4a geração com resultado não reagente para HIV. 45 dias após eu fiz um exame de 3a geração com resultado não reagente, devo me preocupar?

  133. Ser ativo numa única relação sexual gay em que se usou preservativo corretamente e não teve rompimento, e que ocorreu sexo oral sem preservativo com uma pessoa que não se conhece se tem ou não a doença, tem grandes chances de ser contaminado?

  134. doutora obrigado por nos aliviar a dúvida por meio do seu site.Tenho duas perguntas, no caso de eu estar saindo com um recém descoberto hiv+ sem tratamento, eu recebo sexo oral(foram 6 vezes).E sobre beijo corro risco nesses dois casos?

  135. Dra. Keila, a uns dias atrás estava transando com uma garota e percebi ao término que havia marcas de sangue na cama, o que acredito ser de mestruação. Embora estivesse utilizando preservativo, estava com um corte no joelho que ainda não havia cicatrizado. Supondo que eu possa ter me movimentado sobre o sangue e o ferimento ter entrado em contato com o material, em qual risco está exposição melhor se enquadraria? Não tenho certeza se ocorreu, mas fiquei um tanto preocupado após. Agradeço a ajuda

  136. Dra, tenho um namoro sorodiferente onde sou ativo e ele passivo. Ele é HIV+ com carga viral indetectável. Numa relação sexual eu usei camisinha e ao penetrá-lo saiu sangue do ânus dele onde sujou a camisinha e parte da minha região pubiana. Dúvida: tem algum risco de eu contrair HIV pelo fato do sangue dele ter contato com a minha pele, usando camisinha? A camisinha não estourou. O sangue dele sujou a região dos pelos pubianos, onde não tinha nenhuma ferida, pele intacta e após lavei.

  137. Boa noite Dra Keilla,
    A Sra. já clinicou algum caso de um homem que tinha HIV e não realizasse nenhum tratamento com uma mulher que não tinha HIV, aonde ocorreram várias relações sem preservativo e a mulher não foi infectada? Mais de 3 anos de relacionamento sem uso de preservativo. Ou em poucas relações a mulher ficaria infectada?

  138. Dra. Se uma criança cair e ralar o joelho e uma pessoa com HIV passar saliva no dedo e passar na ferida, existe risco de contaminação?

  139. Lendo seus artigos, me surgiu uma dúvida.
    Uma pessoa que ainda não positivou para o HIV mas irá positivar, pode passar o vírus nesse período que os exames ainda estão negativos ?

  140. Dra, tenho um namoro sorodiferente onde sou ativo e ele passivo. Ele é HIV+ com carga viral indetectável. Numa relação sexual eu usei camisinha e ao penetrá-lo saiu sangue do ânus dele onde sujou a camisinha e parte da minha região pubiana. Dúvida: tem algum risco de eu contrair HIV pelo fato do sangue dele ter contato com a minha pele, usando camisinha? A camisinha não estourou. O sangue dele sujou a região dos pelos pubianos, onde não tinha nenhuma ferida, pele intacta e após lavei com sabão.

  141. doutora, a seguinte situação representa algum risco: eu estava com uma afta sangrante na boca, e dividi copo em uma lanchonete com um amigo q sei q tem hiv e que possui problemas gengivais… existe algum risco? Ele faz tratamento a mais de um ano

  142. Dra, estou preocupado!
    No sábado, conheci uma garota na balada, ficamos. E por iniciativa dela, fomos ao banheiro, onde ela fez sexo oral em mim por algum tempo, e depois esfreguei meu pênis na vagina dela por duas vezes, mas eu não penetrei pois estava sem camisinha.
    Eu estou muito preocupado em ter contraído algo.
    Espero que me responda, obrigado!

      1. Mas na segunda situação, a probabilidade de contrair HIV é praticamente nula né ? É o que mais me preocupa Dra.
        Muito obrigado pela atenção!

  143. Dra, estou preocupado.
    Estava na balada sábado quando conheci uma garota, e nós ficamos por algum tempo. Então nós fomos para o banheiro e ela fez sexo oral em mim por algum tempo, após isso eu esfreguei meu pênis na por duas vezes na vagina dela, mas não penetrei, pois estava sem camisinha. Eu estou muito preocupado, coloquei na minha cabeça que eu possa ter contraído alguma coisa. Responda-me doutora, por favor. Obrigado!

  144. Dra. como vc disse é importante repetir o teste de 4 geraçao apos 90 dias, mas a confiabilidade desse mesmo teste realizado 32 dias após é bem alta ou não?

  145. Os valores de referência de indice do exame de hiv para não reagente é <0.90. Qualquer número dentro desse limite com resultado negativo significa produção baixa de anticorpos pois o vírus ainda está se replicando ou é normal e não deve se preocupar?
    Obs: método quimiluminescencia

  146. Dr, o sexo oral insertivo em que o homem recebe o sexo oral é considerado de baixo risco e não risco nulo pq? Qual seria a situação em que ele correria risco de infecção por HIV? A parceira teria que ter um machucado na boca ou ambos teriam que ter? Me ajude por favor!

  147. Uma ferida muito pequena devido a depilação horas antes da relação na base do penis com sangramento estancado configura risco mesmo usando camisinha?

  148. Dra se um cachorro entrar em contato com sangue de uma pessoa soropositiva ele pode se contaminar? E se eu entrar em contato com o sangue do cão eu posso pegar hiv, tinha feridas na mão.

  149. Dra, se eu entrar em contato com sangue de um cachorro posso pegar hiv,? Estava com feridas na mao. Se esse cao entroou em contato com sangue de uma pessoa positiva.

  150. Realizar sexo Oral apenas no Clitóris de uma mulher com HIV, Qual a porcentagem de contaminação ? Parabéns pelo trabalho, Obrigado.

  151. Bom dia, Dr! Estou desesperado, preciso muito de ajuda.
    Na sexta passada de madrugada, umas 2h da madrugada, tive a primeira relações de risco, depois fiz mais duas vezes no sábado, no domingo a tarde eu fui fazer exame junto com o parceiro sexual (fui ativo nas 3 vezes) quando peguei o resultado do exame, o meu deu negativo e o do rapaz deu positivo (reagente) tomei remedio lá mesmo, a noite, (tomei Pep umas 60 hrs depois do primeiro contato de risco.
    Quantos % de chance do Pep funcionar?

    1. O uso da PEP é eficiente na maioria das vezes, desde que tomado da maneira correta. Seu uso é indicado para início com no máximo 72h da exposição de risco, após esse período não há benefício comprovado. Quanto mais cedo seu início, mais eficiente será seu efeito.
      Com relação ao seu parceiro, todo teste positivo deve ser confirmado por um outro teste de diferente tipo. Por isso, é preciso que ele procure um médico Infectologista de confiança para solicitar todos os exames necessários e caso confirme o diagnóstico, já dar início ao tratamento.

  152. Dar, masturbei uma parceira com meus dedos. Chegando a introduzir meus dedos na vagina dela. No entanto depois me masturbei tbm com a mesma mão. É uma exposição de risco p hiv ? Obs. Nao houve penetração ficamos até mesmo vestidos. No entanto , somente depois disso quando ia tirar a roupa dela percebi que ela usava um absolverte e que estava manchado de sangue. Quando vi parei tudo, mas ja havia masturbado ela e me masturbado com a mesma mao.

  153. Doutora, é possível a transmissão de hiv através da inalação/aspiração de substâncias em po, como a cocaina?
    No caso em que não haja compartilhamento de canudo ou qualquer sinal de vermelhidão no conteúdo do po.
    Por favor, peço um esclarecimento. Porque bebi em uma festa e acabei experimentando, depois fiquei com muito medo.

    1. Com relação ao HIV, a situação descrita não é exposição ao risco.
      Se no caso houvesse o compartilhamento de canudo, seria risco para Hepatite C, principalmente de utilizado do mesmo lado.

  154. Bom dia Dr, tudo bem ? Bom, eu sou circuncidado e recebi felação por pouco tempo. É um motivo pra uma preocupação maior ?

  155. Bom dia Dra, levei meu filho cortar o cabelo e ao fazer aquele pé do cabelo atrás o cabeleireiro machucou a pele do meu filho, não era lâmina era a maquina eletrica, se ele cortou alguém antes e logo em seguida meu filho, pode estar em risco? Não vi se ele higienizou a maquina. Obrigada

  156. Olá Doutora, tudo bom? O meu caso é o seguinte: masturbei um cara por pouco tempo e não houve ejaculação na minha mão. Depois, no mesmo dia, notei uma pequena feridinha no meu dedo, bem menor do que 1 cm. acredito que não era uma ferida aberta, pois joguei alcool e não ardeu e ela não estava sangrando, estava apenas um ponto vermelho. Eu poderia pegar dst desse modo? ou não é exposição de risco?

  157. Olá Doutora, tudo bom? O meu caso é o seguinte: masturbei um cara por pouco tempo e não houve ejaculação na minha mão. Depois, no mesmo dia, notei uma pequena feridinha no meu dedo, bem menor do que 1 cm. acredito que não era uma ferida aberta, pois joguei alcool e não ardeu e ela não estava sangrando, estava apenas um ponto vermelho. Eu poderia pegar dst desse modo?

  158. Ola dra Boa tarde , estou muito preocupado desejo uma mastubacao e a pessoa tinha um pequeno furo no dedo sem sangramento aparente mente, corro risco de ter pego hiv ?

  159. Boa Tarde Dra, levei meu filho cortar o cabelo e ao fazer aquele pé do cabelo atrás o cabeleireiro machucou a pele do meu filho, não era lâmina era a maquina eletrica, se ele cortou alguém antes meu filho pode estar em risco? Não vi se ele higienizou a maquina. Obrigada

  160. Bom dia!
    Doutora, fiz um teste de glicemia, e, pouco depois utilizei uma dessas canetas de banco (que ficam presas nos balcões) essa situação configura risco?

  161. Quais os riscos em penetrar uma mulher soropositiva
    com um corte de 1mm de espessura sem sangramento na base do penis (onde a camisinha não cobre)?

      1. O corte foi em decorrência de uma depilação cerca de 5 horas antes da relação, além disso lavei com água corrente e apliquei nebacetin. Sendo assim o risco se mantém insignificante?

  162. Olá Doutora, tudo bom? O meu caso é o seguinte: masturbei um cara por pouco tempo e não houve ejaculação na minha mão. Depois, no mesmo dia, notei uma pequena feridinha no meu dedo, bem menor do que 1 cm. acredito que não era uma ferida aberta, pois joguei alcool e não ardeu e ela não estava sangrando, estava apenas um ponto vermelho. Eu poderia pegar dst desse modo?

  163. Tem como pegar HIV no CTA? na hora do teste o tampão da solução para efetuar o teste parecia estar com vestigio de sangue, a enfermeira pego neste tampão depois pego no meu dedo para colher sangue

  164. Dra. tenho 2 dúvidas . 1) tive um relaçao com uma garota de programa com camisinha, entretanto eu tinha um pequeno corte no dedo no qual passei uma vez na parte externa da vagina e um corte devido a depilação na base do penis cerca de 5 horas antes (estancamento instantâneo e apliquei nebacetin, era invisivel) , estou mto preocupado com isso, quais os riscos?
    2) apresentei no penis manchas marrons e vermelhidao na coroa da glande e bolinhas vermelhas na ponta da lingua, oq pode ser?

    1. Você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  165. Olá Dra.
    Saí com uma pessoa pouco conhecida. Usamos camisinha, não fizemos oral, mas em certo momento me pareceu que havia uma gota de leite em um de seus seios, depois que eu já havia colocado a boca. Ela disse que já não amamentava havia mais de 10 anos. Há algum risco nesta situação?

  166. É verdade que o risco do HIV aumenta com o uso de cocaína?
    Tive uma relação de risco e tomei PEP. Exame de 30, 45 e 90 dias não reagente (3ª geração).
    Porém 10 dias antes desse último teste houve uso e comecei a ler que pode aumentar a propagação do vírus no corpo. Devo realizar mais um teste? Não sou viciado e nunca fiz uso com frequência.

  167. Dra.
    Mantive relação com garota de programa. Após ejacular, ela se levantou rapidamente e o preservativo fixou na vagina dela. Senti quando foi removido do meu penis assim que ela levantou. Qual o risco? Fiquei bem preocupado. Recomenda tomar coquetel de imediato?

    1. Bom dia. Se não houve contato sem o preservativo, não há com o que se preocupar. Porém, se houve penetração sem o preservativo, você precisa procurar um médico Infectologista pessoalmente para solicitar os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.
      O uso da PEP é indicado para início com no máximo 72h da exposição de risco, após esse período não há benefício comprovado. Seu uso é eficiente na maioria das vezes, desde que tomado da maneira correta. Quanto mais cedo seu início, mais eficiente será seu efeito.

  168. teste rápido de farmácia
    Na hora de pegar o kit o tubo transparente que coleta o sangue para poder despejar no teste
    O tubo capilar ( canudinho que siga sangue do dedo)
    Estava com mancha vermelha PARECIA SANGUE SECO.
    LIMPEI DENTRO DO TUBINHO COM ALCOOL , APOS REMOVER TODO AQUELE SANGUE SECO , ENCOSTEI O TUBINHO NO FURDO DO DEDO E COLHI O MEU SANGUE .
    CASO FOR SANGUE SECO APOS A LIMPESA DO TUBO , CORRI RISCO HIV AO ENCOSTAR NO MEU FURO (MEU SANGUE )?

  169. teste rápido na farmácia ,
    Na hora de pegar o kit o tubo transparente que coleta o sangue para poder despejar no teste
    O tubo capilar ( canudinho que suga sangue do dedo)
    Estava com mancha vermelha PARECIA SANGUE SECO.
    LIMPEI DENTRO DO TUBINHO COM ALCOOL , APOS REMOVER TODO AQUELE SANGUE SECO , ENCOSTEI O TUBINHO NO FURo DO DO DEDO E COLHI O MEU SANGUE .
    CASO FOR SANGUE SECO APOS A LIMPESA DO TUBO , CORRI RISCO HIV AO ENCOSTAR NO MEU FURO (MEU SANGUE )?

  170. Tubo capilar para colher sangue , com sangue seco dentro , limpei com álcool e não vi mais nenhuma mancha, em seguida furei meu dedo e encostei o tubo que havia limpado com álcool nesse furo do meu dedo, posso pegar HIV por esse furo no dedo em contato com o tubo que tinha sangue ( foi limpo com álcool) .
    Esse furo no dedo é pra de entrada?
    É risco para HIV?

  171. Teste rápido para HIV de farmácia.
    Tubo capilar parecia que estava com sangue dentro ,por via das dúvidas limpei o mesmo com um álcool e esperei secar , não vi mais nenhuma mancha , estava seco ,
    caso fosse sangue seco e eu colhi o o sangue do furo do meu dedo com aquele tubo , corri risco ? Mesmo tendo limpado com álcool ?

  172. Teste de farmácia , fui coletar o sangue com tubo capilar tubinho plástico e parecida que tinha uma mancha vermelha dentro como de já tivesse sido usado , por via das dúvidas peguei álcool e limpei dentro e fora do tubo esperei um pouco e colhi meu sangue Naquelr tubo , se fosse sangue ,após a limpeza com álcool ainda tem risco de HIV ? O que estava dentro estava seco parecia sangue seco .

  173. Dra é possível pegar HiV com azol de pescar caso a pessoa que contrauiu furar o dedo e depois a outra furar tbm. Eu e meu filho ambos furamos o dedo pescando com um pessoa q tem o Virus. Mas não lembramos se essa pessoa furou tbm o dedo. O q vc acha que devemos fazer?Estou preocupada.

  174. Tubo de coleta de sangue para teste rápido HIV ,
    Se o tubo for reutilizado ( sangue em mínima quantidade e seco) posso pegar HIV assim ?
    Limpei o canudinho com álcool e na sequência furei o dedo e colhi meu sangue no tubinho , se aquele sangue que limpei com álcool tivesse HIV eu poderia pegar ?

  175. É possivel pegar hiv se a parceira tiver feridas na boca, e ela por acidente beijar meu olho (pelos olhos) pequena quantidade muito pouca?

  176. antes de descobrir minha sorologia. eu estava com um pirulito e meu irmão queria e nós dividimos o pirulito ele comia um pouco e depois eu e ficamos reversando eu não tinha nenhuma afta e nem ferida na boca, a saliva nesse caso pode ser preocupante?

  177. Ola dra, masturbei brevemente uma garota, levei minha mao a boca para pegar um pouco de saliva e toquei meus labios e lingua muito rapidamente (meus dedos tinham fluidos vaginais) nao tenho feridas na boca, apenas rachaduras insignificantes nos labios, depois fizemos sexo vaginal com camisinha e na hora de retira-la havia fluidos vaginais na base da mesma que encostou na glande do meu penis. Devo procurar a Pep? Isso foi ha 40 horas atras…

    1. Boa noite. Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  178. Doutora, é louvável o seu trabalho e as respostas gratuitas aos leitores. Mas suas opiniões acerca de riscos e testes do HIV gera muita ansiedade. Vou citar meu ex.: tive uma exposição de masturbação mútua com uma gp e houve possível troca de fluidos. No Disk Aids, me disseram q o risco é zero pra hiv, outros fóruns internacionais concordam. Li um texto de um infecto dizendo tb zero. Mas a senhora diz q há risco. Fiz TR 47 dias depois (neg), mas a senhora fala em 90 ou 180. Em quem acreditar?

    1. Bom dia. Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.
      Em relação à janela imunológica, você entender melhor neste artigo, com fonte do Ministério da Saúde: https://www.drakeillafreitas.com.br/como-fazer-o-diagnostico-do-hiv/

  179. Bom tarde. Dra. Keilla.
    Eu sai com uma garota de programa, fizemos sexo vaginal, anal e oral (oral apenas ela fez em mim) e beijamos na boca. Usamos camisinha para o vaginal e anal e ao final o preservativo estava ok, sem furos. Quando fui retirar o preservativo, percebi uma feridinha de 1mm na cutícula do meu dedão direito. Acredito não ter havido contato desse machucado com a camisinha. Mesmo se houvesse, haveria risco? O prazo do PEP para mim terminará hoje às 16hr. Me ajude, por favor.

      1. Muito obrigado por responder.
        Apenas pra deixar claro, em relação aos outros itens mencionados no meu texto, há exposição de risco?

  180. Oi Dra. Keila, parabéns pelo seu excelente trabalho. Por favor, me diz uma coisa…

    Eu estava treinando artes marciais e meu colega levou um soco e abriu um corte na testa dele, mas coisa pequena, saiu pouco sangue. Meu professor fez um curativo nele e me deu as gases para eu colocar fora. Eu acho que ao pegar na mão a gase tive contato com o sangue dele. Isso é de alguma forma risco para HIV? Não foi um corte absurdo, com muito sangue. Foi um corte médio, sangrou um pouco. Obrigado.

  181. Ola dra Keilla tudo bem?
    Eu masturbei o ANUS de um garoto HIV+ E com a mesma mao me masturbei, se tivesse algum liquido ou ferisa
    No anus eu corro risco?

    1. Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  182. Ola doutora,obrigado pela sua atenção aqui no site.
    Vi no artigo sobre sexo oral porem na mimha situacao o garoto fez oral em mim, é positivo e tinha machucados no interior da boca. posso ter pego algo?

    1. Quem recebe sexo oral não tem risco de exposição pois saliva não é contaminante, mesmo com uma pequena quantidade de sangue. Nesse caso, o risco de transmissão é maior para quem pratica o sexo oral, pois esta fica exposta ao esperma ou fluido vaginal, que são meios de transmissão de HIV.

  183. Boa tarde, doutora!
    Se uma muriçoca picar a pessoa e eu ao apertar a mão logo em seguida dessa pessoa e sujar a minha mão com um pouco de sangue e pegar um alimento com essa mão suja de sangue e comer, isso configura risco de transmissão de HIV?? Se essa situação não é de risco, poderia explicar por que?

    obrigado e bom final de semana,

  184. Um cara me masturbou. O ato durou menos q 5 minutos. Antes dele me masturbar ele também se masturbava (massageando a sua glande) Corro risco de contrair o HIV? qual a possibilidade?, porque a mão dele podia ter algum liquido (sêmen ou líquido pre ejaculatório). Ele me masturbou massageando minha glande. Ejaculei na sua mão. Estou medo de ter ocorrido mistura de secreções e ter e entrado pelo canal do pênis. Lavei logo meu pênis c/ água e sabão. Vi que errei .Fiquei/estou despertado.

    1. Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  185. Dra. boa tarde. Estou com uma dúvida, lavei minha mão diversas vezes com um sabonete que fez mal a minha pele, causando pequenos arranhões, com pequenos sangramentos, caso eu aperte a mão das pessoas e elas entrem em contato com esses pequenos arranhões, corro o risco de me infectar? e se por um acaso a pessoa também venha a ter algum machucado ou sangramento na mão, há possibilidades também? obrigado.

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

  186. qual o risco de contrair hiv matando um mosquito e os sangue estiver proximo a um ferimento? e mesmo assim lavar as maos com agua corrente.

  187. Bom dia dr. essa semana estava na casa de uma amiga que tem comportamento de risco ,porem não sei a sorologia da pessoa, pois se recusa a fazer o exame.Quando estva la matei um pernilongo e havia um pequeno ferimento no meu dedo de um dia antes,lavei a mao com agua corrente,e depois com agua e sabao. o mosquito morto estava no mesmo dedod que tinha oferimento. qual o risco? estou nervosa pois estou a amamentar.

  188. Bom dia dr. Estava na casa de uma pessoa de comportamento de risco e porem desconheço a sorologia. Matei um pernelongo e meu dedo estava com uma lesão na parte posterior, lavei a mao imediatamente com agua corrente e após cinco minutos lavai a mão com agua e sabão, tem risco de contrair hiv? Porem teve contato com as secreções do mosquito na hira de lavar as mãos. To nervosa pois estou amamentar.

  189. Bom dia, ontem apertei a mão de um tóxico dependente que talvez seja soropositivo e mais ou menos dois minutos depois eu cortei um dedo da mesma mão. Não vi se ele estava com alguma ferida aberta ou sangue na mão. Devo fazer prep?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

  190. No dia 19 de maiô, fui ao salão e fiz minha sobrancelha, não observei a pinça. Mas vi que ficou um machucado. Em 26 de junho fiquei doente, febre baixa, dor no corpo e cabeça e tbm sentir um fedor de podre no nariz e fui ao médico. Ele disse que era sinusite bacteriana, mas estou com medo. Posso ter pego hiv? Estou em pânico

  191. fiz sexo vaginal com uma garota de programa e a camisinha se rompeu. Ela disse que nao tem HIV. Iniciei a PEP (tenofovir+lamivudina e dolutegravir) com 36 horas de exposicao. Quais sao minhas chances da infeccao estabelecer?

    1. Não existe uma ” porcentagem” registrada para cada tempo de inicio da PEP. Até mesmo porque existem varias outros fatores que podem aumentar o diminuir o risco de transmissão, conforme descrito no próprio texto.
      O que se sabe é que quanto mais rápido se inicia o PEP maior sua eficácia e depois de 72 horas não tem nenhum efeito protetor. Como você iniciou a PEP muito rápido isso aumenta muito a sua eficacia e as chances de falha da PEP quando tomada adequadamente são poucas.

  192. Bom dia Dra. Um amigo brigou e ficou com a mão suja de sangue da outra pessoa, quando cheguei ele pediu-me para usar meu celular. O sangue já estava seco. Eu peguei o celular de volta mas, apesar de não haver sangue visível no mesmo, eu tinha um ferimento no fedo do dia anterior, lavei a mão com água e detergente. Existe risco caso o sangue estivesse infectado?

  193. Dra boa tarde,
    Sexo com GP somente vaginal com preservativo durante todo tempo, porém ao retirar a camisinha a moça deixou o mesmo papel que tirou a preservativo encostrar na glande(irritada) com possível fluido vaginal há risco ?

      1. dr qual o risco de contrair hic com sangue de um pernilongo morto proximo a uma pequena lesao? mesmo tendo lavado a mao em agua corrente? pois matei um pernilongo em casa de uma amiga com comportamento de riscco. o sangu do pernilongo esta meio escura ja nao estava sangue vivo

  194. Doutora, boa tarde!!

    Recebi sexo oral com uma garota de programa de sorologia desconhecida. Não cheguei a ejacular na boca dela. Quando fui tomar banho percebi que minha glande estava muito sensível e alguns pontos avermelhados. Acredito que eram pequenas feridas. Por causa disso, devo começar a PEP?

  195. Doutora, boa tarde !!
    Será que tem como me responder, quando possível, minhas 2 perguntas acima do dia 03/08/2018 ??

    obrigado.

  196. Boa noite,
    Tive uma relação com uma GP, vaginal, toda com preservativo, mas a garota ao tirar a camisinha com papel higiênico ,encostou o papel com possível fluido vaginal na minha glande que estava irritada.
    Este caso configura risco a exposição?

  197. Dra, boa tarde, poderia me tirar uma dúvida? Comprei o teste de HIV de farmácia da marca Action, porém sem querer tive contato do dedo que furei com a lanceta, na solução tampão que diz conter três proteinas recombinantes do HIV (p24, gp41 de HIV 1, gp36 de HIV 2). Existe alguma forma de contágio? Encostei o dedo sangrando também no dispositivo, bem no circulo onde é depositado o sangue para fazer a medição do teste, há também a possibilidade de contágio? o resultado deu negativo. Obrigado.

  198. Bom dia Dra. Um amigo brigou e ficou com a mão suja de sangue da outra pessoa, quando cheguei ele pediu-me para usar meu celular. O sangue já estava seco. Eu peguei o celular de volta mas, apesar de não haver sangue visível no mesmo, eu tinha um ferimento no fedo do dia anterior, lavei a mão com água e detergente. Existe risco caso o sangue estivesse infectado?

  199. Ola dr keila,obrigado pelo seu trabalho lindo que vc faz aqui no site.Ontem me encontrei com um garoto hiv positivo,MASTURBEI O ANUS dele porem meus dedos estavam com pequenos machucados(cutilulas) nada de grande,Corro risco?

  200. Dra. Keilla me ajude por favor…

    Eu estava com minha mãe suja de terra e outras sujeiras, pois estava limpando o pátio da minha casa (cortando grama, capinando) e fui ao banheiro e com a mão suja acabei tocando na mucosa do meu pênis. Fico preocupado se isso pode, de alguma forma, transmitir HIV. (assim como o leitor acima, eu também tenho TOC). Por favor, ficarei muito grato se tu me ajudares. Obrigado.

  201. Doutora, transei com uma garota de programa com camisinha. Ao final da transa, ela me masturbou com camisinha. Para eu ejacular, comecei a me masturbar com camisinha e depois tirei a camisinha e me masturbei sem a camisinha e com a minha saliva. Depois de algumas semanas tive sintomas de gripe e ulcera na boca,. Tenho risco?

  202. Cara doutora, e também gostaria de entender por que coçar os olhos com dedos eventualmente sujos de um pouco de secreção sexual ou um pouco de sangue contaminados, não configura risco?? E muito obrigado pela explicação !!

  203. Dra., por que pequenas quantidades de sangue ou secreção sexual ingeridos com alimentos não representam risco de infecção pelo HIV??? Seria porque o suco gastrico mata o HIV e porque a saliva neutraliza este vírus ?? exemplo: encostei na torneira onde tinha resquícios de esperma e depois, sem lavar as mãos, peguei uma maça e comi…

  204. Ola doutora tudo bem, fiquei com um garoto soro positivo(sem tratamento) descobriu recentemente, nos ficamos nos abracando e ele sentou no meu colo(de roupa) porem senti que ele tinha ejaculado na roupa dele.

  205. Dra. Faço atendimento a soropositivos indetectáveis (-40 copias) em um posto de saúde de minha cidade voltado ao público, tenho muito medo de acidente, leio muito sobre indetectáveis serem intransmissíveis sexualmente.. mas e com relação a acidentes?

  206. Dra. Há 10 dias tive contato sexual com parceiro sabidamente com sorologia positiva para HIV (diagnóstico recente). Nesta ocasião houve contato da mão dele contendo líquido seminal com a minha glande/prepúcio, além de um contato direto entre nossos penis. Quando fui tomar banho logo após o ocorrido senti uma ardência na minha glande (imagino que uma fissura). Seria uma exposição de muito risco? Um PCR qualitativo após 15 dias já me daria um resultado confiável? Gostaria muito que me respondesse.

  207. Boa noite Doutora, estava com um rapaz (sorologia desconhecida) ele queria transar mas não tínhamos camisia, então desistimos da transa e apenas nos masturbamos. Ele então gozou na minha barriga e notei q um pouco de esperma dele caiu no meu penis (que não possui nenhuma lesão, nem ferida). Assim q ele gozou, em cerca de 1 minutos depois eu fui ao banheiro e me lavei todo com agua e sabão. Queria saber se existe risco grande de contaminação?

  208. 1- Uma pessoa encostar os lábios de leve algumas vezes no meu penis no momento que me masturbo é situação de risco?
    2-furar de leve(não saiu sangue) a mão em uma ponta de um ferrinho na maca de um hospital aparentemente sem sangue é risco?

  209. Boa tarde!
    Tudo que voce posta ajuda muito as pessoas!
    Tive relacao com uma garota de programa trans, fiz oral nela e ela em mim sem preservativo.
    Porem o restante da relaçao foi com camisinha.
    Ela ejaculando ou nao na minha boca os riscos sao os mesmos?
    Conversando com ela, ela me falou que nao é portadora do hiv.
    Nao entendi a probabilidade de 0 -4
    Obrigado

  210. Boa noite Dra. Gosto muito do que posta, ajuda muitas pessoas!
    Estou muito preocupado, sai com uma garota de programa transsexual, fiz sexo oral no penis dela, ela tambem ejaculou na minha boca, porem cuspi rapidamente.
    Ela ejaculando ou nao na minha boca, os riscos sao os os mesmos? (Nao tinha machucado na boca).
    Nao entendi a tabela 0 – 4

    1. Quanto maior o tempo de exposição ou volume do material supostamente infectante ao qual se expões, maior o risco. Ou seja, fazer sexo oral (colocar a boca no pênis de alguem) e a pessoa não ejacular, ejacular e a pessoa cuspir ou engolir conferem riscos diferentes. assim como quanto maior a carga viral na pessoa com HIV maior o risco.
      Não há um número matemático específico para cada detalhe desses, apenas para o tipos de exposição em si.

  211. Doutora boa noite. Caso alguém use minha lâmina de barbear e se corta, eu posso pegar HIV caso sofra um corte pequeno ? após quanto tempo seria mais seguro utilizar a lâmina ?

  212. Doutora, caso alguém utilize minha lâmina de barbear e se cortou e eu utilizá-la depois, corro risco de infecção ? O risco é alto ?

  213. Dra boa tarde. Eu sempre me cuido em relação aos meus parceiros, estava com um rapaz de sorologia desconhecida. Ele introduziu o dedo no meu anus, que estava machucado, pois tenho fissura, o problema é que eu não sei se ele tinha pegado, passado a mão em seu pênis antes, se ele tivesse líquido pre ejaculatório nas mãos, há risco? Por favor Dra estou surtando.

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  214. Doutora, boa tarde.
    tive uma relação de risco sem preservativo e após dois dias fiquei gripado e com dor de garganta, após esse período surgiu uma afta na minha boca, estas reações podem ser da fase aguda?

  215. Doutora, tive uma relação de risco e após dois dias fiquei com dor de garganta, leve coriza e gânglios do pescoço pouco inchados, pode ser fase aguda?

  216. Dra boa tarde. Eu sempre me cuido em relação aos meus parceiros, estava com um rapaz de sorologia desconhecida. Ele introduziu o dedo no meu anus, que estava machucado, pois tenho fissura, o problema é que eu não sei se ele tinha pegado, passado a mão em seu pênis antes, se ele tivesse líquido nas mãos, isso configura risco de hiv? Estou muito preocupada. Devo tomar a PEP?

  217. Dra. bom dia. Ha 20 dias atras,ajudei um morador de rua e apertei a mão dele, porém eu estava com um pequeno corte na mão, na hora não me atentei para ver se havia secreções ou sangue na mão dele, corro algum risco de ter contraido o HIV? Se sim, qual teste devo fazer? Obrigado.

    1. Não existe esta informação na literatura médica, isso não é matemático. sabe-se apenas que abaixo de 40 copias, não há risco. abaixo de 1.000 cópias o risco é muito baixo e quanto maior os níveis do vírus no sangue maior o risco.

  218. Dra. Qual o risco de contaminação pelo HIV no passivo numa relação homossexual onde foi feita COM preservativo. Não chegou ocorrer a introdução do penis no meu ânus pq quando foi intruduzir ocorreu uma leve fissura no meu ânus e sangrou. A camisinha NAO estourou. NÃO chegou a colocar o pênis todo. Na tentativa de colocar o pênis com camisinha no meu ânus ocorreu uma leve fissura e não tentamos mais. Depois disso lavei a região com água e sabão.

  219. Suponhamos que um cara soropositivo que nao toma remedio recebeu sexo orla de uma mulher soropositiva e saiu liquido preejaculatorio ou gozou na boca dela e depois um cara soronegativo reebeu sexo oral da mulher logo dps de uns minutos tem chance do cara soronegativo pegar hiv

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  220. Dra. boa tarde. Ha 20 dias atras,ajudei um morador de rua e apertei a mão dele, porém eu estava com um pequeno corte na mão, na hora não me atentei para ver se havia secreções ou sangue na mão dele, corro algum risco de ter contraido o HIV? Se sim, qual teste devo fazer? Obrigado.

  221. parte2: uns 2 min sem só q dessa vez nenhum dos dois gozou. A 2 semanas apareceu uma ingua na minha virilha, estou com infecção urinária, além do mais tenho estado febril ao longo dessas semanas com dor no corpo, minha voz está fanha e hoje tossi com catarro. Nao estou sem apetite, alimento normal.

  222. Parte 1: Dra, tenho 19 anos, em março fiz sexo pênis vaginal desprotegido com um cara da minha idade, aparentemente saudável, na época os pais dele mt religiosos não deixavam ele frequentar festas e td mais, era mt preso fizemos 3x no dia, não gozou dentro em nenhuma delas e dps tomávamos banho. No dia 9 de junho nos reencontramos, ele havia saído de casa, fizemos novamente dessa vez de camisinha, porém dado momento ela saiu fizemos uns.

  223. Boa tarde doutora, ontem fui em um hospital, estava com forte dor de ouvido, o médico receitou uma injeção quando fui tomar reparei que a enfermeira não tinha lavado a mão e tinha acabado de dar injeção na nádegas do rapaz, ela fez a injeção fui embora. Aí começou meu medo, se ela tivesse rastro de sangue do outro rapaz na mão (pois ela só colocou o algodão em cima
    Ela fez a injeção em mim. Logo ficou a ferida da aberta ela usou a mão sem lavar e colocou outro algodão em mim.devo preocupar

  224. Boa tarde doutora, ontem fui em um hospital, estava com forte dor de ouvido, o médico receitou uma injeção quando fui tomar reparei que a enfermeira não tinha lavado a mão e tinha acabado de dar injeção na nádegas do rapaz, ela fez a injeção fui embora. Aí começou meu medo, se ela tivesse rastro de sangue do outro rapaz na mão (pois ela só colocou o algodão em cima
    Ela fez a injeção em mim. Logo ficou a ferida da injecao ela usou a mão sem lavar e colocou outro algodão em mim.devo preocupar

  225. Boa tarde doutora!
    Ser arranhado por alguém com risco de infecção, pode transmitir HIV?
    Obs: não ocorreu lesão profunda

  226. Dr Caso aja alguma ferida no dedo sem sangramento, e esse dedo for inserido no ânus de uma Hiv + existe algum risco de transmissão para quem inseriu o dedo.?
    Boa noite.

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  227. Dra. gostaria de saber se as seguintes situação são de risco:
    1 – Uma pessoa encostar os lábios de leve algumas vezes no meu pênis no momento da masturbação.
    2 – Furei superficialmente o dedo em uma maca.
    3 – No momento da depilação a pessoa tocou algumas vezes de luva no local irritado com leve sangramento.

  228. Drª boa tarde.
    Qual a chances de contrair o HIV durante uma necropsia, atraves de uma furada de agulha ou um pequeno corte com um bisturi ?

    1. O vírus HIV não permanece muito tempo viável fora de um corpo vivo. Este tempo pode variar de acordo a várias condições, mas nesse risco relatado, as chances do vírus não estar mais viável é grande.
      Na dúvida, procure um médico infectologista de sua confiança e faça os testes necessários.

  229. Ola doutora gostaria de tirar uma duvida que esta me tirando o sono a muito tempo, eu costumo roer muito as unhas e com isso sempre fica uma ferida ou algo assim, se eu introduzir o dedo na vagina de uma mulher soro + corro algum risco de contrair o virus HIV? Desde ja obrigado.

  230. Olá dra. Seria possível pegar hiv em um ultrassom transvaginal caso a médica não tenha trocado o preservativo? A vi tirando depois do meu exame, mas não vi colocando. Depois fiquei com medo dela não ter colocado um novo. Seria possível?

  231. Doutora, saí com um rapaz em uma relação homoafetiva faz um mês, porém não aconteceu penetração, no entanto ele esfregou o pênis dele na minha bunda, e como eu já tinha um certo receio, fiquei contraído para que o pênis não esfregasse no ânus. Com as minhas paranoias que estou tratando inclusive com psicoterapia, ele chegou até mostrar um teste de HIV que ele realizou em ABRIL, dando negativo. Acha que eu deveria fazer exame?

  232. Boa tarde Dra.

    Fui abordado por uma travesti que estava se masturbando. Ela veio me perguntar se queria realizar um programa e tocou meu queixo (creio que não chegou a encostar nos lábios) com mesma mão que se masturbava.

    Isso é exposição ao risco?

    Obrigado?

  233. Dra boa tarde, eu fui na geo e estou com candidíase, porém na hora que fui introduzir a aplicador na vagina, eu limpei a amplicador em uma toalha de banho que ficou em cima do vaso sanitário, eu moro com uma prima e não sei a sorologia dela, a risco se ela usou essa toalha ou por ter ficado na tampa do vaso? Agradeceria se respondesse fiquei nervosa com essa situação.

  234. Boa tarde Dra. Keilla. Tenho as seguintes dúvidas:
    1- eu chupei os seios de uma garota de programa. Corro o risco de ter me contaminado com HIV?
    2- quanto tempo devo esperar para fazer o exame rápido que detecta o HIV, vendido em farmácia (ACTION)?
    Muito obrigado.

  235. Olá Doutora fiz sexo com uma pessoa do mesmo sexo enfim usei camisinha mais minha boca estava cortada claro sem sair sangue quando escovei um pouquinho só. Fiz oral com camisinha ele fez em min e eu nele. depois ele gozou em min e tomei banho com o mesmo sabonete será que vou pegar AIDS, me ajuda , a senhora é um anjo obrigado.

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  236. Boa tarde doutora!
    Mãos sujas de secreção vaginal, entrou em contato com a Glade do meu pênis, na hora de trocar o preservativo.
    Pergunta: Essa é uma situação de contágio por HIV
    Ou uma outra data?
    Observação: não houve nenhum penetração, vaginal ou oral sem o preservativo masculino.

  237. Bom dia doutora, ontem fui ajudar um rapaz que estava com a boca sangrando, peguei pelo braço dele para auxiliar, o braço dele tinha sangue .. logo olhei em minha mão tinha uma pequena mancha corri para lavar, aí depois fui olhar minha mão lembrei que tinha uma pequena ferida no dedo ( ferida de corte de papel, cortei 2 dias antes,não havia sangrado no dia) estou preocupada devido essa ferida, não sei se é uma porta aberta… Devo me preocupar? Há risco

  238. Cara doutora Keilla, não posso marcar consulta, pois não moro em SP… gostaria de tirar a seguinte dúvida: quanto é mais ou menos a chamada DOSE INFECTANTE de secreção sexual ou de sangue ??? Seria uma gota ??

    muito obrigado por me responder,

  239. BOM DIA, ME AJUDE ONTEM EU FUI PESCAR E UM AMIGO PEDIU PARA EU SEGURAR O MORINETE DAÍ EU ME ESPETEI COM O ANZOL, A SENHORA ACHA QUE CORRI RISCO DE CONTRAIR HIV

  240. Dr keilla boa tarde
    Parabens pelo trabalho.
    Dra ontem introduzi o dedo no anus de um travesti de programa, porem esse dedo estava com uma pequena ferida essas de cuticulas, que no dia anterior havia ate saido um pouco de sangue.
    Gostaria de saber se esse fato foi uma exposição de risco? Se foi, o grau da exposição?
    E se esse tipo de ferida econsiderado ferida aberta?
    Muito obrigado.

  241. Boa tarde, Doutora.
    Uma pessoa que se disse infectada pelo HIV arranhou-me na testa como forma de ameaça.
    A minha pele ficou com um risco avermelhado de mais ou menos 01 (um) centímetro.
    Esse arranhão não saiu sangue, porém ficou ardendo quando em contato com água.
    Gostaria de saber se existe a possibilidade de infecção no caso da unha do agressor possuir resíduo de sêmen ou mesmo sangue?

  242. Dra. Apenas o sangue remanescente em uma agulha de injeção utilizada em um paciente que faz tratamento a mais de dois anos seria capaz de infectar ?

  243. Dra. Keila, uma garota ficou em cima de mim com calça de legging bastante molhada e eu estava de cueca, ela esfregando em mim. Corre algum risco de infecção com o HIV. ela estava de calcinha e de calça, mas bastante molhada.

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  244. Doutora, quanto é mais ou menos a chamada DOSE INFECTANTE de secreção sexual ou de sangue ??? Seria uma gota ??

    muito obrigado,

  245. Teste rápido bioclin retirou uma gota do meu dedo após 30 dias negativo.
    Fiz a pep
    Inseri pênis na vagina da mulher
    Diminui minhas chances de contrair HIV??

    1. sim diminui. mas ainda não exclui. sugiro que procure um infectologista de sua confiança pessoalmente para pedir todos os demais exames para infecção sexual, independente de ter sintomas ou não.

  246. Boa noite. Beijar uma pessoa soropositiva que contém pequena lesão na boca é considerado exposição ao risco?

  247. Dra. Insisto em perguntar, pois a aflição insiste em me perseguir.
    Mesmo tomando o cuidado de usar camisinha, preocupa-me as preliminares. Seja lubrificante ou saliva, algo levado pelas mãos até o ânus pode representar risco? Ou, um possível fluído exteriorizado já não teria mais efeito, pelo fato de estar na mão?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  248. Sobre a PEP.
    Ela é bastante eficiente por conta da maioria dos pacientes iniciarem nas primeiras horas após a exposição de risco?

  249. Dra., tive relação insertivo vaginal com uma mulher que conheci sem proteção. Ela parece bastante saudável, mas, por via das dúvidas, iniciei a PEP.
    Todavia, no outro dia pedi para ela fazer os testes rápidos (3ª geração), que deram que deram não reagentes para HIV e sífilis. Por via das dúvidas, 15 dias do coito depois pedi que ela fizesse outro teste 4ª geração em laboratório, que tb deu não reagente. Suspendo a PEP? Há risco de contaminação mesmo que a pessoa fonte seja não reagente ?

  250. Doutora, quanto é mais ou menos a chamada DOSE INFECTANTE de secreção sexual ou de sangue ??? Seria uma gota ??

    muito obrigado,

  251. Dra. gostaria de tirar uma dúvida… Existe possibilidade de contaminação HIV através de piercing, brincos? Coloquei piercing, vi que a pessoa utilizou materiais descartáveis, luvas mas não vi o brinco/piercing ser esterilizado. Se o brinco/piercing tiver tido contato com o sangue de uma pessoa com o HIV, é possível transmitir o vírus quando colocado em mim?

    1. Só é exposição ao risco se o vírus presente no sangue do material utilizado estiver vivo. nessa situação a probabilidade do vírus estar vivo é muito baixa, e por isso não seria um risco considerável.
      O que pode ser pego de forma mais fácil, nessas circunstâncias é a hepatite C.

      1. Agradeço pela resposta!
        Me tira mais uma dúvida, por favor… Estou muito angustiada com esse assunto.
        A Sra. acha que o vírus sobreviveria num prazo de uns 10 minutos ali no brinco? Uma pequena quantidade já é suficiente para contaminação? Vi uma outra matéria no seu site sobre o tempo de sobrevivência do vírus mas não entendi numa situação com essa…
        Devo procurar um infectologista para exclusão de contaminação com o vírus?

  252. Doutora, já fiz sexo oral em alguns homens de sorologia desconhecida e uma vez entrei em contato com o ânus de um deles, sem camisinha, mas foi rápido e sem penetração completa. A partir do dia que isso aconteceu não consigo dormir pensando se contrai o HIV, pois algum tempo depois apresentei dores nas articulações, depois diarréia persistente e hoje uma vermelhidão na pele, bem acima da clavícula e na parte central do pescoço. Corro risco?
    PS: não posso procurar um médico ou fazer o teste

    1. Infelizmente, não há como saber o que está havendo, nem excluir infecção por HIV sem fazer o teste, mesmo se você não tivesse nenhum sintoma ( a maioria das pessoa que tem HIV não apresentam sintomas) não há como excluir infecção pelo HIV sem fazer os teste pertinentes.
      Você precisa saber se é HIV ou não para começar a tratar caso seja e para buscar outras causas para os sintomas que está apresentando caso não seja HIV. Isso apenas o medico infectologista te avaliando pessoalmente poderá indicar os passos a serem tomados.

  253. Outra situação que me preocupa é a cusparada durante o sexo. Mesmo com camisinha, usa-se a mão para levar saliva até a entrada do ânus – para lubrificar.. A mesma mão que, obviamente, brincou com o pênis antes de colocar a camisinha. O pênis, em seguida, leva isso para dentro na penetração. O risco é alto?

    1. Dra. Insisto em perguntar, pois a aflição insiste em me perseguir.
      Mesmo tomando o cuidado de usar camisinha, preocupa-me as preliminares. Seja lubrificante ou saliva, algo levado pelas mãos até o ânus pode representar risco? Ou, um possível fluído exteriorizado já não teria mais efeito, pelo fato de estar na mão?

  254. Fiz sexo oral em um outro homem, porém não houve contato direto da minha mucosa oral com o penis do parceiro, pois foi por cima da cueca… porém minha mão entrou em contato com o penis dele (contato direto, sem a cueca) e logo em seguida me masturbei. Minha dúvida é que se estas duas situações são de risco ?! Fiquei pensando na possibilidade de que na cueca poderia ter esperma…e eu ter tido entrado em contato. Existe um risco consideravel?

  255. Dra, Sou portador de um transtorno (TOC) e estou muito mal ultimamente… por favor me ajude e me explique POR QUE não é possível se contaminar ao coçar os olhos com dedos sujos com um pouco de sangue, num contato de aperto de mão, quando uma muriçoca morde a outra pessoa, sai sangue e a ferida coça e a pessoa aperta minha mão passando um pouco de sangue que ainda não secou pra ponta dos meus dedos e eu, só percebendo depois , coçar meus olhos? Qde de sangue insuficiente?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

  256. Doutora, tive relação com um homem desconhecido, onde ambos fizemos sexo oral (rápido) e eu pus parte do meu pênis no ânus dele, porém mal houve uma penetração de verdade, assim como não houve atrito demorado ou coisa do tipo. Mais ou menos uma ou duas semanas depois do ocorrido, venho sentindo dores nas articulações, desde aí eu vivo com medo de ter contraído HIV ou alguma outra dst, estou em risco?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  257. Boa tarde Doutora, tenho uma dúvida. Tive uma relação sexual com uma desconhecida e ela estava menstruada, isso aumenta o risco de contaminação para o sexo masculino?

  258. Doutora, meus parabéns pelo serviço de utilidade pública!
    Tive relação insertivo vaginal com uma mulher que conheci sem proteção. Ela parece bastante saudável, mas, por via das dúvidas, iniciei a PEP.
    Todavia, pedi para ela fazer os testes rápidos na UPA (Triline Bioclin), que deram que deram não reagentes para HIV e sífilis. Perguntei se ela teve algum contato com outra pessoa nos últimos 30 dias e ela disse que não. Devo suspender a PEP ou é melhor não confiar e prosseguir?

  259. Boa tarde doutora ocorreu comigo uma situacao bem diferente estava parado em um ponto de onibus e caiu sobre meu nariz algo de laranja parecido com sangue e limpei na hora com os dedos pele integra isto seria exposicao ao risco por hiv? Aguardo ansiosamente a resposta muito obrigado !

  260. Quando o vírus HIV chega aos linfócitos, a pessoa já está contaminada mesmo se tomar a PEP? Ou somente quando chega na corrente sanguínea isso se torna irrreversível?
    Sabe me dizer também a média de tempo que isso geralmente ocorre?
    Obrigada.

  261. Sempre transo de camisinha. Nunca me recordo de ter estourado. No entanto apresento o ganglio direito da virilha levemente inchado a alguns meses, acompanhado de uma diarréia que vai e volta a uns 5 meses… Também comecei a sentir dores nas costas… São sintomas de HIV?

  262. Doutora,, me tira uma dúvida que está me matando. Da última vez que transei, APENAS beijei a parte externa da vagina da garota, sem qualquer contato com a parte interna e os lábios e muito menos com fluidos vaginais. A vagina dela não apresentava nenhuma ferida e não possuía odor. A pergunta é: posso ter contraído o HIV?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  263. Dr., tive uma relação sexual com uma garota de programa e usei camisinha tomando todo o cuidado para que estivesse devidamente colocada. No final do ato notei que havia um pouco de sangue na camisinha.. Rapidamente a tirei cuidadosamente a e higienizei a região ao redor do meu pênis, sem ter contato com a glande. Será que esse sangue que aparentemente estava só no camisinha pode ter me submetido a um contado de risco? A propósito, minha glande estava irritada por excesso de limpeza.

  264. Olá, Dra. Beijei um rapaz soropositivo que tem gengivite e o meu siso está nascendo, tem alguma ligação? Posso ter contraído o vírus? Boca ressecada também seria exposição ao vírus em um beijo?

  265. Bom dia, Dra.
    Se após o uso da PEP o resultado der negativo… Existe a possibilidade de eu ter me tornado soropositivo com carga viral indetectável? Porque é necessário fazer outro teste após o uso da PEP, certo?
    É realmente necessário realizar o teste após 6 meses da situação de risco ou se o de 90 dias der negativo, é caso encerrado?

  266. Dra, me responda por favor, masturbei um rapaz de sorologia desconhecidos , porém eu estava com um raladinho na mão, um pequeno cortinho de dois dias atrás, se o semem pegou nesse machucado oferece risco alto?

  267. Dra Boa noite, gostaria de tirar uma dúvida, sexo oral sem ejaculação, com um leve machucado de escovação, o risco ainda seria baixo?

  268. Boa noite Dra, aconteceu uma situação comigo e estou preocupada, estava masturbando um rapaz de sorologia desconhecida, não chegou a molhar minha mão, depois de alguns minutos, acho que sem querer enfiei o dedo no olho, o risco seria alto ? Desde já agradeço

  269. Dra, gostaria de tirar uma dúvida. Fiz sexo oral em um outro homem, porém não houve contato direto da minha mucosa oral com o penis do parceiro, pois foi por cima da cueca… porém minha mão entrou em contato com o penis dele (contato direto, sem a cueca) e logo em seguida me masturbei. Minha dúvida é que se estas duas situações são de risco ?! Fiquei pensando na possibilidade de que na cueca poderia ter esperma…e eu ter tido entrado em contato. Existe um risco consideravel?

  270. Olá Dr. fiz sexo com 2 garotas de programa, usei camisinha todo o tempo, uma delas gozou, a camisinha estava mais larga, mas não rompeu em nenhum momento. Recebi sexo horal sem camisinha e introduzi meus dedos na vagina delas e tenho aquelas pelezinhas da cuticula puxadas, e uns cantinhos também, isso representa risco alto? Obrigado!

  271. Ola doutora, hj eu fui atender o motoboy do lanche e estava com um pequeno sangramento na minha cuticula, se ele tiver hiv e com sangramento na mao e encosta na minha cuticula eu posso pegar hiv?

  272. Doutora me ajude estou muito aflito,sai com um garoto que descobriu hoje que era hiv+(pelo teste rapido), a relacao que tivemos foi: ELE ME MASTURBOU E ENCOSTOU SEU PENIS NO MEU(bem rapido) EU MASTURBEI O ANUS DELE E DEPOIS PEGUI NO MEU PENIS, PASEI MEU PENIS NA NADEGA DELE(fora). DEVO TOMAR A PEP, NAO PENETREI .

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  273. Dra , tive 4 exposições de riscos , sendo vaginal, com pessoas diferentes em dias diferentes, depois do último passou alguns dias e tive sintomas da fase aguda, candidíase, suor noturno, gânglio inchado , sumiu no mesmo dia, diarreia, perdi 4kg em 2 semanas, fiz o teste rápido de 30 dias em 38 dias, deu negativo, continuei com sintomas, ainda corro risco ?

    1. Com relação ao HIV, Teste diagnósticos específicos realizados em locais de confiança (ou seja, aqueles locais nos quais você confia no resultado do teste) após o período máximo da janela imunológica (tempo entre contato com o vírus e o aparecimento de resultado positivo ou reagente pelo exame) descartam o diagnóstico de HIV. No caso do teste de 4 º geração, um resultado negativo a partir dos 90 dias após a última exposição de risco, já exclui o caso. No caso de teste de 3 geração, o tempo máximo é de 180 dias.
      se tem sintoma de qualquer tipo, consulte com o médico infectologista para te avaliar pessoalmente e pedir os exames necessários.

  274. Ola doutora,eu e um garoto nos masturbamos e nosas genitais se tocaram ficamos assim por uns 10min, eu masturbei o anus dele com meu dedo, ele fez o teste rapido e deu positivo para HIV, devo tomar a PEP?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  275. Boa noite Doutora, fiz sexo com uma transexual de programa, primeiro foi sexo oral(colocou a boca no meu penis) sem camisinha, depois fizemos sexo anal(eu sendo ativo) com camisinha corretamente, corro risco de pegar hiv ?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  276. Boa noite Dra, durante alguns beijos a pessoa passou a mão no pênis e depois no meu ânus, sem ter havido qualquer tipo de penetração ou ejaculação durante os beijos. Se houve secreção pré-ejaculação nas mãos, há algum risco de contaminação pelo vírus HIV? Se houver, o risco pode ser considerado baixo ou insignificante?

  277. Boa noite.
    Desculpe a pergunta mas em toda a sua carreira, qual foi o caso mais arriscado que você já acompanhou ou soube, de uma pessoa que fez uso da PEP e foi bem sucedido?

  278. Doutora, recebi um sexo oral (colocou a boca no meu pênis) de um transexual que se prostitui, depois transei com ele de camisinha.
    Há algum risco de eu estar contaminado pelo HIV?

    1. alguém colocar a boca no seu genital não é exposição ao risco para você.
      Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

  279. Bom dia.
    Estou no 4º dia da PEP, passei por uma situação muito arriscada de transmissão e iniciei após 18h somente.
    O tempo mínimo para repetir o exame de HIV é somente 28 dias?
    E caso dê negativo o resultado após 28 dias, existe a chance de eu ter me tornado soropositivo indetectável e futuramente no exame de 90 dias resultar em positivo?
    Sei que não há garantia mas as chances disso ocorrer são grandes?

    1. A PEP é bastante eficaz se usada da forma correta, contudo, para excluir as chances de infecção, o tempo máximo irá depender do tipo de etste usado. Teste diagnósticos específicos realizados em locais de confiança (ou seja, aqueles locais nos quais você confia no resultado do teste) após o período máximo da janela imunológica (tempo entre contato com o vírus e o aparecimento de resultado positivo ou reagente pelo exame) descartam o diagnóstico de HIV. No caso do teste de 4 º geração, um resultado negativo a partir dos 90 dias após a última exposição de risco, já exclui o caso. No caso de teste de 3 geração, o tempo máximo é de 180 dias.

      Vale lembrar que em qualquer situação de exposição, todas das outras infecções sexuais devem ser excluídas, mesmo sem sintomas.

  280. Chupei um cara sem camisinha em 13 de março eu engoli o liquido dele, mais não foi esperma e sim so aquele liquido tranparente, gripei no dia 30 de março e a gripe durou 11 dias que nao e normal , e hoje depois de quase 3 meses to gripado dinovo corro algum risco de ter contraido?

  281. Boa tarde .Dra em Campina Grande .Festa do maior sao joao do mundo esta acontecendo inumeros casos . pessoas sendo atacadas com agulhas de seringas . para HIV a risco consideravel de transmissao.? O sangue tem que estar fresco para haver a transmissa ?

  282. Bom dia, prezada doutora !!
    Por favor me tire esta dúvida: haveria algum risco apertar a mao de uma pessoa que futucou as cutículas, estas sangrarem e ao apertar a mão desta pessoa, transfere um pouco de sangue pros meus dedos e eu coçar os olhos com esses dedos ??

    Ou pelos olhos jamais tem como se contaminar com HIV ??

    Por favor me responda !! Muito obrigado desde já

  283. Doutora, duas perguntas sobre a Perp,:
    1. Você acredita que ela passará a ser comercializadas em farmácias? Ou para ter acesso a elas precisaremos ir em postos de distribuição?
    2. Ela pode ser utilizada apenas em épocas da vida, por exemplo ao se fazer viagens! Não corre risco de adquirir resistência ao medicamento?

    1. 1. para se ter acesso, apenas comprando diretamente através de importadoras ou pegando de graça pelo SUS nos locais pré-autorizados
      2. Se bem utilizada, os riscos de resistência se em algum momento não estiver tomando não tem, mas outros problemas podem ocorrer e se for mal utilizada, aí sim, pode-se levar a uma resistência viral.
      Para saber melhor sobre o tema, leia este artigo: https://www.drakeillafreitas.com.br/profilaxia-pre-exposicao-ao-hiv/

  284. Doutora, sou cirurgião dentista e sei que pacientes indetectáveis possuem risco de transmissão mínimo sexualmente falando, mas e com relação a um possível acidente perfuro cortante com agulha por exemplo? Os riscos também são mínimos?

    1. Quanto menor o número de vírus no sangue, menor o risco de transmissão para outras pessoas, independente da situação. Mas a situação melhor estudada, inclusive com dados suficientes para se dizer que não se transmite com carga viral indetectável é na relação sexual sem preservativo.
      Logo, não há números concretos de risco para a situação exposta em pessoa com carga viral indetectável, mas com certeza, se a carga viral está indetectável este risco será, pelo menos, bem mais baixo se comparado a cargas virais maiores.

  285. Boa noite doutora encostei em um objeto potiagudo com algumas marcas ressecadas mais nao sei se e sangue e nao houve penetracao de pele apenas um espeto superficial sem a presença de sangue, isso e considerado exposicao ao risco para hiv ?

  286. Boa tarde, cara doutora Keilla.. obrigado pelo seu trabalho e por tirar as dúvidas de nós, leigos… A minha dúvida é a seguinte: haveria algum risco de contrair HIV, ao apertar a mão de uma pessoa que mexeu na cutícula, esta sangrou, e consequentemente passou um pouco de sangue ainda não totalmente seco para os meus dedos e eu coçar os olhos com esses dedos ??

    Desde já, agradeço muitíssimo por me responder!!

  287. Boa noite.
    Fiz sexo anal receptido com um profissional de sexo transexual. Iniciei a PEP depois de 20h da situação de risco. E desde então estou tomando os medicamentos: dolutegravir + lamivudina + tenofovir.
    Sei que estou numa situação muito arriscada… Porém há grandes chances de eu não contrair o HIV se tomar o medicamento nos 28 dias?
    A enfermeira alega que se o parceiro tem o vírus as minhas chances são quase nulas. Estou muito preocupado.

  288. Bom dia Dra! FIz a unha este fim de semana e como sempre usei meus materiais de manicure exeto a toalha, desta vez minha manicure acabou machucando meus dedos e sangraram um pouco, para estancar o sangramento ela usou a toalha e me pedia pra por os dedos no pote de água(que tbm é dela). Antes de fazer minha unha ela atendeu uma cliente uma hora e meia antes de mim e acredito que tenha usado esta mesma toalha. Estou amamentando estou muito preocupada,isso é exposição de risco? Aguardo resposta.

  289. BOM DIA DRA.!! NAMORO UM RAPAZ A QUASE 5 ANOS, E NESSE TEMPO A GENTE JÁ SE SEPAROU E VOLTAMOS VÁRIAS VEZES E TRANSAMOS TODAS AS VEZES SEM CAMISINHA… (EU SENDO O PASSIVO). E DEPOIS DE UM TEMPO EU DESCUBRO Q TENHO HIV E NÃO FAÇO NENHUM TRATAMENTO (POR NÃO SABER Q TINHA HIV) E COM POSSÍVEIS TAXAS ALTAS DE VÍRUS NO SANGUE…
    MINHAS PERGUNTAS SÃO. 1- ELE SENDO O ATIVO DA RELAÇÃO PODE TER PÊGO HIV DE MIM? 2- FIZ ORAL NELE E SAIU SANGUE DA MINHA BOCA QUE SUJOU ATÉ A CAMISA DELE. ELE PODE TER PÊGO?

    1. 1- Sim
      2- Depende da quantidade de sangue envolvida.
      Sugiro que ele procure um médico Infectologista de sua confiança para ser avaliado pessoalmente e realizar todos os exames cabíveis para o caso dele.

  290. Bom dia Dra. Eu ajudei um morador de rua que tem HIV ele me abraçou em agradecimento, ele estava com uma ferida no rosto e encostou sangue em mim, corro risco de ter me contaminado?Não estou com nenhuma ferida no rosto.

  291. Olá Dr. durante um sexo com 2 garotas de programa, usei camisinha todo o tempo, um delas gosou, a camisinha ficou com secreção vaginal e estava mais larga, mas não furou nem rompeu em nenhum momento. Ocorreu que nas brincadeiras introduzi meus dedos na vagina delas e tenho aquelas pelezinhas da cuticula puxadas, e uns cantinhos também, isso representa risco alto? Obrigado!

  292. Boa noite Dr. Fui a uma casa de massagem e a massagista que tbm é GP me masturbou no final da sessão. Porém, não conseguia ejacular e a mesma ficou em torno de 30 minutos me masturbando…e durante o processo ela cuspiu na glande do meu pênis! Ao final, ejaculei na mão dela. Corro risco de HIV e outras doenças caso ela seja soropositiva? Desde já agradeço!!!

  293. Boa tarde Dr tenho uma bebê de 1 e 5 meses e ela tem um primo que tem HIV e esses dias ele estava tomando água e deu um gole para ela e fiquei com medo porque ela estava com uma afta. Perguntei a vó dele é ela disse que não tinha o com que se preocupar pois a boca dele estava limpa. Andei pesquisando e vi que se os dois têm afta e está sangrando tem risco. Tenho que me preocupar? Não vi sangue no copo. Me responde pfv

  294. Boa tarde tenho uma filha de 1 ano e 5 meses e ela tem um primo que tem HIV e esses dias ele estava bebendo água e deu um pouco para ela do mesmo copo dele. E ela estava com uma afta na boca. Perguntei a vó dele se ele tinha alguma afta ela disse que a boca dele estava limpa, estou com medo porque pesquisei e vi que se ele é ela tiver com afta e estiver sangrando tem risco isso é exposição de risco? Ela tomou só um golinho de água e não vi sangue no copo.

  295. Doutora fiz sexo e a camisinha estourou, fiz o teste 6 dias depois e descobri que tenho sífilis, corri pra upa e pedi o prep pra previnir de uma possibilidade de infecção do HIV, comecei a tomar o prep no sábado, 6 dias depois a exposição, o médico mandou fazer exames do DRL pra começar o tratamento da sífilis e o médico falou que continue usando a prep, qual minha chances ? Tenho alguma?.

  296. Bom dia Dra. Aconteceu uma situação comigo, eu estava com um machucado, feito por aranhão de gato. Estava em um balcão de atendimento, e encostei meu machucado, é um lugar onde muitas pessoas colocam a mão, o ferimento era recente, há risco ? Desde já agradeço

  297. Bom dia Dra, gostaria de tirar uma dúvida. Roupas íntimas podem transmitir hiv, ou outra dst. Por exemplo biquíni que peguei emprestado de alguém e pode não ter sido lavado. Mesmo se a pessoa tivesse usado pouco tempo antes? Agradeceria a sua resposta.

    1. Apesar de muito pouco higiênico isso é um fator de risco improvável para Infecção sexual pois, além da quantidade de material envolvida (pequeno) as chances daquele agente já estar morto ali e não ser capaz de infectar uma outra pessoa é grande ( quanto maior o tempo do último uso, menor as chances de sobrevivência do micro-organismo.

      Na dúvida, procure o seu médico de confiança e faça os exames pertinentes.

  298. Dra, beijei uma trans na boca e senti um gosto HORRÍVEL na hora. (ânsia de vômito mesmo). Depois, não beijei mais. No dia seguinte, o gosto amargo ainda estava na minha boca. Já se passaram uns 5 dias e o gosto saiu. Mas sinto as papilas gustativas um pouco inflamadas e a base da língua (centro) um pouco escura. Estou utilizando Nistatina. Estou preocupado.
    Posso ter contraído HIV em um simples beijo? Se não, posso ter contraído alguma DST com este beijo? PARABÉNS PELO TRABALHO!

  299. Dra, na última quarta feira cumprimentei um cara que se manifestou ser soropositivo, no contato no aperto de mão percebi que eu tinha um arranhão no dedo porém com casca, e apos esta aperto não observei rastros de sangue deste indivíduo em minha mão, mesmo assim pode haver o contagio??

  300. Bom dia ocorreu uma situaçao bem diferente,estive em um banheiro publico e ao urinar senti um pingo entrar em contato com meus olhos isso seria forma de contagio para hiv?

  301. Dra, pergunta boba, mas para esclarecer:
    existe algum risco de contaminação ao pegar com a a maõ uma camisinha usada e jogar no lixo ?

  302. Recebi sexo oral de uma mulher. Depois descobri que ela possui infecção de garganta por febre reumática.
    Meu pênis estava inteiro sem nenhuma lesão. Nesse caso há risco de eu ser contaminado por HIV?

  303. Ola muito se fala em sexo oral, minha duvida e a seguinte : a pessoa faz sexo oral em mim (penis/boca) . O risco existe ou nao. Pois. Muitos sexologos conceituados dizem que o sexo oral insertivo e um sexo de risco tambem. A Senhora e outros infectologistas afirmam que essa pratica nao ha risco apaneas para quem coloca o penis na boca ai sim o risco existe pois o liquido pre ejaculatorio pode entrar em contato com mucosa. Com isso fico em duvida. Receber a boca no meu penis trannsmite hiv

  304. Doutora,tudo bem? massagens sensuais com profissionais,sem penetração,em que elas estando nuas esfregam todas as partes do
    seu corpo,incluindo partes íntimas,no corpo do cliente,que também
    está nu,tem alguma probabilidade de transmitir DST? essa masssagem chama-se Tailandesa. Fico receoso pelo fato dos fluídos corporais dela terem contato com meu corpo. Desde já agradeço doutora!

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo com o organismo viável (ou seja, infectante), seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

      Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  305. Saí com mulher de sorologia desconhecida. Ela Sentou em cima de mim esfregou a vagina no meu pênis ainda sem camisinha. Não a penetrei.
    Há risco de contaminação pelo HIV? É um risco considerável ou é muito baixo?
    Existe algum registro de transmissão do HIV sem penetração?

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo com o organismo viável (ou seja, infectante), seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

      Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  306. Doutora, tive uma relação sexual com uma garota de programa e usei camisinha e sempre atento.. no final notei que havia pingos de sangue na camisinha.. rapidamente fui e cuidadosamente retirei a camisinha e higienizei o penis.. o meu medo é de na hora de tirar a camisinha alguma gota de sangue ter entrado em contato.. a principio nao tenho feridas nao cicatrizadas.. existe o risco?

  307. Boa tarde Dra.
    Tive uma relação com uma mulher de sorologia desconhecida. era uma situação que achava ser segura porém vendo os comentários estou em dúvida.
    Ela sentou em cima de mim e esfregou a vagina no meu pênis antes de que eu colocasse a camisinha.
    Não houve penetração sem preservativo.
    Há risco de trasmissão de HIV nesse caso? É um risco significativo ou muito baixo?

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo com o organismo viável (ou seja, infectante), seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

      Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

      1. Ok obrigado. Vou fazer os exames conforme recomendado Porém tem que esperar o período da janela imunológica. Só para saber o que esperar é um risco considerável ou muito baixo? Tem registro de algum caso de contaminação sem penetração?

  308. Olá doutora,
    Meu esposo perfurou com uma agulha ao anestesiar uma paciente, que não quis fazer o exame de HIV, disse não era casada e que não tinha o vírus. Meu esposo optou por tomar o coquetel, ontem eu fui aferir a glicose dele e me perfurei também, seria necessário tomar também o medicamento? Estou em dúvidas…

  309. Dr fui fazer uma injeção com seringa e agulha de insulina na barriga de uma paciente soro positivo ! Quando acabei o procedimento, coloquei a seringa com a agulha na bandeija e fui depois para descartar os matérias …quando peguei a seringa e fui colocar a capinha protetora na agulha, a agulha entortou dentro da proteção saiu e furou meu dedo ! O dedo sangrou ! Eu espremi um pouco o dedo para sair um pouco de sangu e depois lavei passando álcool! Estou preocupado ….

  310. Doutora, em uma festa beijei uma menina, posso estar com ferimento gengigva. 3-4 dias depois senti febre, depois diárreia, um pouco de dor de garganta e acho que estou com ganglio do pescoço inchado. Fiz exame 4ª geração com 13 dias, deu Nâo Reagente – 0.35 (1 é a referência para reagente). Todavia, em exames anteriores que fiz geralmente dava 0.10. Com todos esses sintomas e esse aumento, é possível infecção ou é coisa da minha cabeça? Estou muito preocupado, me ajude pfv.

  311. Bom dia Dra. Vivo num apartamento e tenho uma empregada. Ontem quando cheguei a casa tinha uma pinga de sangue no chão da sala, pisei de haviana e espalhou sangue. Mas depois fiquei andando pela sala e quarto um bom tempo. So 20m depois limpei aquela gota sangue com um papel. Se o sangue era da empregada e tinha hiv, eu posso ter espalhado ao andar pela casa antes de limpar. Agora, se eu pisar chão decalca, ou se o chao do quarto ficou com aquele sangue e tocar no fio do computador…corro risco?

  312. Bom dia queria que me ecclaree se umas duvidas . O que e uma porta de entrada para o hiv? Uma bolha de agua na palma da mão rebentada sem sangramento en contacto com.líquido pre ejaculatorio durante a masturbação de um penis passado 2 dias da bolha rebentar e considerado risco.pra o hiv e considerada porta de entrada? Me ajude por favor

    1. Porta de entrada é uma via de passagem do vírus até o organismo da pessoa.
      Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo com o organismo viável (ou seja, infectante), seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

  313. Bom dia dra obrigado ja pelo site . A minha questao e a seguinte um bolha de água rebentada na palma da mao .2 dias depois estive a masturbar um homem com essa mao . Essa bolha que rebentou antes 2 dias e considerada uma.porta de entrada para o hiv . Esta situaçao e uma situaçao de risco obrigado

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo com o organismo viável (ou seja, infectante), seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

  314. Transei com uma mulher de sorologia desconhecida. Usei camisinha o tempo todo, mas no final da transa, quando tirei o pênis, a camisinha saiu sozinha. Não voltei a introduzir sem camisinha. Corro riscos caso ela seja soropositiva?

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo com o organismo viável (ou seja, infectante), seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

      Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  315. Dra, sobre a pergunta que fiz a vc a respeito de estar dividindo quarto com um rapaz soropositivo do qual não me relaciono bem, caso ele mal intencionado me furasse após ter se fura a transmissão seria possível? Eu li que é necessário uma quantidade significativa de de material contaminado entre na corrente sanguínea, dessa forma séria inviável um simples espetar de agulho, certo?

  316. Boa tarde, fiz sexo oral em um rapaz sem preservativo e hoje ele me deu a noticia que descobriu que contraiu o virus hiv da ex namorada. Há possibilidade de eu ter contarido tambem?

  317. Doutora por favor, me de uma resposta, o risco é grande de pegar hiv só na tentativa de um sexo anal sem proteção ? (não ouve penetração, só a tentativa)

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo, seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

  318. Dra. Keilla Freitas, gostaria de parabenizá-la pelo trabalho incrível que faz aqui. Sua página presta um serviço público.

    Preciso de uma orientação sua. Beijei um menina em um show, e talvez esteja com um machucado na gengiva. Três dias e algumas horas depois tive febre e depois comecei a ter diarreia e suores noturnos. A médica diagnosticou como infecção intestinal bacteriana. Todavia, Posso ser contraído HIV nesse beijo com ela?

  319. … mas sentimos uma grande conexão e afinidades nestes dias que se passaram e estamos nos apegando muito, ela porém me contou de sua situação, só não sei como vou levar adiante esta situação sendo que familiares já sabem da situação dela e eu estou sem saber que rumo tomar, já que estamos nos gostando, e meu irmão me aconselha a ficar na amizade por estar preocupado, sei que não é sua área aconselhar casos de família, mas é mais um desabafo meu por não saber como agir.

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo, seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

  320. 22 dias os meus glândulas linfático do pescoço estão inchados mais nao doem e tenho uma pequena afta na boca essa já te três dias eu tô com medo pós dia primeiro de maio eu recebi de uma gp um sexo jornal com o meu genital cheio de pintinhas por causa da cândida e ela só colocou na boca e fez 5 movimento de vai vem e foi só isso msm desse dia pra cá eu nunca mais tive socego estou em pânico por favor de me responda

  321. Doutora, descobri que o garoto com quem divido quarto em uma república é soropositivo, e temos uma relação muito conflitante! Fiquei pensando se seria possível durante a noite enquanto durmo ele de má fé me transmitisse se furando com uma agulha e depois me furando?

  322. Ontem por um descuido tive contato intimo com uma garota sem protecao, no ato esfreguei meu penis na área externa da vagina junto a calcinha dela durante poucos segundos, um contato bem leve, não tenho nenhuma ferida, e também não estava com líquido seminal, estava bem seco na verdade, aparentemente ela também estava. qual o risco de eu contrair o HIV nesse caso?, pois a garota tem uma vida sexual bastante ativa com varios parceiros, e isso me deixou um tanto preocupado, desde ja obrigado

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo, seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

      Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  323. Dra. tive uma relação sexual que no início foi desprotegida (30s). Ambos ficamos assustados com risco quando conversamos e decidimos fazer o teste, ela depois de 7 dias no CTA e eu depois de 14 dias em um laboratorio. Ambos deram não reagente, e conforme orientação de repetir os 30 dias depois. Repeti o meu com 60 dias em um laboratório e de 4 geração, continuou nao reagente. Porém perdi o contato com outra pessoa. Posso finalizar o caso com meu último exame? Obrigado e parabéns pelo seu trabalh

    1. SE ela não teve outra outra exposição de risco nos últimos 30 dias que antecederam a exposição de vcs, tendo ela um resultado negativo apos essa exposição, não poderia ter te infectado.

  324. Bom dia doutora. Uma garota d programa fez sexo oral em mim por cerca d 27 minutos, nisso ela mordeu a glande do meu pênis causando duas pequenas ferida, não muito profundas mas saiu sangue, ela seco com papel e contínuo por mais três minutos. Ela fez oral com outros clientes no dia e dexa finalizar na boca. Existe risco d contaminação. Ela cospia o tempo todo. Ou o meu risco é auto ?

  325. Doutora, beijei uma menina em um show e estou com gengivite.
    Quatro dias depois tive febre, diarréia, dor no corpo e suores noturnos. Posso ter contraído HIV nesse beijo com ela? Estou muito preocupado porque são os sintomas aqui descritos.

  326. Tudo bem doutora?
    Dúvida, ontem uma garota d programa fez sexo oral em mim, sem preservativo, por uns 27minutos nisso ela mordeu a cabeça do meu pau causando duas pequenas lesões, não muito profundas mais saiu sangue, não devia ter nem um milímetro d profundidade os cortes, ela seco com papel e volto a chupa por mais três minutos, a chance d me contaminar caso ela seja reajente, ou o sêmen d algum outro cliente q tenha ejaculado na boca dela me contaminar . Pq acho q ela recebe semem na boca.

  327. Boa Tarde.
    É mostrado no quadro um risco baixo para sexo oral.
    Porém, eu tive um parceiro que ejaculou na minha boca e ela estava machucada internamente, porque foi mordida pelo parceiro antes da ejaculação. Nesse caso, o risco aumenta significamente ou continua baixo?

  328. Doutora, tem uma pessoa q possui HIV e apertamos as mãos, sendo q minhas mãos estão com calos, os calos não estão estourados.
    Qual a probabilidade de haver transmissão?

  329. Fui fazer um exame de raio x no meu braço pq fui atropelada e meu braço estava arranhado saindo aquela aguazinha,Posso te me contaminado colocando o braço na chapa de raio x?

  330. Boa noite!
    Me acidentei com lamina de barbear de uma pessoa com comportamento de risco, o corte foi minimo e superficial e a lamina estava seca e não apresentava sinal de sangue aparente,apenas alguns pelos. Corro o risco de contrair hiv?

  331. Dra. Sai com uma GP e masturbei ela, posso ter tocado depois no meu penis sem ter lavado a mão enquanto me masturbava, e ele está com uma feridinha na pele próximo à base do penis, e a ferida não sangrava. Há risco?
    O risco é eliminado por exemplo quando a secreção secou na mão.. mesmo sem lavar?

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo, seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

      Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  332. NÃO ENTENDI SUA RESPOSTA, DR. CORTOU OU NÃO CORTOU?
    Atraso de mais de tantas horas na tomada dos remédios não é bom, mas significa que cortou o efeito de todo o esquema. Evite novos esquecimentos com tanto tempo de atraso nas próximas doses.

    Doutora, não entendi sua resposta. Eu disse atrasei 10 horas pra tomar o remédio, tomava sempre as 11 da manha e foi tomar no mesmo dia as 21 horas. A senhora quis dizer que cortou o efeito completo ou que não cortou o efeito completo?

  333. Bom dia. Ontem (15/05) saí com uma garota de programa e a camisinha saiu sem que percebesse e por alguns minutos permaneceu assim. Percebi antes de ejacular e interrompi a relação. Imagino que deve ter sido algo em torno se 5 minutos sem camisinha. Devo procurar o tratamento pós-exposição? Ou não me enquadro?

  334. Bom dia Dra.
    Me respondo por favor estou muito aflito
    Encontrei com uma cara ficamos na masturbação nesse meio tempo notei que ele mechia na glande dele e em seguida ele tocou na minha se houvesse líquido pré ejaculatorio pênis dele e ao tocar a minha glande tem algum risco dele me contaminar??
    Mais tarde em casa notei que tinha um corte pequeno no corpo do meu pênis esse líquido em contato com esse pequeno corte devo me preocupar foi somente isso ?

    1. Dependendo da quantidade de material contaminado envolvido poderia sim ter algum risco, mesmo que pequeno, sugiro que fique remoendo as dúvias, procure um médico infectologista de sua confiança e faça todos os exames necessários.

  335. Boa tarde Dra, qual o risco de pegar HIV e Hepatites atraves do sexo oral (onde coloquei a vagina na boca) ?

  336. Dra boa noite, passei por uma situação, estava esperando pra usar o banheiro, a pessoa que estava antes saiu com um papel com um pouco de sangue, assim que entrei abri a torneira , só passei água na mão e joguei nos olhos pões estava com um sisco, se essa pessoa abriu a torneira e deixou sangue há risco? estou desesperada pensando nisso

  337. Boa tarde Doutora,que Deus te abençoe por esclarecer tanto desesperos. Bom usei um banheiro químico e senti que minha urina respingou na minha pernas, se no caso tiver respingado em algum sangue e depois na minha vagina posso pegar HIV. Eu tinha um pequeno corte perto da vagina que fiz com minha unha. Será que se alguém que tinha HIV ultilizou o banheiro químico e respingou lá. Devo fazer uso do pep? Obrigada

  338. Dr boa tarde
    Tive um acidente de trabalho e me perfurei com uma agulha. No seu site 90 dias descartam o caso , mas segundo o CTA somente com 180dias podemos encerrar. Porque dessa diferença?

    1. O tempo de janela dependo do teste usado.
      Com relação ao HIV, teste de 4 º geração negativo feito em local de confiança a partir dos 90 dias após a última exposição de risco, já exclui o caso.

  339. Boa tarde Dra!
    Estou com uma dúvida. Se goticulas de saliva cair nos olhos de um bebe recem nascido pode transmiti hiv? Essa saliva não é da mãe e sim de uma pessoa de risco.

  340. Boa tarde Doutora,que Deus te abençoe por esclarecer tanto desesperos. Bom usei um banheiro químico e senti que minha urina respingou na minha pernas, se no caso tiver respingado na minha vagina posso pegar HIV. Eu tinha um pequeno corte perto da vagina que fiz com minha unha. Será que se alguém que tinha HIV ultilizou o banheiro químico e respingou lá. Devo fazer uso do pep? Obrigada

  341. Boa tarde Doutora,que Deus te abençoe por esclarecer tanto desesperos. Bom usei um banheiro químico e senti que minha urina respingou na minha pernas, se no caso tiver respingado na minha vagina posso pegar HIV. Eu tinha um pequeno corte perto da vagina que fiz com minha unha. Será que se alguém que tinha HIV ultilizou o banheiro químico e respingou lá. Devo fazer uso do pep? Obrigada

  342. Dra. Keilla Freitas
    15/05/2018 às 02:17
    Atraso de mais de tantas horas na tomada dos remédios não é bom, mas significa que cortou o efeito de todo o esquema. Evite novos esquecimentos com tanto tempo de atraso nas próximas doses.

    Doutora, não entendi sua resposta. Eu disse atrasei 10 horas pra tomar o remédio, tomava sempre as 11 da manha e foi tomar no mesmo dia as 21 horas. A senhora quis dizer que cortou o efeito completo ou que não cortou o efeito completo?

  343. Dra bom dia! É verdade que saliva misturada com pouquissimo semen, diminui as chances de transmitir HIV para um pessoa que recebe o sexo oral? Indicado PEP?

    1. Isso não tem relação.
      Semen na boca é risco para quem está com o sêmen na boca.
      Quanto maior a quantidade de sêmen, maior o risco caso a pessoa esteja infectada e com vírus circulante .

  344. Parabéns p/ blog! Mt info! Sai c/ GP. Sexo vag. c/ camisinha. Recebi oral s/ camisinha (lambeu meu penis – parte debaixo, mas ñ coloquei por completo na boca). Sei que ñ há risco. 1) Se ela tivesse engolido/recebido esperma no program anterior ao meu e n lavado a boca, o fato dela lamber meu pênis me põe em risco por eventual resíduo de esperma em sua boca? Há risco? 2) Ela passar a mão nos fluídos vaginais e tocar na parte debaixo do saco escrotal representa risco? Obrigado! Por favor responda

  345. Doutora, o que seria uma ferida considerada de risco em questão de tamanho e profundidade ou algum outro aspecto? E quanto ao material a mão úmida após tocar a vagina tocando uma pequena ferida é o suficiente para oferecer risco?

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo, seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

      Não existe medidas fixas e isso não é matemarico.

      Na dúvida, uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  346. Doutora boa noite,
    Tive uma relação com uma pessoa com sorologia desconhecida USEI camisinha porém quando a tirei percebi que a camisinha estava com sangue, fato este decorrido do final de sua menstruação, fiz a higiene e me certifiquei de que a camisinha não se rompeu, existe algum risco de HIV e outras DST’s?

    1. Relação de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo, seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.

      1. Tive relação anal (usei preservativo) com uma garota de programa, ela não tinha lubrificante mas tirou um produto de embalagem preta da bolsa, e passou sobre a camisinha, era de cor Branca, acho que era creme hidratante, descobri que ela tinha hiv, devo me preocupar? Será que fui contaminado?

  347. Dr. Fiz meu exame com 80 dias, pra tudo, todos não reagente, mas não consigo parar de pensar, pq não observei com o que ela furou meu dedo, estava tão nervosa, e depois assinei com o dedo com aquele furinho peguei numa caneta, que outra pessoa tbm havia pego, tbm não observei se tinha sangue… será que estou surtando??

  348. Uma abrasão causada por masturbação, em contato com a mão que tocou a vagina de uma mulher imediatamente antes pode oferecer risco?

  349. Usei preservativo. Mas acontece que toquei na parte externa da camisinha que estava em meu pênis para retirá-la e que havia ido dentro da vagina da garota de programa. Logo em seguida, após retirar a camisinha, limpei a cabeça do pênis com a mesma mão que retirei a camisinha. É risco para HIV?

    1. Relação de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo, seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.
      Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  350. Doutora gostaria de uma ajuda por favor.. Estou usando a PeP e sempre tomo as 11 da manha. Porém teve um dia que eu tomei as 21 do mesmo dia. Isso pode atrapalhar?

    1. Atraso de mais de tantas horas na tomada dos remédios não é bom, mas significa que cortou o efeito de todo o esquema. Evite novos esquecimentos com tanto tempo de atraso nas próximas doses.

  351. Dra. Sai com uma GP e masturbei ela, posso ter tocado depois no meu penis sem ter lavado a mão enquanto me masturbava, e ele está com uma feridinha na pele próximo à base do penis, e a ferida não sangrava. Há risco?

    Responder

  352. Dra. Sai com uma GP e masturbei ela, posso ter tocado depois no meu penis, e ele está com uma feridinha na pele. Há risco?

  353. Olá, Dra., saí com uma mulher de sorologia desconhecida no dia 23/04, não fizemos sexo. O que aconteceu foi que ela me masturbou por cima da roupa e eu penetrei meus dedos em sua vagina. Há risco?

  354. Bom dia! Fui a manicure. Ela ao pegar o alicate para fazer a unha furou o dedo. Ela limpou o alicate com algodão e acetona. Tirou cutícula de 4 dedos meus no quinto ela tirou um pequeno bife, pequeno. Corro algum risco? Estou desesperada com isso.

  355. Bom dia doutora!
    Recebi sexo oral sem preservativo de uma GP transexual e eu estava com sintomas de candidiase, se passou dez dias a exposição e estou com tosse seca, existe alguma possibilidade de uma infecção por HIV?
    Obrigado

  356. Doutora caso eu receba sexo oral de um parceiro com a boba mau cuidada(sangue,gengivite) e meu penis com fissura DEVO TOMAR PEP?corro certo risco?

    Obs:existe na literatura algum caso,recebe sexo oral rico de HIV

    1. Na literatura mostra saliva como material contaminante para HIV apenas em ambiente odontológico. Isso nos mostra a quantidade de sangue necessária para que possa valorizar o recebimento de sexo oral como exposição ao HIV.</