Você está aqui
Home > Vídeos > Campanhas > Campanhas de HIV Assista > Como Posso Desconfiar que Tenho HIV?

Como Posso Desconfiar que Tenho HIV?

Infectologista - Como Posso Desconfiar que Tenho HIV?
Compartilhe

Como Posso Desconfiar que Tenho HIV? O HIV causa uma infecção, mas a pessoa infectada pelo HIV não necessariamente estará doente.

A pessoa vivendo com HIV pode não apresentar sintoma da doença em qualquer uma de suas fases, incluindo fase AIDS. No entanto, esta fase é bastante perigosa, sendo a que leva frequentemente à morte ou a graves sequelas nesses pacientes.

Assista a este vídeo e saiba o que fazer quando se expor ao risco de contrair HIV.

AIDS é diferente de HIV

Uma pessoa pode ser portadora do vírus HIV e não ter a doença da AIDS.
AIDS é uma sigla que vem do inglês e significa ¨Síndrome de Imunodeficiência adquirida”.
A baixa da imunidade pode ocorrer por várias causas, e muitas delas são primarias, ou seja, não são doenças infecciosas.

Quanto tempo leva para o aparecimento dos Sintomas da AIDS ?

O tempo entre a infecção pelo Vírus HIV e o aparecimento da AIDS varia totalmente de pessoa para pessoa.

O desenvolvimento da AIDS também varia em cada indivíduo.

Ela também pode levar de menos de 1 ano a mais de 15, sem tratamento antirretroviral para se desenvolver.

O que pode acelerar a chegada da fase AIDS

  • Associação com outras infecções:

– Coinfecção pelo Citomegalovírus (CMV)

– Coinfecção pelo Vírus da Monucleose (Vírus Epstein Baar – EBV)

– Coinfecção pelo Vírus Linfotrópico Humano (HTLV)

– Coinfecção pelo Vírus Herpes Simples

– Coinfecção pela Tuberculose

– Coinfecção pelo Vírus da Hepatite C

– Coinfecção pela Sífilis

– Coinfecção por fungos (histoplasmose, candidíase oral, criptococose, etc)

Diagnóstico e Tratamento precoce como forma de prevenção da AIDS

A maior forma de prevenção das complicações relacionadas à AIDS é o diagnóstico precoce do HIV.

Todos devem realizar exames para o diagnóstico de HIV periodicamente, independentemente de sua conduta de risco.

Claro que pessoas com condutas de risco devem realizar os exames mais frequentemente, a cada 6 ou 3 meses.

Fonte:

 


Compartilhe
Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

27 thoughts on “Como Posso Desconfiar que Tenho HIV?

  1. Olá Dra. sou mulher e fiz sexo oral em um rapaz, ele gozou na minha boca… ele fez teste no cta, para hiv sifilis e hepatites, com 75, 109 e 120 dias apos o sexo oral, deu tudo negativo todas as vezes, e eu fiz com 88 dias um teste de 4 geração de hiv no laboratorio, que deu negativo tb… ainda existe a possibilidade de eu ter pego hiv dele? indiferente de sintomas ou nao… pois tenho uma sinusite que nao sara por nada e que me faz tossir muito… Aguardo sua resposta … obrigada

  2. Dra Keilla, boa Noite, moro no Rio de Janeiro e acompanho seu trabalho pela Internet, gostaria de parabenizá-la por trazer informações e conhecimento à todos nós, esclarecendo dúvidas. Devido a Distância Não Tenho Como Ir À Uma Consulta Pessoalmente, Mas gostaria de pedir a sua ajuda. Há 26 dias tive uma relação desprotegida com uma pessoa e com 19 dias fiz um exame de sangue 4° geração HIV, o resultado foi não reagente, mas com 19 dias de relação de risco já indica? Posso

  3. Doutora tive uma relação de risco e sentir formigamento nas pernas e apresceu uma mancha vermelha mais não tive febre e nem gripe só dor de garganta

    1. Mediante uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  4. Olá Doutora,
    Tive uma situação de risco há 80 dias. Realizei dois trs da Action (35 e 42 dias) e também dois trs no CTA (50 e 70 dias). Todos não reagentes.
    Há pelo menos 45 dias venho apresentando sintomas como inchaço no pescoço, síndrome de ATM (mandíbula), axilas e virilhas inchadas.
    Realizei um teste agora de PCR mas não tenho o resultado ainda.
    É possível estar em fase aguda tanto tempo e os testes não pegarem? O Pcr dando negativo agora, é definitivo?

  5. Olá doutora . Tive uma relação de risco com uma mulher . Depois de 05 dias comecei a ter alguns sintomas da fase aguda. Minha pergunta é possível a pessoa ter sintomas da fase aguda a mas de 2 meses ? (Ex; todo dia sintomas diferente ? Ou pode ser psicológico? Obrigado

  6. Tive contato com a vagina de uma mulher com os dedos e não estavam com ferida nenhuma aparentemente. Sem sexo oral. Sem sexo vaginal e sem sexo anal. Já fazem mais de 10 anos. Tem algum risco para HIV???

    1. Exposição de risco para HIV é aquela onde um vírus viável (ou seja, que vivo, capaz de infectar) entra em contato com o organismo da pessoa que não portadora do vírus. Para que isso ocorra, é necessário que um material contaminado com o organismo viável (sangue, fluido sexual, etc), em quantidade suficiente para infectar entre em contato direto com pele não íntegra (por exemplo, com uma ferida aberta), contato direto com mucosa (olhos, boca, mucosa genital) ou que seja introduzido pele pele íntegra com por por uma agulha que perfura a pele e leve este material direto para dentro do organismo de uma pessoa que não possui o HIV.

      Ná dúvida se houve exposição ou não, ou mediante a certeza de uma exposição ao risco de se infectar, você deve procurar um médico infectologista de sua confiança para te avaliar pessoalmente e solicitar todos os exames cabíveis, não apenas os de HIV mas o de todas as demais infecções sexualmente transmissíveis e que podem ser transmitidas da mesma forma que o HIV, independente de ter sintomas ou não.

  7. Olá doutora me ajuda eu estou desesperada, eu tive relação de risco em dezembro (dia 8) e depois de uns 3, 4 dias eu tive amidalite aí 60 dias após a relação eu fiz o teste de 4º geração é deu negativo, depois de 129 dias eu fiz outro teste de 4º geração o qual também deu negativo, depois eu comecei sentir dores de cabeça, um íngua nasceu na minha virilha e dor de garganta, só que depois disso com 143 dias eu fiz um teste rápido e deu negativo. Posso ficar tranquila ?

  8. Boa tarde tive uma relação de risco a mulher praticou dexo oral em mim sem camisinha depois srxo vaginal co camisinha não durou muito . Depois de dois dia tive ardência ao urinár depois dr dias tive muita dor de cabeça e agora depois de vinte cinco dias estou com muita dor no testículo direito ppde set a fase aguda do hiv

  9. Ola doutora! Fiz um exame de 4ª geração (Lab. Hermes Pardini) com 54 dias de um contato oral receptivo com um portador do HIV. Resultado não reagente. Porem, sempre na mesma região da minha língua, aparecem e desaparecem umas lesões brancas que não doem e saem com escovação. Geralmente no intervalo de 7 dias. Isso pode ser algum indicio de HIV? Ja fiz todos os exames para Sífilis e os resultados também foram não reagentes…

  10. Ola. Só tive uma relacao de risco há 10 anos ( contato de sangue no penis). Fiz um monte de anti HiV em varios anos. Hoje estou com gengivite e candida oral e espamos musculares. Estou com imunidade baixa. A Sra acha que eu deveria fazer um exame PCR HIV , pois eu somente fiz Elisa?

  11. Em 2015 transei com uma prostituta e usei um preservativo que ela mesmo forneceu, por medo fui ao atendimento publico e me forneceram o coquetel, tomei durante 30 dias e depois fiz o exame ELISA e depois fiz outro com 60 dias e os dois deram negativos, mas estou ha alguns dias com intestino um pouco solto mas nenhum outro sintoma, o exame pode estar errado?

Deixe uma resposta

Top