Você está aqui
Home > Coronavírus > Quando a Falta de Ar é Sintoma de Coronavírus?

Quando a Falta de Ar é Sintoma de Coronavírus?

Infectologista - Quando a Falta de Ar é Sintoma de Coronavírus?
Compartilhe

Quando a Falta de Ar é Sintoma de Coronavírus? Por se tratar de uma infecção respiratória capaz de atingir os pulmões, a Covid-19 está diretamente relacionada a sintomas de falta de ar. A manifestação pode ocorrer gradativamente e persistir por um certo período de tempo.

No entanto, nem toda falta de ar é reflexo dessa infecção. Para saber como diferenciar a falta de ar causada por outras condições daquela que acompanha a infecção pelo novo coronavírus, continue a leitura deste artigo.

Quando a Falta de Ar é Sintoma de Coronavírus?

Covid-19

A Covid-19 é uma infecção que provoca problemas respiratórios que podem variar de leves a graves podendo levar a internações em unidades de terapia intensiva. ou até mesmo a intubações

Por ter o principal meio de contágio pelas gotículas de saliva de uma pessoa infectada, a Covid-19 tem desafiado grande parte da população mundial, que precisou adotar novos hábitos no seu dia-a-dia.

Sintomas de Covid-19

Por ter uma ação diferente em cada organismo, o novo coronavírus pode se manifestar por meio de diversos sintomas. Por isso, é possível dizer que nem todos os casos de Covid têm como regra a presença da falta de ar.

Os sintomas mais comuns desta condição são:

  • Dor de cabeça;
  • Tosse;
  • Febre;
  • Perda de olfato;
  • Perda de paladar;
  • Dor de garganta;
  • Dor no peito;
  • Diarreia;
  • Fadiga;
  • Confusão mental;
  • Rouquidão;
  • Desconforto na região abdominal.

Quando a Falta de Ar Pode Estar Relacionada a Covid-19

A dificuldade respiratória pode estar relacionada principalmente aos casos mais graves da doença, onde a infecção já está instalada nos pulmões do paciente. Essa falta de ar pode ocorrer de forma repentina ou progressiva tanto quando o paciente está em repouso quanto se o mesmo estiver realizando pequenos esforços.

Quando uma pessoa não é capaz de respirar confortavelmente, seus níveis de saturação de oxigênio tendem a cair. Isso pode privar o cérebro de receber oxigênio corretamente, acarretando em quadros de confusão mental e letargia.

Em casos onde a oxigenação permanece muito baixa, é possível que o paciente apresente maiores danos em órgãos e tecidos ao longo do corpo. Por isso, é essencial buscar ajuda médica logo quando perceber alterações na respiração.

Quando a Falta de Ar não É Covid-19

Em geral, a falta de ar pode acometer pessoas de diversas idades. Principalmente, se ela for portadora de alguma doença respiratória. Veja a seguir algumas condições que podem desencadear esse quadro fora da Covid-19:

  • Asma;
  • Bronquite;
  • Pneumonia;
  • Crises de ansiedade;
  • Reações alérgicas;
  • Hipertensão;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Sedentarismo.

Ao sentir falta de ar, não espere para procurar um médico. Os cuidados precoces podem garantir que não haja danos maiores à saúde do paciente.

Referência: Centers for Disease Control and Prevention


Compartilhe
Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

Deixe uma resposta

Top