Você está aqui
Home > Notícias > Infecção Bacteriana > Cuidados que Ajudam a Evitar Infecções no Ambiente Doméstico

Cuidados que Ajudam a Evitar Infecções no Ambiente Doméstico

Evitar Infecções no Ambiente Doméstico
Compartilhe

Evitar Infecções no Ambiente Doméstico. Muitas pessoas acreditam que seu ambiente doméstico é totalmente seguro e incapaz de causar maiores problemas à sua saúde. No entanto, os casos de infecções fora de ambientes hospitalares têm levantado um sinal de alerta.

Um dos maiores meios da propagação de algumas infecções é tocar em objetos ou superfícies sem higienizar as mãos. Desta forma podemos dizer que ao tocar em uma maçaneta, controles remotos, mesas, cortinas você pode disseminar ou até mesmo se infectar com algum tipo de infecção. Continue a leitura deste artigo e confira alguns cuidados que ajudam a evitar infecções no ambiente doméstico.

As infecções

As chamadas infecções são a tentativa de algum agente como vírus, bactérias, parasitas e fungos, de entrar em nosso corpo. A partir desse momento, ocorrem processos naturais do corpo contra esse agente. Durante essa tentativa de expulsão do agente, os anticorpos presentes no nosso organismo, assim como todo o sistema imunológico, trabalham juntos.

Quando estamos com algum quadro infeccioso, é comum percebermos o surgimento de sintomas como a febre, tosse, diarréia, cansaço e presença de pus.

Como ocorre a transmissão de infecções em ambiente doméstico

Você Suspeita Estar com Alguma Infecção?

Agende Hoje mesmo uma Consulta com infectologista.

A Cadeia de transmissão de infecções em ambiente doméstico ocorre da mesma forma que em outros ambientes:

  • Transmissão de pessoa para pessoa por contato direto seja pele a pele ou por via respiratória
  • Transmissão indireta de uma pessoa que contamina um fômite (objeto inanimado) e desse objeto para outra pessoa

Doenças Infecciosas

Independente do agente externo, ou do meio de transmissão, existem uma infinidade de doenças infecciosas distribuídas em todo o mundo, alguns poucos exemplos das muito conhecidas:

Elas podem ser transmitidas diretamente pelo contato de uma pessoa infectada para outra saudável, pela ingestão de alimentos ou água contaminados e até mesmo por animais.

Cuidados que Ajudam a Evitar Infecções no Ambiente Doméstico

Existem alguns hábitos do dia-a-dia que podem ajudar a evitar esses tipos de infecção, mesmo que fora de ambientes cheios ou hospitalares. Isso porque muitas pessoas acreditam que apenas esses locais podem servir de meio para um infecção se instalar no organismo.

Mesmo dentro da sua casa é preciso realizar algumas mudanças para se manter saudável e cuidar da saúde da sua família. Confira a seguir alguns hábitos essenciais que ajudam a evitar a disseminação de infecções em ambientes domésticos:

Higienize As Mãos Frequentemente

Nossas mãos são o principal meio de contaminação por agentes externos, isso porque estão sempre em contato com objetos e superfícies potencialmente contaminadas.

Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel nas seguintes situações

  • Antes, durante e depois de preparar alimentos
  • Antes e depois de comer,
  • Antes e depois de cuidar de alguém doente
  • Antes e depois de ir ao banheiro,
  • Antes e depois de trocar a fralda de crianças
  • Depois de tocar em um animal, ração animal ou dejetos de animais
  • Depois de manusear ração ou alimentos para pets
  • Depois de manusear lixo
  • Antes de levar à mão aos olhos ou boca
  • Depois de chegar de algum lugar é essencial para prevenir doenças.

O uso de sabonetes com bactericidas

Higienizar as mãos com sabonetes bactericidas em um primeiro momento pode parecer vantajoso pois realmente proporciona uma maior redução de bactérias nas mãos que sabonetes sem antibióticos. No entanto, a médio e longo prazo isso acaba prejudicando a pessoa e a comunidade ao selecionar bactérias resistentes.

Quando não higienizar as mãos com álcool em gel

Na maioria das vezes, a eficácia da higienização de mãos com álcool em gel ou com água e sabão é a mesma. Mas em algumas situações, não se pode utilizar o álcool em gel:

  • Prevenção de infecção por certos germens como Cryptosporidium, Novovirus, Clostridioides difficile
  • Sujidade por substâncias químicas nocivas como
    • Pesticidas
    • Metais pesados
    • Chumbo
  • Sujidade visível nas mãos

Higienize Seus Alimentos

Muitas pessoas acreditam que apenas passar uma água em certos alimentos já é suficiente para higienizá-los. No entanto, a maneira mais eficaz de evitar a contaminação pela ingestão de alimentos contaminados é utilizar uma escovinha e até mesmo buchas para passar nas frutas, verduras e legumes após deixá-los de molho em uma solução de água e um pouco de água sanitária.

Cuidados com a água

Não apenas a água potável deve ser adequadamente tratada
O reservatório de água deve ser preventivamente tratada também pois é uma fonte importante e frequente de contaminação

Certifique-se que a caixa d’água de sua casa ou condomínio esteja dentro das normas regularizadoras com relação a vedação e limpeza periódica da mesma.

Água parada

Muitas doenças podem ser transmitidas por mosquitos, entre eles dengue, zika e chikungunya, cujo principal agente transmissor é um mosquito muito frequente em nosso meio e que se multiplica em qualquer quantidade de água parada e que não necessariamente precisa estar limpa.

Locais tão pequenos como uma tampa de garrafa virada para cima por ser uma fonte de criação após uma chuva

O pior é que os ovos que o mosquito colocou na última seca podem durar o ano todo e eclodem após contato com a água, assim o cuidado precisa ser o ano inteiro e entre todos.

Dê o exemplo e converse com seus vizinhos, quando houver problemas, ligue para a secretaria de saúde de seu município ou converse no posto de saúde.

Higienização da Casa

Manter sua casa organizada, móveis e utensílios limpos pode ajudar a preservar sua saúde. Isso porque ao higienizar seus cômodos você ajuda no combate a proliferação de diversos organismos suscetíveis a causar várias doenças.

Higienização preventiva de ar condicionado

Mesmo os aparelhos de ar condicionado de casa devem ser higienizados por equipe especializada periodicamente. Não apenas para diminuir a presença de ácaros mas de outros microrganismos

Para saber mais sobre como evitar quadros infecciosos, consulte seu médico infectologista de confiança, mantenha suas vacinas em dia e continue prevenindo a disseminação deste tipo de agente.

FONTES:

Compartilhe

Não tenha vergonha do HIV!

'Reserve a sua Consulta Hoje.

Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

Deixe um comentário

Top