Você está aqui
Home > DSTs > Preservativo masculino: saiba como usar

Preservativo masculino: saiba como usar

Compartilhe
  • 12
    Shares

O preservativo masculino é a forma mais conhecida de Prevenção contras as ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), como: sífilis, hepatites virais,  HIV e HPV, além de outras doenças como o Zika Vírus e Ebola.

Ele também é um ótimo método contraceptivo.

Seu funcionamento se dá através de um método de barreira capaz de bloquear a entrada até dos menores micro-organismos.

É importante ter consciência que o uso do preservativo pode reduzir, mas não eliminar, o risco de transmissão de ISTs.

Sua eficácia, contudo, está diretamente relacionada com o uso adequado.

O que pode ocorrer quando o preservativo não é usado corretamente:

  • Romper/estourar
  • Derramamento do sêmen
  • Permanência do preservativo no orifício mesmo após a saída do pênis

Fatores que contribuem para ruptura ou soltura do preservativo

  • Más condições de armazenamento
  • Não observação do prazo de validade
  • Danificação da embalagem
  • Lubrificação vaginal insuficiente
  • Sexo anal sem lubrificação adequada
  • Uso de lubrificantes oleosos
  • Presença de ar e/ou ausência de espaço para recolher o esperma na extremidade do preservativo
  • Tamanho inadequado em relação ao pênis
  • Perda de ereção durante o ato sexual
  • Contração da musculatura vaginal durante a retirada do pênis
  • Retirada do pênis sem que se segure firmemente a base do preservativo
  • Uso de dois preservativos (devido à fricção que ocorre entre ambos)
  • Uso de um mesmo preservativo durante coito prolongado

Veja na tabela abaixo o que fazer e o que não fazer com o preservativo:

camisinha-1

 

Agora confira como colocar o preservativo adequadamente:

camisinha-2

camisinha-3

Dicas para a conservação do preservativo:

  • Guardar longe do calor (não guardá-lo em carteira, bolsa ou mochila por muito tempo)
  • Observar a integridade da embalagem
  • Observar o prazo de validade
  • Não abra o pacote do preservativo com os dentes, pois isso pode perfurá-lo.

Dicas para usar o preservativo:

  • Se o preservativo não tiver ponta com cavidade, estire um pouco a ponta para deixar espaço na hora da saída do sêmen
  • Se estiver com dúvida se o preservativo rompeu em algum momento durante a relação, tire-o imediatamente e coloque um novo
  • Em caso de ruptura, o preservativo deve ser substituído imediatamente
  • Após a ejaculação, retirar o pênis ainda ereto, segurando o preservativo pela base para que não haja vazamento de esperma

Outras formas de prevenção de ISTs:

  • Preservativo feminino
  • Tratamento de pessoas portadoras do vírus HIV com carga viral indetectável (Especificamente o HIV)
  • Uso de PrEP (Especificamente o HIV)
  • Diagnóstico precoce e tratamento de todos as pessoas portadoras de ISTs, mesmo que assintomáticas
  • Investigação e tratamento das ISTs de pessoas com diagnóstico confirmado
  • Controle de cura das ISTs após tratamento
  • Realizar exames específicos para as principais ISTs sempre que houver alguma confirmada ou situação de risco.

 

Fonte:

 

 


Compartilhe
  • 12
    Shares
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

27 thoughts on “Preservativo masculino: saiba como usar

  1. Olá doutora, aqui em Portugal existem algumas profissionais do sexo que na hora de colocar o preservativo no pênis fazem-lo com a boca. Existe algum perigo de danificar o preservativo?

    1. Olá. Sim, existe esse risco. No momento de desenrolar o aparato no genital, os dentes podem roçar no látex. Isso irá causar um atrito que poderá furar ou até mesmo rasga-lo. No calor do momento isso pode passar despercebido. O furo pode ser pequeno, mas com o atrito irá alargar e a mucosa vaginal entrará em contato com o genital masculino. Tanto o homem quanto a mulher podem se contaminar.
      Outro hábito não recomendado é abrir a embalagem com os dentes e sim através do local indicado na embalagem e somente no momento em que for utilizá-lo. Não somente os dentes, como unhas longas e objetos pontiagudos pode perfurar o látex do preservativo.

  2. Boa boite. Tive 4 relações sexuais homossexuais sendo eu o ativo. Sempre usei preservativo. O rapaz me revelou recentemente ser soropositivo. A última relação ocorreu há mais de 40 dias, e em teste de farmácia (action) acusou negativo. Não pratiquei sexo oral nele, apenas ele em mim. Há razão para eu ficar preocupado? O teste de farmácia realmente é eficaz? Obrigado.

    1. Bom dia. Sexo oral não apresenta um risco significativo. Mas se você quiser ter certeza, recomendo a realização do teste de 4ª geração depois de 90 dias da situação de risco. Após esse período, o teste negativando e não havendo outra situação de risco, pode encerrar o caso.

  3. Boa tarde Dra. Tive uma relação sexual com uma garota de programa (sexo vaginal apenas) COM o uso de preservativo. Essa é considerada uma situação de risco? Devo realizar exames?

  4. olá !faço sempre com camisinha mas ocorreu que o preservativo simplesmente desapareceu,á risco de ter ficado dentro?e qual os riscos?

  5. Olá Dra, a secreção vaginal que fica na camisinha na hora de retirar o preservativo pode transmitir hiv se encostar no pênis? pois vejo q isso é muito fácil de acontecer já que o preservativo está encostado no pênis, mas pouco se falam sobre essa possibilidade.

  6. transei de camisinha com uma garota de programa e na hora a mestruação dela desceu, sujando parte da minha barriga, limpei primeiro e depois retirei a camisinha. supondo q ela tenha dst, a camisinha protegeu nesse caso?

  7. Doutora, no momento da relação a camisinha parecia estar folgada, percebi que no momento de tirar a vagina a camisinha quase saiu junto com ela, isso aconteceu algumas vezes durante a relação, gostaria de saber se corro algum risco de ter pego alguma DST.

  8. Dr. Depilei o penis horas antes da relação, desde sexo oral até a penetração foi com camisinha não estareou não passou de 5 minutos de relação corro algum
    Risco?

  9. Dra eu fui fazer um programa com 1 cara e ele furou a camisinha com 3 furos e no dia ele tava tipo querendo arrebenta a camisinha pra goza dentro de mim mais n conseguiu , so fui ver que a camisinha tinha 3 furos quando ele tirou a camisinha eu peguei e aperteii no dia eu tava no 4 dia de mestruação e tava com algodão dentro da vagina eu tou paranoia tem 1 mes que nao durmo direito muinto preocupada qual o risco de ter pego hiv nessa relação ?:(

  10. Tive relação anal (usei preservativo) com uma garota de programa, ela não tinha lubrificante mas tirou um produto de embalagem preta da bolsa, e passou sobre a camisinha, era de cor Branca, acho que era creme hidratante, descobri que ela tinha hiv, devo me preocupar? Será que fui contaminado?

  11. Tive uma relação sexual com uma pessoa que desconheço a sua sorologia, utilizamos preservativo, mas antes do acto sexual tocamos um no outro durante algum tempo e o penis dele estava melado e com liquido pré ejaculatorio…o contacto foi sempre com as mãos… entretanto depois ele foi colocar o preservativo. Quando ele foi penetrar me peguei no penis com a minha mao para facilitar a entrada. Corro algum risco de ter contraído hiv?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  12. Tive relações com camisinha, vi a pessoa colocar e ao terminar retirar a mesma contendo ejaculação.
    Para minha surpresa após 48 horas eu fui ao banheiro e saiu uma camisinha…não faço a menor ideia de onde veio aquilo, pois ele iniciou e terminou a relação com a camisinha no pênis.
    Penso que ele introduziu uma camisinha pra me assustar.
    Fiquei 48 horas com ela no meu corpo, que riscos corro?
    O que fazer?

  13. Olá Dr, recentemente tive relação com uma garota, usei camisinha em toda relação, mas no final, quando tirei o pênis dela, tinha um pouco de sangue causado por uma fissura na glande do pênis, mas ficou dentro da camisinha, tirei a camisinha e.tomei um banho. Ela disse que não tem doenças. Mas pode ser uma situação de risco?

  14. Dra tive uma relação com uma garota, usei camisinha, mas na hora que tirei tinha um pouco de sangue devido a um fissura na glande do pênis isso é um risco? Visto que usei camisinha.

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top