Você está aqui
Home > DSTs > Os riscos do sexo oral

Os riscos do sexo oral

Os riscos do sexo oral
Compartilhe
  • 376
    Shares

Os Riscos do Sexo Oral

  • Sexo Oral = Ato no qual a boca é usada para estimulação do pênis, vagina ou ânus
  • Felação Ativa = Ato de estimular o pênis de alguém com a boca
  • Felação Passiva = Ato de ter o seu pênis estimulado pela boca de alguém
  • Cunilíngua Ativa = Ato de estimular a vagina de alguém com a boca
  • Cunilíngua Passiva = Ato de ter a sua vagina estimulada pela boca de alguém
  • Ani língua Ativa = Ato de estimular o ânus com a própria boca
  • Ani língua Passiva = Ato de ter o seu ânus estimulado pela boca de alguém

Como a saliva não transmite o vírus HIV, a pessoa praticante do sexo oral passiva (ou seja, tem o seu genital ou ânus estimulado pela boca de alguém) não está em risco de se infectar pelo vírus HIV.

Os riscos do sexo oral

O risco de transmissão do HIV para uma pessoa que pratica o sexo oral é extremamente baixo, mas ainda assim existe.

Este risco parece ser maior durante a felação ativa (quando a boca estimula o pênis)

O que Aumenta os Riscos do Sexo Oral

Quais os Riscos do Sexo Oral – O Que Aumenta:

  • Presença de feridas na boca que pratica ou nos genitais que recebem o estímulo
  • Receber a ejaculação na boca (independente de engolir ou não)
  • Sangramento nas gengivas
  • Inflamação nas gengivas
  • Contato oral com sangue menstrual
  • Presença de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis – ISTs, principalmente se estiverem causando lesões ou inflamações no genital ou ânus onde estará sendo realizado o ato sexual

Quais são os Riscos do Sexo Oral:

Felação Ativa

Os riscos do sexo oral

As Infecções mais Fáceis de serem transmitidas por essa via são: sífilis (mesmo sem lesões ativas no pênis), as diversas causas de uretrites sintomáticas ou outras infecções sexuais com lesões penianas ativas.

Felação Passiva

(Ato de ter o seu pênis estimulado pela boca de alguém)

Cunilíngua Ativo

Os riscos do sexo oral

As Infecções mais fáceis de serem transmitidas por essa via são: sífilis (mesmo sem lesões ativas na vulva ou vagina), as diversas causas de uretrites sintomáticas ou outras infecções sexuais com lesões vulvovaginais ativas.

Cunilíngua passivo

(Ato de ter a sua vagina estimulada pela boca de alguém)

Anilíngua Ativo

Os riscos do sexo oral

 

Infecções Especialmente Dessa via Sexual:

  • Hepatite A
  • Parasitoses intestinais (como a Giardíase, enterobius vermiculares)
  • Infecções intestinais bacterianas (como a E. coli)

Anilíngua Passivo

(Ato de ter o seu ânus estimulado pela boca de alguém)

 

Como Prevenir os Riscos do Sexo Oral?

  • Usar preservativo, mesmo no sexo oral é o ideal.
  • No caso do Anilíngua pode-se cortar a camisinha ao meio e colocar no ânus para realizar a prática
  • Caso não esteja usando preservativo, não receber a ejaculação na boca pode diminuir os riscos um pouco mais.

Está preocupado? com dúvidas? marque uma consulta.

Referência:

 


Compartilhe
  • 376
    Shares
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

342 thoughts on “Os riscos do sexo oral

  1. Recebi sexo oral, e na hora houve uma esfolação do pênis na pele, logo abaixo da glande. O contato da saliva com essa lesão pode transmitir hiv pra quem recebeu?

      1. Boa tarde. É possível transmissão por exemplo numa orgia em q uma mulher faz sexo oral a varios homens por exemplo ter pre semen na boca e ir contaminar outro homem atraves do sexo oral? Li que a saliva destroi o vírus mas fica a minha duvida. Grato pela atenção

        1. A saliva não destrói o vírus do HIV.
          o importante é o seguinte: se houve dúvida da possibilidade de algum material potencialmente contaminante ( sangue, secreção genital) ter entrado em contato com o organismo (ferida aberta ou mucosas – genital, olho, boca, ânus), um médico infectologista de sua confiança deve ser procurado e TODOS OS EXAMES NECESSÁRIOS deve ser realizados com encerramento do caso APENAS após o término da janela imunológica para cada exame.

          1. Obrigado pela resposta mas fica a minha duvida se na situação q descrevi se pode transmitir o virus. É apenas uma duvida pois nao sei se houve contacto com algum fluido. Neste caso seria apenas a mulher ter hipoteticamente algum pré semen residual e depois se essa mulher fizer oral noutro homem se ha hipótese de transmissao. Obrigado

      2. Dr por favor eu recebi oral eu não sei mais suponho que a pessoa esteja com HIV sem se tratar e ela colocou meu pênis na boca e fé no massimo 5 movimento e o meu pênis tava todo cheio de pintinhas por conta da lesão de cândida eu tou sem dormir a muitos dias o meu pisicopata o pode me trazer os sintomas me esclareça por favor estou em pânico

      3. Doutora, tive uma relação sexual alingua ativa, não pude perceber se havia lesão aparente no ânus do meu parceiro, todavia a relação ocorreu ontem e hoje ao urinar senti uma leve ardência, será que pode ser gonorréia, em quantas horas a infecção pode agir no organismo ?

        1. sua resposta está nesse link: https://www.drakeillafreitas.com.br/infeccoes-sexualmente-transmissiveis-saiba-mais/
          Sugiro que procure um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e pedir os exames necessários, se confirmada a infecção, não significa que foi dessa exposição. O tempo do inicio de sintomas da gonorreia pode ser muito variável e na verdade, você pode estar infectado há mais tempo. Além disso, existem outras causas para infecção urinárias em homens… exames específicos devem ser coletados antes dos antibióticos para tentarmos realizar uma confirmação diagnóstica.

  2. Olá Dr venho acompanhando seu trabalho fantástico tirando nossas eventuais dúvidas,

    1 referente ao receber sexo oral com garganta profundo aumenta o risco de contágio ou não

    2 se eu apenas encostar a lingua no clitores da mulher por segundos tem chances de contrair a doença .

    Sexo com penetração vaginal realizei com camisinha depois da prática oral sem camisinha
    Agradeço

    1. Boa tarde e obrigada por suas palavras.
      1 – Tem sim risco de transmissão do HIV para quem realizou mas não para quem recebeu.
      2 – O risco é o mesmo para sexo oral receptivo, conforme descrito na tabela. Não pesquisa com relação ao tempo de exposição e sim a situação em si.

  3. Doutara adimiro muito seu trabalho.Vc ajuda muito…
    Minha dúvida é RECEBI sexo oral ou seja,o garoto HIV+ fez oral em mim,ele tinha algumas lesoes na boca,corro risco(hiv).MUITO OBRIGADO

    1. Boa tarde. O risco de transmissão de HIV para a situação descrita é muito baixa, pois a saliva não transmite o HIV, mesmo que com uma pequena quantidade de sangue. de qualquer forma, sugiro que procure um médico Infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis para o seu caso, pois se essas lesões forem herpes ou sífilis, isso sim pode ser uma situação de risco.

  4. olá Dra. fiz sexo oral em um rapaz e ele ejaculou em minha boca, passados 30 dias tive tosse seca, dor d garanta, dor d cabeça, diarreia… 75 dias após o sexo oral pedi ao rapaz fazer um teste rapido no cta, ele fez de hiv, hepatite b e c e sifilis, deu tudo negativo, ele mandou ate a foto do exame p mim. Enfim depois disso tive suores noturnos e tomei antibiotico o q fez passar minha tosse com 88 dias apos o sexo oral fiz um teste de hiv d 4 geração deu negativo, para o hiv posso encerrar?

    1. Boa tarde. Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  5. Dra.keilla sane minha duvida prf.Recentemente recebi sexo oral, mas antes de mim o garoto havia ja feito oral em outro(com ejaculacao) o intervalo foi de 20min entre mim e o outro cara. Tomo a pep?

    1. Se formos pensar apenas no contexto da orofaringe ter contato com um esperma e 20 minutos ter contato contigo, as chances de transmissão são irrisórias, pois esse material já foi cuspido ou absorvido, logo, você já não poderia ter tido contato com o esperma de outra pessoa a traves da boca de um terceiro.
      Mas para decidir a indicação do uso da PEP vale mais pensar em todo o contexto do risco junto a um médico infectologista de sua confiança e na dúvida, realizar a PEP.

  6. Bom dia Dra. Keilla, parabéns pelo trabalho!

    Gostaria de saber se um homem recebendo sexo oral de uma mulher infectada por clamidia possui grandes riscos de contrair a doença.

    Muito obrigado!!!

    Luiz

    1. Boa tarde e obrigada por suas palavras. A clamídia é transmitida principalmente durante a relação sexual anal ou vaginal. É menos provável pegar clamídia através da relação sexual oral, seja ativo ou passivo. Nesse caso, o risco seria maior para quem estivesse entrando em contato com o sêmen ou fluido vaginal.

      1. Obrigado pelo retorno Dra. Keilla.

        Ainda sobre a Clamidia, os exames Clamydia Trachomatis IGG – Imunofluorescencia e Clamydia Trachomatis IGM – Imunofluorescencia são confiáveis?

        Mais uma vez agradeço.

        Luiz

  7. Boa tarde, Doutora. Tudo bem ? Bom, eu não faço sexo sem preservativo, exceto na felação passiva, porém, tem umas duas semanas que surgiu dois caroços pequenos no meu pênis (E não vi nada na internet igual ao que eu tenho) devo me preocupar ?

    Abs, obrigado pelo retorno na última pergunta que fiz.

  8. Dra td bem? Tenho duvida ao receber sexo oral de um garoto POSITIVO , caso a boca dele tenha sangue e fez oral em mim por 5min,devo recorrer ao pEP.

      1. Isso é realmente seguro nesse sentido pós outro médicos falam que tem riscos ai eu fico confuso pois uns dizem que sim e outros dizem que não

  9. Bom dia dra.Minha duvida,conheci um garoto positivo que disse que nao se trata, ele recem tinha feito a barba. Tinha sangue na barba dele e acabou encostando no meu rosto e no labio

    1. se houve contato direto com uma boa quantidade de liquido pre ejaculatório ou esperma sendo imediatamente esfregado na mucosa de seu pênis, isso é sim considerado um risco. se suas mão estava absolutamente, daí a possibilidade já passa a ser bem remota.

      1. Boa tarde
        I- Fiz sexo oral numa mulher. Não vi corrimentos nem ferimentos na vagina, e não possuía nenhum na minha boca.
        Há risco de transmissão de HIV nesse caso? É um risco significativo ou muito baixo?
        II- 48 horas depois apareceu uma pequena ferida no lado interno do meu lábio. Há alguma DST que se manifestaria tão rápido?
        III-Recebi sexo oral da mesma pessoa, não possuo feridas no pênis também não vi nenhuma na boca da parceira. Há risco de HIV? E as outras DST?

        1. I- o risco é baixo, mas existe
          II- é muito difícil para qualquer Infecção Sexual se manifestar tão rápido, mas quando ocorre uma exposição, independente de apresentar sintomas ou não, o médico infectologista deve ser procurado para que os exames cabíveis possam ser solicitados.
          III- a resposta para esta pergunta está no corpo do texto.

  10. Dra, eu tenho alergia a alguns tecidos de cueca e as vezes fico com poucas bolinhas vermelhas na glande, não sangram e nem doem. Caso eu receba sexo oral, posso contrair hiv por isso? Muito obrigado!

  11. Ola doutora keilla,amo ler seus artigos aqui site.Estou com uma duvida.Hj sai com um garoto Hiv e ele fez oral em mim,na canto da boca dele tinha um machucado com pus(boqueira/herpes) Corro risco de pegar HIV ou sifilis,herpes?

  12. Doutora Keilla,

    a senhora conhece algum caso de pessoa que tenha sido contaminada unicamente por ter recebido apenas sexo oral?

    Obrigado!

    1. De forma geral é é difícil identificar qual foi a relação na qual a pessoa pegou a infecção sexual com certeza, que dirá a via pela qual ela se infectou. O que melhor temos para nos guiar como risco ou não são os estudos científicos.

  13. Dra keilla admiro muito seu trabalho,tenho uma duvida ontem recebi sexo oral, e o cara estava com boqueira,herpes(nao sei definir)no canto da boca,corro risco PARA O HIV, e pra outras doencas?

  14. Dra Keilla, muito obrigado pela resposta. Por que alguns lugares dizem que é risco de exposição receber sexo oral? Depois de 30 dias um resultado negativo já pode encerrar o caso? Para uma pessoa que recebeu sexo oral.

  15. Dra desculpa minha ignorância,sempre leio seus artigos.Hoje me relacionei com um garoto Hiv+ ele disse que nao se trata,pois bem tivemos masturbacao a dois. Eu estou com corte no meu dedo com sabgue peguei na base do penis dele por 4min e o masturbei.EXISTE UM RICO GRANDE?

  16. Fiz sexo oral em uma mulher que não sei a sorologia. Após 22 dias fiz teste rápido bio-clin em postinho (NÃO REAGENTE). Devo fazer outro após 30 dias? Esses testes são de 3ª ou 4ª geração?

    1. Boa tarde. Os testes rápidos normalmente são de 3ª geração, com janela imunológica de 180 dias.
      Para descartar completamente a possibilidade de Infecção do HIV deve ser realizado um exame de 4ª geração em local confiável após 90 dias da última exposição ao risco.

  17. Boa tarde doutora, me relacionei com um cara na fase aguda do hiv, sem tratamento ele me realtou isso .A situcao: ele masturbou seu anus e com a mao tocou no meu penis logo eu tirei.Corro algum tipo de risco?

  18. Doutora tenho muito duvida em oral,li seu artigo,mas se eu revceber oral de alguem(hiv) com um pircing com sangue na boca. Ai tem
    Risco?

  19. Boa noite doutora keilla,Minha pergunta é: meu penis ecostou em algumas ESPINHAS COM pouco sangue de um garoto sorologia desconhecida. devo me preocupar?

  20. Mas. Se for pouco sangue,bem pouco em uma espinha tem muito risco? Desculpa fazer esse tipo de pergunta doutora estou bem aflito

  21. Boa tarde! Estou me tratando de Cândida, e no dia recebi sexo oral . Percebi que tinha corte minúsculo na pele do meu penis que obtive ao limpar aquelas massinhas da Cândida. Esse sexo oral que recebi é uma situação de risco pra mim?

  22. so ressaltando , quando fiz o oral em meu namorado soropositivo , não houve ejaculação, e foi na hora do banho ou seja teve contato com água tambem devo me preocupar e posso usar a Prep?

  23. so ressaltando , quando fiz o oral em meu namorado soropositivo , não houve ejaculação, e foi na hora do banho ou seja teve contato com água tambem devo me preocupar e posso usar a Prep? ME AJUDAAA

  24. Boa Tarde. Recebi sexo oral de uma pessoa com sorologia para HIV desconhecida, além tivemos apenas beijos. Hoje recebi diagnóstico de Gonorreia. A infecção também ocorre na felacão passiva no sexo oral ou também pode ser transmitida pela boca (a pessoa possuía um piercing na boca, porém fui informado que já houve a cicatrização visto antigo) Devido a já ter ocorrido infecção pela gonorreia existe risco também do HIV? Ou pelo fato de ser uma bactéria a transmissão da gonorreia é mais fácil?

  25. Boa Noite Dra.
    Recebi sexo oral de um transexual, com alta possibilidade dele ser HIV +, não percebi sua saúde bocal caso haja alguma infecção na boca dele, há alguma possibilidade dele transmitir o Hiv para mim?

  26. Doutora ontem fiz sexo oral em um cara que conheci na balada e ele gozou na minha boca porém não engoli. Devo optar por utilizar a PEP ou não?

    1. Bom dia. Isso varia de pessoa pra pessoa e do tipo de infecção. Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  27. Vi que a saliva não destrói vírus. Então é possível me contaminar com alguma doença recebendo sexo oral de alguém que na mesma ocasião também fez oral em outra pessoa? O risco são os mesmo da tabela? Devo me preocupar?

  28. Dr keilla, se eu receber sexo oral no pênis, qual a chance de eu contrair as dst (sífilis, herpes, gonorréia, entre outras)?

      1. Boa tarde! Gostaria de saber se o líquido pré-ejaculatório apresenta grande risco via sexo oral mesmo não a vendo ferimentos na boca, e também se o sexo oral fazendo (garganta profunda) pode aumenta ainda mais o risco para contrair hiv e outras IST.

        1. Os riscos do sexo oral estão discriminados no próprio texto.
          Fatores como inflamação local ou feridas na boca da pessoa exposta ou intensidade da infecção da pessoa fonte podem aumentar o risco da transmissão.

  29. Muito bom seu artigo Doutora keilla,minha dúvida e meu caso é: RECEBI SEXO ORAL DE UM GAROTO QUE DESCOBRIU HIV E NAO SE TRATA AINDA.Caso meu penis estiver com algum machucado e a boca dele tambem,devo tomar a Pep?

      1. Dra. Keilla, bom dia!
        Primeiro, agradeço por antecipado a atenção e a resposta… parabéns pelo trabalho de esclarecimento prestado a todos os que temos dúvidas sobre o tema.

        Tenho a sgt. situação.
        Beijei os peitos de uma garota de programa… depois ela apenas mordeu e apertou de leve apenas por cima da cueca… coisa de 2 minutos… não houve de contato íntimo nem sexo oral nem transa… estou muito preocupado… há algum risco? devo fazer o PEP?

  30. Dr. Gostaria muito de saber, faço sexo oral com meu esposo, é todas as vezes dias seguintes a Vagina fica inchada e corsando muito, as vezes passa sozinho, é as vezez preciso tomar flucozanol 150mg. Tem algum exame específico??

  31. Entao doutora meu penis estava com fissuras e a boca dele tinha um pouco de sangue , devo tomar a PEP?

  32. Ola dra td bem? No caso de receber sexo oral de alguem com sangue na gengiva(gengivite),isso foi recente recorro a PEP? Eles iram medicar? Sendo que recebi sexo oral?

  33. Doutoura Bom Dia!
    Recebi um sexo oral de um travesti q é uma prostituta! Ela me fez um oral bem rápido de no máximo 1 minuto e me masturbou! Estou em risco ?
    Me explique as prováveis chances de eu ter me infectado!
    Obs: ele vive no meu bairro á 2 anos e sempre se mostrou saudável mora com os pais viaja e etc…
    Nem sei se ele é soropositivo!

  34. Olà, Doutora. Estava com candidíase (o penis estava um pouco inflamado e cortado) e recebi sexo oral de uma prostituta sem preservativo, 22 dias após realizei um exame de 4a geração com resultado não reagente… Devo me preocupar?

  35. Dra. Keilla Freitas, gostaria de parabenizá-la pelo trabalho incrível que faz aqui. Sua página presta um serviço público de informação e deveria ser tomada como referência pelo SUS.

    Trago apenas uma duvida. Posso então receber sexo oral de mulheres sem camisinha sem preocupação? Sei que em todos os demais atos deve ser utilizada a camisinha.

  36. Olá Dra,
    Fiz sexo oral em um homem e engoli o esperma. Devo tomar PEP?
    Agradeço antecipadamente a atençao.

      1. Boa noite!
        Fiz sexo oral em uma pessoa, não houve contato dela na minha região íntima. É possível surgir algum ist na minha região genital?

        1. Os ricos do sexo oral estão enumerados ao longo do próprio texto.
          Se estiver com alguma dúvida, o ideal é procurar um médico infectologista de sua confiança e realizar todos os exames necessários, independente do aparecimento de sintomas ou não.

  37. Dra Keilla estou muito aflito conheci ,um garoto sorologia desconhecida em um aplicativo de sexo, ele me masturbou POREM AS UNHAS DELE TINHA UM POUCO DE sangue(pois ele tira a pele de ansiedade,machucados pequenos. CORRO RISCO?

  38. Boa tarde Dra, Desde já apresento me sou de Portugal sou o Júlio é confesso que estou bastante confuso daí recorrer à Dra formada na especialidade e agradecendo desde já o seu tempo perdido em prole do cidadão online respondendo.
    A situação é a seguinte. Recerber sexo oral de uma pessoa HIV+ , e existindo algum tipo de corte ou outra patologia no pênis que seja uma vida de entrada para o organismo existe possibilidade de contrair o HIV?

  39. Boa noite doutora, gostaria de tirar uma duvida, fiz sexo oral em um rapaz cerca de 15 dias atras, ele não gozou na minha boca, mas tenho um pouco de sangramento na gengiva, é possível ter contraido o virus dessa forma ? e se tivesse gozado, teria essa probabilidade ?

  40. Bom dia doutora keilla, tudo bem? Sai com um GP com hiv,ele praticou oral em mim,notei logo apos que tinha sangue na boca dele de um ferimento pequeno.Notei sangue com saliva no meu penis.DEVO RECORRER A PEP?

    1. A gravidade desse risco está totalmente atrelada à quantidade de sangue com o qual o seu genital teve contato, geralmente, numa situação comum esta quantidade é minima e consequentemente o risco é minimo.
      Na duvida procure um médico infectologista de sua confiança para te avaliar, fazer os exames necessários e decidir juntos a melhor opção para o seu caso.

  41. Fiz sexo oral sem ejaculação sorologia desconhecida. sem ferida na boca. Duas semanas antes tive leve irritação na gengiva.. apos 10 dias a língua ficou com um pouco de Cândida, tive diarreia, após isso tive irritação na garganta. Com 26 dias tive fraqueza, deste então tenho suores noturnos, não como e n durmo direito., emagreci muito. sera psicológico?
    Fiz teste 4 geração c 21 dias negativo
    Teste rápido c 35 dias negativo
    Teste PCR RNA qualitativo c 37 dias não reagentE

    1. Uma vez que houve exposição ao risco de se infectar você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.
      Quanto aos sintomas, também devem ser vistos pessoalmente por um médico para avaliar e tomar uma conduta pertinente para o seu caso.

      1. Dra fui em 3 médicos mas clínicos, pois estou fora do Brasil. E todos falaram q td está na minha mente.
        Eu outro teste rápido c 50 dias e deu negativo. Não aguento mais ouvir q to louca, meus sintomas foram mt fortes e estou passando mal tem 40 dias já.
        Agora sinto a faringite, continuo sem fome e to desesperada. Não sei o que fazer. O q vc me orienta?

  42. Nas respostas que vc diz receber sexo oral não é risco
    De HIV a pessoa que recebeu aboca de um suspeito de HIV pode ficar despreocupado pós eu recebi sexo oral de uma garota de programa de no máximo 6 segundos e estou com muito medo pois meu pênis tinha pintinhas vermelhas por causa da cândida

  43. Dra. Keilla,
    Recebi sexo oral de uma GP (não houve nenhum outro contato), e o infectologista do posto de saúde do centro de prevenção do município me receitou a PEP. Tomei por 28 dias e mandou-me fazer exame após 12 semanas (3 meses)
    Vejo aqui no seu blog que sexo oral não é caso de risco para HIV.
    Fiz exame PCR quantitativo e HIV (4ª G) aos 57 d (oito semanas) e repeti o HIV (4ª G) aos 73 d (10 semanas).
    Como sexo oral não é risco, posso ficar sossegado com esses exames negativos?

  44. Dra Boa noite! Parabéns pelo site!
    Duas situações:
    1 – Receber sexo oral de uma mulher, sem camisinha, é exposição de risco para o HIV?
    2- Enfiar os dedos na vagina da mulher, é exposição de risco para o HIV? Dedo sem feridas.

  45. Doutora desculpa, a minha ignorância no assunto mas estou com uma dúvida, fiquei com um homem hiv+(a pouco tempo) ,ficamos nos abracando e “sarrando” um no outro porem ambos de roupas, percebi que ele estava com a calça melada tem algum risco?

    1. Exposição de risco é aquela onde ocorre contato de material contaminado com o organismo com o organismo viável (ou seja, infectante), seja por ferida aberta, penetração de material contaminado pela pele ou contato direto com mucosa.
      Na dúvida, procure um infectologista e faça os exames pertinentes

  46. Olá doutora !
    Fiz sexo oral em uma menina que sai sem camisinha , depois transei com camisinha na hora de tirar a camisinha ela escorregou da minha mão e caiu resbalando no pênis , não sei se caiu na mucosa.
    Fiquei meio preocupado depois , perguntei como estavam os exames dela , ela disse que fez em março e não deu nada .
    Sexo oral dessa forma é fácil de transmitir se ela tiver HIV ?

  47. Olá doutora
    Tive duas situações
    Fiz sexo oral sem camisinha em uma menina que sai , perguntei pra ela depois como estava seus exames , e ela disse que não tem nada , fez exames em março .
    Mas eu estou com resseio , não sei se ela está mentindo .
    É fácil pegar hiv no sexo oral , no meu caso se ela tivesse HIV ?
    Obrigado

  48. Doutora admiro muito seu trabalho,minha duvida é: Sai com um homem hiv+, ficamos nos beijando e sarrando de roupa rolou amacos porem notei que estamos melados(shorts) ficmaos nos tocando porem de roupa. Corro algum risco?
    Desculpa a ignorância

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfure a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  49. Oi recebi sexo oral com camisinha se ela estiver furada corro risco de pegar hiv e se alguem usar a saliva como lubrificador por mais que seja uma vez e na mesma conter sangue nao visivel posso pegar hiv

  50. Outra duvida os sintomas do hiv no inicio caso se apresente ele se apresenta tipo vamos supor dor de cabeça apenas ou vem acompanhado de mais sintomas por ex dor de cabeça diareia e febre ?
    Ou pode ter apenas 1 sintoma

  51. Os sintomas do hiv sao apenas tipo dor de cabeça ou febre oque eu quero dizer que se eu tiver apenas dor de cabeça significa algo em relaçao ao virus ou vem acompanhado de algo tipo dor de cabeça febre e diarreia

  52. Doutora, boa tarde,

    Tomei a PEP regularmente. Exame de HIV de 4ª geração negativo aos 80 dias encerra o caso ou tem que ser mesmo aos 90 dias? Uma semana pode fazer diferença?

    Aos 60 dias eu fiz exame de HCV, Hepatite B (fui vacinada), HTLV e VDRL, todos negativos. Desses eu preciso repetir algum?

    Muito obrigada!

  53. Boa Tarde Doutora, um parceiro me masturbou com sua mão, no meio da masturbação ele cuspiu saliva no meu penis para lubrificar, ele é de sorologia desconhecida para mim, corro algum risco de contaminação por hiv? Mesmo que tivesse algum sangue na saliva?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

      1. Mas a senhora diz que a saliva só é contaminante em ambientes odontológicos, por isso perguntei, pois a quantidade de saliva envolvida foi pouca e aparentemente sem sangue.

      2. Na verdade a saliva não tinha aspecto de conter sangue, foi apenas uma pequena quantidade colocada no penis e sem aspectos de conter sangue, a saliva em condições normais não apresenta riscos?

  54. Ola doutora Keilla tudo bem?
    Tenho uma dúvida, sai com um garoto nos somente nos masturbamos e encostamos o penis um no outro . ELE FEZ O EXAME E DEU POSITIVO, com essa situacao devo tomar a PEP

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, independente de ter sintomas ou não.

  55. Olá doutora!!! Recebi sexo oral de uma mulher, pelo que entendi não corro risco de `´pegar´´ HIV, mas e o HPV e outras doenças têm algum risco? Não vi nenhum ferimento ou fissura ao redor da boca dela.

  56. Bom dia, Dra. Keilla Freitas.
    Uma moça praticou sexo oral em mim (no meu pênis), após o ato quando cheguei em casa e fui tomar banho percebi que havia lesões no meu pênis devido a herpes genital, não sei a sorologia da moça, ela aparentava não possuir lesões com sangue na boca. Mas a saliva, cárie ou afta pode transmitir hiv no caso relatado? Lesão da herpes acredito ser uma ferida aberta.
    Após 15 dias o ato do sexo oral iniciei um quadro de tosse e com nariz entupido e aftas. Pele irritada

  57. Doutora, fiz sexo oral em um um homem e ele ejaculou na minha boca. Contudo, ele é positivo e está indetectável há 5 anos. Qual foi o nível de risco que eu corri?
    Em uma outra situação, se não tivesse ocorrido ejaculação…. qual seria obrigado também?

  58. Dra leiloa Boa noite. Em primeiro; parabens pelo excelente trabalho. Em segundo: gostaria de saber da Dra no caso do anilinguis não protegido até que ponto devo preocuparme? Pratiquei oral em minha namorada por breve momento. Esclareça por gentileza essa dúvida caso possa. Grato

    1. No texto está explicando exatamente quais infecções pode ser transmitidas através dessa prática. a porcentagem de risco para cada exposição vai depender de diversos outros fatores como quantidade de material potencialmente contaminado ao qual a pessoa foi exposta.

  59. Boa tarde doutora.
    Recebi sexo oral de uma garota com camisinha, após isso pratiquei o sexo vaginal com a mesma camisinha, no final ela retirou a camisinha e praticou sexo oral e masturbacao sem camisinha. Corro algum risco nessa situação?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  60. Oi doutora, vi vários comentarios a senhora afirmando que o sexo oral n causa risco para o dono do pênis mesmo se tiver uma pequena quantidade de sangue, e eu acredito. Porém em outros sites a gente encontra tabelas colocando o sexo oral insertivo e recepitivo com o mesmo risco, pq sera?

  61. Desconheço qualquer referência que afirma esta hipótese. Nos meus textos estão sempre as referências (sempre artigos científicos de revistas renomadas) nas quais me baseio para colocar as afirmações emitidas no texto, especialmente com relação a taxas de risco.

  62. Doutora, a senhora disse que receber sexo oral (garota colocou a boca no meu pênis) corre risco de sífilis e herpes, mas com lesão ativa somente. Mas e gonorréia? Alguns sites dizem ter um risco baixo.

  63. Doutora, tenho outra questão: muitos infectologistas brasileiros e estrangeiros dizem que uma possível troca de fluidos na masturbação mútua (genital-mão-genital) não transmite HIV e pouco risco de outras IST´s, porque o ar inativa o vírus. Alguns dizem que pode ter um risco mínimo. Qual é sua opinião? Para que isso ocorra, precisa haver uma condição extrema (muito fluido e ferida aberta no órgão genital, por exemplo)?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

  64. Dra, boa tarde! Parabéns pelo trabalho!
    Segue minha dúvida,
    Tive contato de risco com uma garota de programa, onde o preservativo infelizmente rompeu, fiz o exame em um laboratório particular, ant hiv 1 e hiv2 ( com 30 dias após o risco) não reagente, hoje após 76 dias efetuei o mesmo exame, também deu não reagente, tenho aftas na boca e também tive diarreia por uns 5 dias, o psicológico está bem abalado, sou usuário de cocaina, pode isso influenciar em um falso negativo! Obrigado

    1. Com relação ao HIV, Teste diagnósticos específicos realizados em locais de confiança (ou seja, aqueles locais nos quais você confia no resultado do teste) após o período máximo da janela imunológica (tempo entre contato com o vírus e o aparecimento de resultado positivo ou reagente pelo exame) descartam o diagnóstico de HIV. No caso do teste de 4 º geração, um resultado negativo a partir dos 90 dias após a última exposição de risco, já exclui o caso. No caso de teste de 3 geração, o tempo máximo é de 180 dias.

      Se persistir alguma dúvida, consulta um médico infectologista de sua confiança. Ele é o especialista mais indicado para te avaliar e interpretar os seus exames.

      O uso de cocaina não dá falso negativo do exame de HIV

  65. Dra, bom dia a aproximadamente 30 dias, fiz sexo oral sem camisinha em um senhor de 56, depois ele transou comigo com preservativo, tudo não passou de 20 minutos. ele jura que não tem nada, mas tem risco de eu ter pego HIV?

  66. Dra. tudo bem? peço encarecidamente pra vc responder minha pergunta, estou muito preocupado, sem dormir direito, tive uma relação com um senhor de 55 anos, fiz sexo oral nele sem preservativo, ele não chegou a ejacular, e depois fizemos anal com preservativo, tenho risco de ter pego algo? tenho uma parceira regular, foi a única vez com outro parceiro.

  67. É verdade que a saliva não contém HIV ? Pq em outros sites falam que a saliva contém o vírus mas não é o suficiente para uma infecção pois a quantidade de vírus é baixa e que enzimas na boca destrói Pois então agora fiquei em dúvida se a saliva contem o vírus ou não.
    .

  68. Olá tudo bem, me masturbei com outra pessoa e a mal dela tinha babá do pênis dela que acabou passando na cabeça do meu pênis! Tem algum risco de contaminação?
    Fico no aguardo da resposta, obrigado

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  69. Dr: boa tarde, eu fiquei com um pessoa soro positiva, beijei, depois cheguei a colocar a boca duas vezes no pênis dele, depois não quis mais, e eu não deixei ele enjacular na minha boca, corro algum risco?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  70. Dra, boa noite. Meus parabéns por seu trabalho.
    Há 31 dias, uma prostituta fez sexo oral em mim sem preservativo, como ela forçou bastante meu pênis durante a masturbação fiquei com medo (mesmo após verificando ele estar aparentemente íntegro). Por conta da preocupação, iniciei a Pep com 25horas após a relação. Não satisfeito, após 28 dias levei a garota pra fazer o teste, e deu negativo. Terminei a Pep tem dois dias.

  71. Pergunto:
    -Posso confiar no teste que ela fez?
    -O fato de meu pênis poder ter tido uma fissura transmitiria o vírus?
    -Após o termino da pep, preciso esperar alguns dias pra não dar falso positivo?
    – Posso confia no resultado do meu teste que farei aos 34 dias (quarta feira)?
    Muito obrigado

  72. Fazer sexo oral em outros caras e deixarem gozar na minha boca e as vezes engolir o esperma, tem riscos de contaminação?

  73. Olá; boa noite doutora
    Fiz sexo oral em um garoto, foi muito rápido e pelo que eu vi não chegou a sair fluido do pênis dele, só tinha algumas bolinhas e parecidas com a glândula de Tyson, corro algum risco de alguma doença ?

  74. Ola doutora vc é um anjo
    Minha dúvida é sai com um gartoto hiv sem tratamento,descobriu recentemente.Nos nos beijamos e ficamos nos abracando de roupa porem notei na calca dele tava melado. Corro risco? Ficar se pegando de roupa?

    1. Olá, a saliva não é material contaminado. Por isso o contato com a boca não transmite o vírus HIV a menos que esteja com sangue.
      Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      1. Neste caso, quando voce diz “contato com sangue” seria com feridas tipo herpes ou teria que ter sangramento propriamente dito? No caso de haver herpes, qual a probabilidade do risco?

        1. contato de mucosas oral com sangue ativo (sangue vivo com o agente infeccioso vivo lá dentro) é exposição de risco para qualquer doença que possa ser transmitida por sangue e este risco é maior quanto maior for a quantidade de sangue. se a quantidade de sangue for muito pequena, o risco é muito baixo.
          no caso do herpes, o maior risco é quando há contato direto com infecção ativa, e no caso do contato com sangue em pessoa que não tem lesão ativa, vai depender se a pessoa possui virus de herpes circulando no sangue naquele momento e esse risco não dá para inferir.

    1. os riscos do sexo oral estão enumerados no corpo do texto, Se persistir alguma dúvida, o ideal é procurar um médico infectologista de sua confiança e realizar todos os exames necessários, independente do aparecimento de sintomas ou não.

    1. os riscos estão enumerados no texto, Se persistir alguma dúvida, o ideal é procurar um médico infectologista de sua confiança e realizar todos os exames necessários, independente do aparecimento de sintomas ou não.

  75. Dra keilla admiro muito seu trabalho
    Minha dúvida é: Fiquei com um garoto portador do virus Hiv eu masturbei o anus dele e meu dedo esta com CUTICULAS,machucados minimos, devo tomar a pep?

  76. Ola Dra .
    Recebi oral de um cara ( não houve ejaculação). Posso considerar isso exposição ao virus hiv ?

  77. Boa noite Dra.
    Tenho duas duvidas.
    Referente a gengivite: a pessoa que pratica o sexo oral e tem gengivite, ela pode tambem transmitir Hiv? Ainda referente a gengivite: a pessoa que pratica sexo oral e tem gengivite tem o risco maior de contrai hiv?

    Obrigado.

  78. Fiz sexo oral em um cara que se diz soropositivo indetectável, dirou cerca de 3 minutos mas n houve ejaculação, porém possível contato com líquido pre-ejalatorio. O maior problema é que tenho gengivite. Quais as chances de eu ter me infectado?

  79. Dra… Em Uma relação sexual oral (penis) com uma pessoa que tenha feridas na boca, sem sangramento, é possível contrair HIV?

      1. mesmo sendo ferida de herpes, por exemplo? Para que haja contaminação nesse caso teria de haver sangramentos?

  80. Boa tarde Dra… Parabens pelo canal de informações!
    Caso a boca do ativo esteja com cortes, herpes, etc, mas sem sangramento visivel, existe risco de transmissão do HIV?

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

  81. Boa noite Dra., Fiz sexo oral em um homem e estou com uma afta na boca, ele não ejaculou na minha boca, mas meu medo é o líquido pré gozo, o que faço?

  82. Boa noite Doutora, fiz sexo oral em outro cara e estou com uma afta na boca, mas ele não ejaculou na minha boca, corro algum risco?

  83. Doutora, um cara fez oral no meu ânus e durante o ato, seus lábios começaram a sangrar devido a algumas lesões. Corro algum tipo de risco de contrair o HIV? No texto,a saliva é inimiga do vírus, mas como o sangramento foi nos lábios(parte externa) dessa pessoa, não sei se aplica. É possível que o sangue penetre na minha corrente sanguínea pelo ânus? Qual a probabilidade? Desde já agradeço

    1. Boa noite. Contato com a pele íntegra não é exposição ao risco. Seris exposição caso o sangue tivesse entrado em contato com uma ferida.
      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  84. Dra. Keilla, bom dia!
    Primeiro, agradeço por antecipado a atenção e a resposta… parabéns pelo trabalho de esclarecimento prestado a todos os que temos dúvidas sobre o tema.

    Tenho a sgt. situação.
    Beijei os peitos de uma garota de programa… depois ela apenas mordeu e apertou de leve apenas por cima da cueca… coisa de 2 minutos… não houve de contato íntimo nem sexo oral nem transa… estou muito preocupado… há algum risco? devo fazer o PrEP?

  85. Boa noite Dra, recebi sexo oral com um GP onde havia uma ferida no canto da boca usei preservativo, corro algum risco, tomei todos os cuidados quanto a utilização do preservativo. Estou com uma paranóia mesmo tendo utilizado a barreira

  86. boa noite doutora, 2 perguntas rapidas:
    1- receber sexo oral sem camisinha é situação de risco, se tiver em tratamento de candidiase no pênis?
    2- mesmo com camisinha colocada de forma correta existe risco de contrair hiv?

    parabens pelo trabalho e obrigado.

  87. Seu trabalho é maravilhoso!!! Meu caso Sou Homem, estou no 10° desde a minha última exposição, Recebi um sexo oral sem preservativo ( questão de 2min ) por um transexual, aparentemente não tinha feridas ou algo parecido nos cantos da boca e dentro não conseguir identificar se tinha machucados ou outras coisas, levo em conta a hálito não tinha fedor, sentir apenas cheiro fraco de cigarro caso ela tenha HIV, posso ter sido infectado pelo virus HIV

  88. Olá doutora

    Recebi sexo oral há 9 anos atrás, eu estava em tratamento de candidíase peniana.
    Existe algum risco? E nesse tempo apareceria alguma coisa?

    Obrigado

    1. O risco é o mesmo conforme descrito no texto. Com relação ao surgimento de sintomas, cada organismo funciona de maneira diferente. Mas com tanto tempo, caso os resultados dos testes sejam negativos, não tem como positivar para a exposição citada.

  89. Doutora sou gay e curto muito receber sexo oral, saio com bastante caras porem eles fazem oral em mim
    Tenho vacina hepB, porem pra HiV tenho receio por receber muito, e a maioria parceiro casual

  90. Dra fiz sexo oral em uma garota de programa e para piorar estou com o dente do ciso aberto ( descuido meu ) vou retiralo. Foi coisa rapida fiz apenas na area externa da vagina não colocando a lingua na parte de dentro e nao ouve ejacução por parte dels .. Gostaria de saber nessas condição o risco é o mesmo da tabeça ou maior ou menos ? Obrigado e forte abraço

    1. João, passei pela mesma situação há uma semana… Acabei fazendo sexo oral em uma GP, sendo que na mesma semana fiz tratamento de canal dentário. Logo após fazer, senti instantaneamente uma queimação na garganta e estou com a garganta bem irritada desde então. Estou tomando antibiótico e anti-inflamatório para a garganta, e estou bem preocupado, inclusive já passei no infecto e ele passou uma série de exames para fazer, so que daqui há 40 dias…

  91. Dra Fiz sexo oral em uma garota de programa e para piorar meu dento do ciso esta aberto ( descuido meu ) . mas foi coisa rapida e passei a lingua apenas na parte externa da vagina e não ouve ejaculação por parte dela … Pela tabela o risco é o mesmo ou maior ou menor. Desde já agradeça

  92. Dra, eu fiz sexo oral em um homem com a garganta inflamada, tem risco de contaminação por aid? Ele não ejaculou em minha boca

    1. Boa noite. Esse relato é de muito baixo risco para infecção pelo HIV, na dúvida, procure um médico infectologista de sua confiança e faça todos os exames pertinentes, além de avaliar a sua garganta.

  93. Boa noite Dra, sobre o risco de se contrair HIV no caso em Receber sexo oral de uma pessoa com ferida na boca em que haja sangramento também pode ser considerado risco baixo ou não? Obrigado

    1. Na literatura mostra saliva como material contaminante para HIV apenas em ambiente odontológico.
      Isso nos mostra a quantidade de sangue necessária para que possa valorizar o recebimento de sexo oral como exposição ao HIV.

  94. Ola doutora estou muito aflito, fiquei com um garoto que descobriu a tres dias que é hiv+,ele me falou apos, a situacao foi: eu recebi oral dele porem ele fuma a boca dele tinha um pouco de sangue e feridas, Corro risco para Hiv?

  95. Boa noite Dra Primeiramente parabéns pelo fórum, li neste artigo que para felação passiva (Receber a boca no pênis), é possível de infecção dst para Sífilis e Herpes caso ferida ativa, mesmo que a pessoa contraia algumas dessas doenças o risco para HIV é baixo? Ou neste caso for contraído algumas dessas doenças o risco de se contrair HIV alto? Obrigado

  96. Boa tarde Dra, recebi sexo oral de um transexual e o mesmo possuía uma ferida no canto da boca, acredito ser herpes e havia sangramento, usei preservativo, mesmo assim estou com o psicólogico abalado, fiz exame de Anti HIV 1 e 2 com 16 dias após a exposição foi utilizado o método “CMIA ArchiTECT com anticorpos e antígenos p24, gp41, gp160, gp36 onde deu Não Reagente, gostaria de saber se esse exame foi feito com pouco intervalo ou já se pode ter alguma noção de resultado com 16 dias obrigado

    1. Boa tarde. O risco de transmissão de HIV para a situação descrita é muito baixa, pois a saliva não transmite o HIV, mesmo que com uma pequena quantidade de sangue. de qualquer forma, sugiro que procure um médico Infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis para o seu caso, pois se essas lesões forem herpes ou sífilis, isso sim pode ser uma situação de risco.
      Com relação ao teste, os testes de quarta geração normalmente se positivamente com 14 a 20 após o contato, porém podem positivar com até 90 dias após a exposição.

  97. BOA TARDE DOUTORA,ME INDICARAM SEU SITE.PARABENS
    MINHA DUVIDA QUE ESTA ME DEIXANDO BEM AFLITO É: UM GAROTO POSITIVO(DESCOBRIU DIAS DEPOIS DE SAIR COMIGO),ELE FEZ ORAL EM MIM,POREM SUA BOCA TINHA RASTROS PEQUENOS DE SANGUE.apos oral ele estava se masturbando e com a mesma Mao pegou rapidamente(1min) no meu penis. devo recorrer a pep?

    1. Boa tarde e obrigada por suas palavras. O risco de transmissão de HIV para a situação descrita é muito baixa, pois a saliva não transmite o HIV, mesmo que com uma pequena quantidade de sangue. de qualquer forma, sugiro que procure um médico Infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis para o seu caso, pois se essas lesões forem herpes ou sífilis, isso sim pode ser uma situação de risco.

  98. Fiquei com um cara onde não ocorreu penetração. Porém ele gozou no meu peitoral. Mas tarde percebi que existia uma escoriaçao no meu mamilo (tipo um esfolado adquirido no ato) Quando você se refere a pele não íntegra como risco , escoriaçao também se torna um grande risco para contágio ou teria que ser um machucado tipo corte? Na sua vasta experiência já conheceu caso de infecção dessa maneira?

  99. Ola doutora recebi sexooral de um hiv positivo(recem descobriu) .porem notei que havia feridas dentro da boca com sangue(pouco) uma boca mal cuidada. devo me preocupar em especial com o HIV?

    1. Boa tarde. O risco de transmissão de HIV para a situação descrita é muito baixa, pois a saliva não transmite o HIV, mesmo que com uma pequena quantidade de sangue. de qualquer forma, sugiro que procure um médico Infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis para o seu caso, pois se essas lesões forem herpes ou sífilis, isso sim pode ser uma situação de risco.

  100. Boa tarde Dra. Fiz um exame CMIA 4 Geração após 16 dias da exposição, resultado Não Reagente, esse teste pode ter alguma confiabilidade ou não? Obrigado

  101. Boa noite doutora nao estou consegunindo dormir, um garoto sorologia desconhecida me masturbou com a mesma mao que ele se masturbava. Porem nao houve ejaculacao, ele so pegou no meu penis(com a mesma mao) por cinco minutos

  102. Ola doutora td bem? Muito obrigado por ser esse exemplo de medica,nos ajuda muito.Doutora fui masturbado por um garoto positivo que nao se trata ainda, ele pegou no penis dele depois me masturbou. Pegou na base do meu penis

    1. Boa noite. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

  103. Boa tarde Doutora. Sou homem e recebi sexo oral de uma menina sem camisinha ” sexo vaginal foi com camisinha” ( durante o sexo oral, a menina tomava cerveja e vodka)…depois de 10 dias senti dores e achei que tivesse pego doença, fiz exames de e não deu nada! com 100 dias fiz exame de HIV não deu nada!
    *Sera que ainda tem chances do exame do HIV der positivo??
    *Essas dores podem ser pela alergia a cerveja ou a vodka ou a camisinha?

    1. Boa noite. Sexo oral não é exposição ao risco, pois a saliva não transmite o vírus. Você precisa se consultar com um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e pedir os exames necessários.

  104. Recebi oral de uma garota de programa. Durou 2 minutos no máximo. Sem camisinha. Ela disse posteriormente que não possui feridas na boca nem aftas, sangramento, nada. E que eu percebi não havia mesmo. Corro risco de contrair alguma DST ou HIV? Eu havia raspado minha genitália horas antes com Gilette mas não observei cortes nem sangramento em minha pele do pênis ou saco escrotal. Obrigado!

      1. Poderia pegar Sífilis ou Herpes SE houvesse feridas ativas na boca? Foi o que entendi do texto nesse caso. Todo contato oral passivo que por acaso venha a ser feito por alguém com ferida é 100% de chances de contrair Sífilis ou Herpes se for uma dessas duas DST que a pessoa tenha? Ou há risco mas não é 100% que vá contrair? Obrigado!

  105. Dra., recebi oral de uma garota de programa sem camisinha. Só oral. Foi coisa de 3 minutos. Não sei se ela tinha feridas na boca ou não. Meu genital estava raspado de gillette naquele dia mas não vi machucados em mim por conta da raspagem. Corro algum risco? Faz 4 dias isso. Não apareceu nada de diferente no meu pênis ainda. Obrigado!

  106. Doutora bom dia, saí com uma garota de programa onde usei camisinha, exceto no sexo oral, vendo suas respostas anteriores observo que não é caracterizado exposição de risco devido a saliva não transmitir hiv; porém quando se pesquisa o assunto aparece muito a questão de aftas, micro feridas na boca, coisa difícil de se perceber na garota, E a questão de micro fissuras na glande do penis, coisas dificil de afirmar com propriedade; realmente esses fatores tem influencia no risco?

  107. Olá Dra, recentemente recebi sexo oral da minha namorada, mas nenhum dos dois tinha feito antes. Não haviam lesões nem em mim nem nela, ainda assim há riscos para os dois?

    1. É difícil afirmar com certeza. Pois há infecções que podem ser transmitidas verticalmente (de mãe para filho) e outras que não precisam de contato sexual para serem transmitidas, como infecções bacterianas..

  108. Doutora , fiz sexo oral em uma mulher, 10 dias após o ocorrido ela fez um teste rapido e deu não reagente após 38 dias ela fez outro também não reagente , eu por minha vez fiz um com 20 e outro com 30 dias após o ocorrido, ainda devo fazer mais teste ou posso encerrar o caso , desde já agradeço

    1. Boa noite. O risco de infecção do HIV através do sexo oral é baixo (saiba mais aqui: https://www.drakeillafreitas.com.br/risco-de-transmissao-do-hiv-de-acordo-a-exposicao/) . Além do mais, os testes de HIV normalmente se positivam no primeiro mês após o contato com o vírus. Sendo assim, a chance de positivar são muito baixas. Vale lembrar que há outras IST’s que são transmitidas da mesma forma que o HIV..
      Para entender mais sobre os riscos do sexo oral, sugiro a leitura deste artigo: https://www.drakeillafreitas.com.br/os-riscos-do-sexo-oral/

        1. Se o teste estiver dentro da janela imunológica sim. Mas se a pessoa não passou por outra exposição nos últimos 30 dias que antecederam a exposição de risco, não. Mas para isso, é preciso ter certeza.

        2. Fiz um exame de hiv junto com o hemograma completo e deu tudo certo o teste foi feito 40 dias após eu ter praticado sexo oral em uma mulher que se diz ser soro negativa ( tento exames com mais de 30 dias depois do ocorrido ) 2 dúvidas se caso tivesse problemas em produzir anti corpos o exame ia dar alteração na questão do hemograma ? E a geração do teste que se referia assim hiv 1 e 2 quimioluminescencia abbott seria de 3 geracao ? Com 39 dias seria confiavel diante desses fatos? Muito obrigado

          1. Hemograma não são utilizados para diagnóstico de HIV. O teste de 4ª geração são aqueles que IDENTIFICAM anticorpos da pessoa contra o vírus que estão presentes no sangue e proteínas virais como o p24.

      1. Muito obrigado pela orientação, mas mesmo assim ela com 38 dias após a relação dando um resultado negativo ela poderia ter me contaminado ?

  109. Boa tarde Dra. Recebi sexo oral em 7 situações, num período de 4 meses, sempre com a mesma parceira, sendo que ela não sabia ser soro+. A 20 dias foi o último oral que recebi, e ela descobriu ser soro+. Fiz um teste rápido de farmácia (action HIV) e resultado foi negativo. Esse tempo de 20 dias é muito curto? Por favor, me esclareça essa dúvida. Obrigado

  110. Boa tarde DOUTORA! Parabéns pelo trabalho! tem nos ajudado muito!
    Minha duvida é: Sou homem, recebi sexo oral de uma menina e a penetração foi com camisinha! A senhora diz que receber sexo oral não é exposição de risco para HIV, pois bem, esperei 100 dias e fiz um teste de farmácia para HIV (por precaução), e deu negativo! posso esquecer este caso e voltar a vida normal?

  111. Bom dia doutora, ontem tive uma relação na qual recebi sexo oral de uma garota de programa, porém quando ela colocou a boca em meu testículo machucou e saiu sangue, teria algum risco de eu ter me contaminado por essa lesão em contato com a boca dela,? obrigado.

    1. Bom dia. Com relação ao HIV, a saliva não transmite o vírus, por isso o contato com a boca não é exposição. No entanto, se houver sangramento na boca de quem praticou já é outra situação, pois a presença de lesões aumenta o risco, incluindo de outras IST’s, como herpes e sífilis.

  112. Ola Doutora. Sou e homem e realizei sexo oral insertivo (recebi a boca da pessoa no meu pênis) por algumas vezes com uma pessoa soropositiva. Isso é considerado alto risco? Já li nos seus artigos mais não entendi. Se pude explicar te agradeço imensamente.

    1. Bom dia. Receber sexo oral não é exposição ao risco para HIV, pois a saliva não transmite o vírus, a não ser que contenha sangue. Mas há o risco de outras doenças, conforme explicado no texto.

  113. Bom dia Dra. Porque em algumas respostas vc diz que sexo oral insertivo não apresenta risco de contaminação, nem exposição ao hiv, sendo a saliva não contaminante. E em outras diz que existe risco?

  114. Olá Doutora. Tive o ânus estimulado com a língua, dias depois apareceu uma “verruga” na região. Estou tratando com pomada e está diminuindo, já faz mais de uma semana.
    Isso pode ser HPV? Qual o melhor exame para identificar isso?

    1. Boa noite. Não consigo emitir um parecer sem te examinar. Você precisa se consultar com um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e pedir os exames necessários.

  115. Bom dia doutora. Obrigada por ser tão atenciosa com todas as dúvidas. A minha é a seguinte, fiz sexo oral em um homem, a exato 60 dias, o mesmo relatou ser soropositivo. Fiz um teste rápido (action HIV) após 60 dias da exposição e resultado foi negativo. Pode positivar num futuro? Obrigado

    1. A janela imunológica deste tipo de teste é de 180 dias.
      Para descartar completamente a possibilidade de Infecção do HIV deve ser realizado um exame de 4ª geração em local confiável após 90 dias da última exposição ao risco.

  116. Boa Tarde Doutora, realizei sexo oral em um ficante a exatos 60 dias. Também ficamos abraçados, sem roupa, sem nenhum tipo de penetração. No final tomamos banho juntos. Fiz um teste rápido apos essas 60 dias, e o resultado foi negativo. A exposição foi de alto risco? muito obrigada.

  117. Parabéns pela página!
    Dr. Tive relação sexual onde recebi sexo oral s/ preservativo. O restante foi protegido.
    Ao terminar percebi que havia pontos vermelhos na glande e no prepúcio e um leve “queimor”. Devo me preocupar com uma IST(candidíase) ou alergia?
    Ou é normal devido ao contato sexual que tive?Eu sempre faço exames e cuido da imunidade manter alta.
    Me ajude!

  118. Quais são as chances de contrair Clamídia apenas através do sexo oral? E usando camisinha no sexo vaginal?

  119. Boa noite dra. recebi rapidamente sexo oral de um rapaz de sorologia desconhecida, mas não reparei em sua saúde bucal. Havendo alguma ferida na boca dele, o mesmo poderia me transmitir hiv?

  120. Boa noite doutora. Primeiramente obrigado por por responder a todos de forma tão esclarecedora. Tenho a seguinte dúvida, fiz oral em um cara que me relatou ser soropositivo, dias após ato, hj fazem exatamente 72 dias, realizei um exame (quimioluminescencia) em laboratório confiável. Resultado Não Reagente. Segundo a farmáceutica esse teste já iria positivar em até 30 dias após o ato. Sendo assim posso ficar tranquilo? Obrigado

    1. Boa tarde. Como descrito no próprio artigo, as chances de transmissão para esse tipo de exposição são baixas, mas existem. No caso do teste, você precisa verificar o tipo do exame para saber a sua janela imunológica.
      Para descartar completamente a possibilidade de Infecção do HIV deve ser realizado um exame de 4ª geração em local confiável após 90 dias da última exposição ao risco. Este tipo de teste normalmente se positiva no primeiro mês, mas a casos de soroconversão tardia com até 90 dias da exposição. Se for um teste de 3ª geração, sua janela é de 180 dias.
      O teste de 4ª geração são aqueles que IDENTIFICAM anticorpos da pessoa contra o vírus que estão presentes no sangue e proteínas virais como o p24.

    2. Boa tarde. Como descrito no próprio artigo, as chances de transmissão para esse tipo de exposição sãardia com até 90 dias da exposição. Se for um teste de 3ª geração, sua janela é de 180 dias.
      O teste de 4ª geração são aqueles que IDENTIFICAM anticorpos da pessoa contra o vírus que estão presentes no sangue e proteínas viraio baixas, mas existem. No caso do teste, você precisa verificar o tipo do exame para saber a sua janela imunológica.
      Para descartar completamente a possibilidade de Infecção do HIV deve ser realizado um exame de 4ª geração em local confiável após 90 dias da última exposição ao risco. Este tipo de teste normalmente se positiva no primeiro mês, mas a casos de soroconversão ts como o p24.

  121. Boa noite. Um homem soropositivo fez sexo oral no meu pênis. Já li que saliva e alguém por a boca no meu genital, não seria exposição de risco.. Porém ejaculei na boca dele. O fato de eu ter ejaculado em sua boca, muda a exposição ao risco?Obrigado

  122. Boa Tarde Dra. Realizei um exame de HIV em laboratório com o seguinte método: quimioluminescência, pesquisa antígeno p24 e HIV-1 e HIV-2. Esse tipo de exame seria de 4º geração?

  123. Quando a senhora diz que receber oral (alguém colocar a boca em meu pênis), pode ter algum risco se houver sangue na boca de quem chupa esse sangue é qualquer quantidade? Um machucado de escova de dentes? Teria que estar sangrando na hora do ato? Além de haver esse sangue na boca de quem chupa eu teria que ter machucados em meu pênis para ser contaminado quando esse sangue tocar neles? Se eu não tiver machucados no pênis faz diferença se houver sangue na boca de quem me chupa? Obrigado!

    1. Machucado que seja significativo, são aqueles visíveis. Como a saliva não transmite o vírus, mesmo se você tiver algum ferimento, isso não apresenta risco para você (a não ser que contenha sangue). Essa quantidade também precisa ser maior para se caracterizar como risco, como exemplo em ambientes odontológicos.

  124. Boa tarde doutora, tive uma exposição de risco no dia 09/10 felação ativa com uma garota que desconheço a sorologia dela; no dia 22/10(14 dias após) fiz o elisa 4 geração e deu não reagente ao hiv; estou aguardando fechar 35 dias pra repetir; psicologicamente estou abalado, de la pra ca tenho sentido dores nos musculos do ante braço e nas mãos apenas; esse resultado de 14 dias e otimista em não ter contraído hiv?

    1. Boa tarde. Os testes de 4ª geração normalmente se positiva já no primeiro mês, mas pode positivar com no máximo 90 dias. Sugiro que procure um médico para te examinar pessoalmente e solicitar os exames cabíveis para o seu caso, não somente os do HIV, mas de todas outras IST’s que são transmitidas da mesma forma que o HIV.

  125. Boa noite Dra.
    Recebi um sexo oral de uma pessoa desconhecida, foi um sexo oral bem rapido, 10min no máximo. Usei o preservativo na penetração. Corro risco de HIV já que ela fez oral em mim?

  126. Olá Dr. Keilla, parabéns pelo trabalho. Por favor me ajude. Sou homem, recebi sexo oral de mulher sem preservativo. Corri alto risco para Sifilis? E para HIV?

  127. Meu namorado fez sexos oral em mim uma semana depois ele apareceu com uma ferida na boca então descobri que eu tenho sífilis será que passei pra ele?

  128. Boa Tarde Dra.. Uma pessoa soropositiva, realizou sexo oral em mim, sem que eu estivesse de preservativo.
    não observei cortes em sua boca, muito menos sangue. Minha duvida é em relação a possíveis aftas, ou fissuras devido escovação dentaria (o que geralmente ocorre em todas as pessoas). Isso apresenta risco de infeção? Ou como mencionado diversas vezes pela Dra, somente em ambiente odontológico, onde a quantidade de sangue se torna significativa e infectante? Obrigado.

  129. Boa tarde fiz um exame com a seguinte descrição: hiv 1 /2 quimioluminescencia metido abbot , seria de terceira geração? Com 39 dias é definitivo? Possível situação de risco sexo oral em uma mulher que me apresentou um exame no mesmo dia de hiv negativo

  130. Dra. Deixei um rapaz fazer sexo oral em mim, e agora 25 dias após apareceu uma íngua na minha axila direita. Essa foi minha única exposição ao risco. Será que a íngua é decorrente de hiv ou alguma outra ist?

  131. Boa Tarde Dra Keila. O fato de eu ter lambido, barriga, seios e costas de uma mulher soro positiva, me colocou em risco? Considerando que não continham feridas na pele dela. Obrigado.

  132. Dra. Boa noite. Recebi sexo oral de um rapaz e 25 dias após apareceu uma íngua na axila direita. Será que o aparecimento dessa íngua tem a ver com hiv?

    1. Boa tarde. A saliva não transmite o vírus do HIV, a não ser que contenha sangue. Por isso, receber sexo oral não se caracteriza exposição de risco. Sugiro que procure um médico infectologista de sua confiança, para avaliá-lo pessoalmente e solicitar os exames cabíveis para o caso.

  133. Por favor me tire uma dúvida, realizei uma única vez sexo oral em uma parceira , como visto em seu artigo os riscos são baixo mas existem por tanto falei com ela e a mesma fez um teste rapido após uns 10 dias co.l sei que era pouco tempo pedir pra ela fazer outro com uns 38 dias mais ou menos tidos os 2 não reagente. Eu fiz um teste rapido com 20 um com 30 dando não reagente .o cta me liberou mas fiz outro em laboratório com 39 quimioluminescencia abbott não reagente . Presiso repeti aos 90?

  134. Dra parabéns pelo seu lindo trabalho.
    fiquei com um soro positivo nos beijamos e ele tinha um pequeno machucado na boca e eu também.Corro risco?

  135. Dra.masturbei o ANUS de um garoto de programa positivo,quando tirei o dedo estava cheio de fezes.tenho a cutícula sempre machucada 1cm, devo tomar a PEP?

  136. Recebi sexo oral de uma garota de programa sem preservativo. Não houve penetração, só recebi o oral. Fiquei encanado. Eu não tinha ferimentos aparentes no pênis e pelo o que percebi ela também não tinha na boca. Fiz um teste ELISA 4ª Geração com 60 dias após e deu NÃO REAGENTE. Posso ficar tranquilo? Obrigado!

  137. Agora é a primeira vez que acesso seu sítio da Internet e também fiquei muito assombrado com a qualidade do artigo.
    Você escreve muito muito, seguirei lendo mais dr keilla. Parabens

  138. Boa tarde, Doutora. Recebi sexo oral de uma prostituta e usei camisinha. No final notei que escorreu saliva dela para o meu saco escrotal. Isso é situação de risco? Também toquei o local estando meu dedo com um pequeno corte quase cicatrizando.

  139. O fato de eu ter tocado o local com meu dedo q tinha um pequeno corte começando a sarar, também pode ser considerada situação de risco?

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

nove + seis =

Top