Você está aqui
Home > Notícias > Infecção Bacteriana > Infecções do Sistema Nervoso Central – Causas e Possíveis Complicações

Infecções do Sistema Nervoso Central – Causas e Possíveis Complicações

Infecções do Sistema Nervoso Central
Compartilhe

Infecções do Sistema Nervoso Central. Sabemos que qualquer condição médica pode evoluir para complicações caso não seja tratada adequadamente. No caso das infecções do sistema nervoso central não é diferente. Por afetarem regiões mais sensíveis como o cérebro e a medula espinhal esse tipo de doença pode ser ainda mais perigosa.

Continue a leitura deste artigo e conheça mais sobre as infecções do sistema nervoso central, suas causas e possíveis complicações.

O Que São Infecções do Sistema Nervoso Central

As chamadas infecções do sistema nervoso central, também conhecido pela sigla SNC, nada mais são do que um grupo infeccioso viral, bacteriano ou fúngico que afeta o sistema nervoso central e suas estruturas podendo levar ao desenvolvimento de quadros graves e potencialmente fatais.

O diagnóstico precoce junto ao tratamento adequado podem ajudar no controle da condição, impedindo-a de progredir para quadros mais graves.

Principais Infecções do Sistema Nervoso Central e Suas Causas

Meningite

Você Suspeita Estar com Alguma Infecção?

Agende Hoje mesmo uma Consulta com infectologista.

A meningite é uma inflamação que ocorre nas meninges, as membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Ela pode ser causada por diferentes agentes infecciosos, como vírus e bactérias, por exemplo. As meningites de origem bacteriana, como as causadas por Neisseria meningitidis e Streptococcus pneumoniae, são particularmente graves e requerem um tratamento imediato.

Encefalite

A encefalite é uma inflamação viral do tecido cerebral e pode ser causada pelo vírus herpes simples, o vírus do Nilo Ocidental e o vírus da raiva. Esse quadro pode ser considerado como grave e causar danos cerebrais permanentes em alguns casos.

Abscessos Cerebrais

Os abscessos cerebrais nada mais são do que bolsas de pus que se formam no cérebro em resposta a uma infecção. As bactérias, como o Staphylococcus aureus e o Streptococcus, são frequentemente responsáveis ​​por essa condição. Os abscessos podem causar danos permanentes aos tecidos superficiais do cérebro e são considerados como uma emergência médica.

Meningoencefalite Amebiana Primária

A MAP, como também é conhecida, é uma infecção rara, porém grave, causada pela ameba Naegleria fowleri, que pode entrar no corpo através do nariz e se locomover até o sistema nervoso central. Ela pode levar a uma forma fulminante de encefalite.

Toxoplasmose Cerebral

Causada pelo parasita Toxoplasma gondii, a toxoplasmose cerebral é mais comum em pessoas com sistema imunológico comprometido, como por exemplo pacientes infectados com o vírus da HIV/AIDS, levando-os a desenvolverem graves lesões cerebrais.

Possíveis Complicações que Envolvem as Infecções do Sistema Nervoso Central

Danos Cerebrais

As infecções do SNC podem causar danos aos tecidos cerebrais do paciente, resultando em sintomas neurológicos permanentes como convulsões, déficits cognitivos e distúrbios do movimento.

Hidrocefalia

Algumas infecções presentes no sistema nervoso central podem obstruir a circulação normal do líquido cerebrospinal, levando ao seu acúmulo no cérebro, o que é conhecido como hidrocefalia. Isso pode causar um aumento da pressão intracraniana e danos cerebrais adicionais.

Sequelas Neurológicas

Mesmo com o tratamento adequado, algumas infecções que acometem o sistema nervoso central podem deixar sequelas neurológicas permanentes, como por exemplo a paralisia, perda de visão, surdez e dificuldades de aprendizado.

Complicações Sistêmicas

Além das complicações neurológicas, as infecções do SNC podem desencadear complicações sistêmicas, afetando outros órgãos e sistemas do organismo humano.

Porque Buscar Ajuda Médica

Infecções graves não tratadas adequadamente podem levar à morte. As meningites bacterianas, em particular, podem progredir rapidamente e serem fatais se não forem tratadas a tempo.

A prevenção, como a vacinação contra doenças como a meningite, desempenha um papel fundamental na redução do risco dessas infecções. Buscar ajuda de um médico infectologista de sua confiança ao menor sinal de infecção é fundamental para um diagnóstico e tratamento rápidos e eficazes, minimizando assim o impacto dessas doenças no paciente.

Mais informações sobre este assunto na Internet:

Compartilhe

Não tenha vergonha da HIV!

'Reserve a sua Consulta Hoje.

Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

Deixe um comentário

Top