Você está aqui
Home > Infecção Viral > Saiba mais sobre a Febre Amarela

Saiba mais sobre a Febre Amarela

Saiba mais sobre a Febre Amarela

A Febre Amarela é uma das causadoras da febre hemorrágica, com alta taxa de mortalidade.

O Vírus da Febre Amarela  foi descoberto há mais ou menos 400 anos.

Ela tem esse nome por causa da icterícia (pele amarela devido à lesão do fígado), um sintoma típico.

Essa doença matou muitas pessoas no Brasil no final de seculo XVIII e inicio do século XIX.

Casos começaram a reduzir apenas após a criação da vacina e vacinação em massa a partir do inicio do século XIX.

Este vírus que está causando problemas no sudeste atualmente veio la da Amazônia.

 

Como a Febre Amarela se transmite?

Cadeia de Transmissão – Quem são os hospedeiros e os vetores da doença (veja o que significa hospedeiro e vetor aqui)

A doença é a mesma, mas pode ser transmitida de 2 formas diferentes:

  • Transmissão silvestre (em área rural);
  • Transmissão urbana (nas cidades);
Febre Amarela
Ciclo de Transmissão da febre Amarela – Ministério da Saúde

Ciclo de transmissão silvestre:

Mosquitos de 2 gêneros diferentes: Haemagogus Sabethes, são os agentes que transmitem a doença.

Eles vivem apenas em áreas de mata, na copa das árvores e se alimentam de sangue. Por isso os macacos são alvos fáceis.

O ser humano nesse caso é um hospedeiro acidental. Ou seja, o vírus não precisa do ser humano para se perpetuar, o ser humano é picado pelo mosquito ao entrar em seu habitat. 

De fato, o macaco serve para nos dar o alerta, sendo sentinelas da chegada do vírus em nosso ecossistema.

Ao picar um animal infectado, o mosquito se infecta. Mas, ao contrário dos macacos, eles não ficam doentes.

Os mosquitos infectados colocam os seus ovos na água que fica armazenada nas partes ocas das copas das árvores e transmite o vírus aos seus descendentes.

Além disso, os ovos depositados nesses locais não eclodem todos ao mesmo tempo, permitindo que um único lote de ovos dê origem a diversos grupos de mosquitos no decorrer do tempo, favorecendo a sobrevivência da espécie no ambiente por um longo período.

Os ovos do Haemogogus também podem permanecer viáveis por períodos de seca, eclodindo na chegada da nova estação de chuvas.

Os filhos de um mosquito infectado pela Febre Amarela, já nascem infectados.

Como os macacos infectados adoecem e muitos morrem, as novas gerações de mosquitos, já infectados, precisam se deslocar em busca de novos macacos e ao picá-los, transmite o vírus para os mesmos, propagando a doença.

O mosquito vive e consegue se distanciar até 6 km do local onde nasceu.

O horário de maior atividade do mosquito é do meio-dia até o pôr do sol, com alguns estudos indicando dois picos: das 12h às 14h e das 16h às 17h.

Em condições normais, o vírus se propaga a uma velocidade de 1 Km por dia.

Ciclo de transmissão urbano:

O mosquito Aedes aegypti (o mesmo que transmite a Dengue, Zika e Chikungunya), ou o Aedes albopictus picam humanos doentes, se infectam e ao picar outros humanos, transmitem a doença.

A Febre Amarela Urbana não é registrada desde 1942. Todos os casos confirmados nos últimos anos têm sido de Febre Amarela Silvestre.

Quanto tempo após picar uma pessoa infectada, o Aedes aegypti consegue transmitir a doença?

Na média, o mosquito vetor torna-se infectante de nove a 12 dias após picar um ser humano doente.

Em períodos mais quentes, este prazo pode ser menor. A 30°C, por exemplo, ele é de dois dias, e abaixo de 18°C a transmissão do vírus é muito reduzida.

Qual o tempo de transmissão da pessoa infectada, caso seja picada?

O período de transmissão começa um dia antes do início dos sintomas e vai até o terceiro ou quarto dia da doença.

Contudo, existem muitos fatores que aumentam o risco do retorno da Febre Amarela urbana. 

Fatores que aumentam o risco da volta da Febre Amarela urbana:

Aedes aegypti está amplamente distribuído em todo o território nacional.

Áreas infestadas por Aedes aegypti Aedes albopictus são também áreas de circulação do vírus da febre Amarela;

Áreas urbanas infestadas por Aedes aegypti próximas de áreas de risco para febre amarela silvestre;

Intenso processo migratório rural-urbano, levando à possibilidade de importação do vírus amarílico dos ambientes silvestres para os urbanos;

Áreas de circulação do vírus da febre amarela são justamente onde vivem pessoas mais pobres e com baixas cobertura vacinal.

Apesar de existir vacina, ela não pode ser utilizada em muitos casos e estas pessoas acabam ficando suscetíveis à infecção, mesmo com a vacinação de rebanho.

Por quanto tempo a pessoa infectada pode transmitir se picada?

A pessoa infectada pode transmitir a doença caso seja picada pelo mosquito no seguinte período:

1 dias antes do início dos sintomas até o 3º ou 4º dias de doença.

Em quanto tempo a pessoa infectada fica doente?

O tempo de incubação varia de 3 a 6 dias, mas pode chegar a 10 dias.

Quais são os sintomas?

Em aproximadamente 90%, o quadro clínico é assintomático ou oligossintomático.

Essas pessoas podem transmitir a doença, se picadas, enquanto o vírus está no sangue e nem saberem que estão doentes.

A Febre Amarela pode ser assintomática, leve, moderada, grave e maligna

Sua letalidade é de 5% a 10%, podendo atingir 50% nos casos graves, com manifestações icterohemorrágica e hepatorrenal

Febre Amarela
Resumo dos sintomas da Febre Amarela

Forma leve:

  • Apresenta apenas febre e cefaleia com duração de dois dias.

Forma moderada:

  • Febre,
  • Cefaleia (dor de cabeça),
  • Mialgia (dor nos músculos)
  • Artralgia (dor nas juntas),
  • Congestão conjuntival (olhos vermelhos),
  • Náuseas,
  • Astenia (Cansaço),
  • Alguns fenômenos hemorrágicos como epistaxe,
  • Pode haver subicterícia (pele amarela),
  • Nessa forma, assim como a leve, os sintomas duram de dois a quatro dias e a doença involui sem complicações ou sequelas.

Forma grave:

  • Os sintomas começam após 5 a 6 dias do contato:
  • Febre alta,
  • Sinal de Faget (pulsação baixa com relação à esperada para o grau da febre),
  • Cefaleia intensa,
  • Mialgia acentuada,
  • Icterícia,
  • Epistaxe (sangramento pelo nariz),
  • Dor epigástrica (na boa do estômago),
  • Hematêmese (Vômitos com sangue),
  • Melena (Fezes negras como borra de café, por causa do sangue digerido),
  • Este quadro pode perdurar por 4-5 dias,
  • Mesmo nos casos graves, pode ocorrer involução em torno de sete dias.

Forma maligna:

  • Ocorre toxemia abrupta,
  • Náuseas,
  • Icterícia,
  • Hemorragias diversas,
  • Encefalopatia (quadro neurológico, com sonolência, confusão mental, etc),
  • Em torno de 5 a 7 dias após inicio dos sintomas instala-se a insuficiência hepatorenal (falência do fígado e do coração), e coagulação intravascular disseminada,
  • A letalidade é alta, em torno de 50%, mas o paciente melhorar dos sintomas após uma semana.

O que fazer se apresentar sintomas ?

  • Procure um médico na unidade de saúde mais próxima;
  • Informe sobre qualquer viagem para áreas de risco nos 15 dias anteriores ao início dos sintomas;
  • Informe se e quando você tomou a Vacina Contra a Febre Amarela.

Diagnóstico

  • Isolamento viral com testes através de detecção da carga genética por PCR

Esse exame pode ser realizado dentro dos 5 primeiros dias a partir do começo dos sintomas em amostras de sangue; ou até 24 horas após a coleta em amostras de tecido de órgãos

  • Isolamento viral pela demonstração de antígenos virais

Esse exame é realizado em amostras do fígado ou sangue

  • Exames sorológicos

Realizado através da detecção de anticorpos em amostras de sangue.

Estes exames começam a ter resultados positivos após 5 dias do inicio dos sintomas.

Orienta-se coletar este tipo de exames após o 5ª dias do inicio dos sintomas e 14 a 21 dias após a coleta do primeira exame.

  • Histopatologia/Imuno-histoquímica

Alterações microscópicas que ocorrem a nível celular em órgãos afetados.

Qual o tratamento?

  • Não existe tratamento específico contra o vírus.
  • A conduta é de controle dos sintomas e suporte clínico e consta de muita hidratação e controle das alterações metabólicas e das complicações.
  • Não podem ser usados anti inflamatórios ou Aspirinas (Ácido Acetil Salicílico)

Quais podem ser as complicações após a fase de doença.

  • Persistência das dores musculares e cansaço por semanas,
  • Mesmo após melhora dos sintomas, podem ocorrer mortes devido a lesões cardíacas tardias.

Período de convalescênça

Uma pessoa que teve esta doença pode demorar até 8 semanas para se recuperar completamente.

É importante retornar às atividades habituais de forma gradual e manter o acompanhamento médico até a alta.

Distribuição da Febre Amarela em São Paulo

Fonte: Boletim epidemiológico – Jan/18 –  Secretaria de Saúde de São Paulo 

Como prevenir

 

 

Fonte:

CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

18 thoughts on “Saiba mais sobre a Febre Amarela

  1. Ao aplica a vacina vazou parte do liquido, creio eu que pelo menos 50%. Tem eficácia com apenas metade da vacina injetada? Obrigado.

  2. Olá dra. Me tire uma dúvida por gentileza, a vacina de febre amarela da alguma alteração nos resultados na sorologia para HIV e Hepatite como a vacina de Influenza?

    1. O risco maior em se tomar a vacina da febre amarela estando com sintomas de infecção, mesmo que não seja do HIV, pode levar a um aumento do risco de efeitos adversos e a uma pior resposta vacinal. Em caso de qualquer resultado positivo para HIV e hepatite deve ser realizado nova coleta de sangue e fazer outro tipo de exame confirmatório.

    1. Olá, depende da causa da hepatite, de quando foi o problema, do estado atual da doença e das condições do fígado. O ideal é perguntar para o médico que acompanha, pois é a pessoa mais indicada para avaliar a situação no momento. Vale lembrar que quem tomou uma vez a vacina da febre amarela, não precisa tomar outra dose. Independente do tempo da vacina.

  3. Ola dra. A vacina tem que ser aplicada em pessoas com boa imunidade certo!! Mais, quem tomou a vacina e não teve nenhuma reação vacinal, com o tempo se acaso a mesma pessoa tiver com a imunidade baixa, o vírus da vacina que essa pessoa tomou pode vir a se manifestar trazendo riscos ao fígado, tipo alguma doença crônica ??

    1. Olá, os efeitos colaterais podem ocorrer entre cinco e dez dias após a vacinação e desaparecem depois de dois ou três dias. Complicações graves existem, mas são raras. Após esse período, não há risco de ter reação à vacina. Vale lembrar que quem tomou uma vez a vacina da febre amarela, não precisa tomar outra dose. Independente do tempo da vacina.

  4. Olá Dra tomei a vacina dia 10/11 e amamentei meu filho de apenas dois meses normalmente pois não tinha sido orientada sobre o risco. Hoje ele está com seis meses e soube do risco de amamentar uma criança tão pequena após receber essa vacina. Levei ele no hospital e o tgo dele está alterado. O resultado deu 70 isso quer dizer que o vírus prejudicou o fígado dele ou não tem nada a ver? Vou levar ele no pediatra e refazer o exame mas já estou desesperada com essa situação.

    1. Boa tarde. Eu não consigo dar um parecer sem examiná-lo. Procure um médico infectologista de confiança, para que possa examiná-lo pessoalmente e solicitar os exames cabíveis para seu caso.

  5. Dra além do tgo apareceu anemia tb. Esses podem ser sintomas sequelares por ele ter sido amamentado com apenas dois meses após eu receber a vacina?

    1. Boa tarde. Eu não consigo dar um parecer sem examiná-lo. Procure um médico infectologista de confiança, para que possa examiná-lo pessoalmente e solicitar os exames cabíveis para seu caso.

    1. Bom dia. Quando o mosquito introduz o vírus em nosso sangue, as membranas do vírus se fundem com a das células dos tecidos que envolvem os nossos vasos sanguíneos e então começa a se multiplicar … Assim, invade e ataca nosso sistema circulatório, provocando inflamação do fígado causando as dores abdominais. Além do fígado, o vírus também pode infectar as células dos rins, coração, pulmões, a mucosa do sistema digestivo e até do cérebro.

  6. Apreciando o persistência você colocar em seu local e detalhada informações você presente.
    Tem impressionante vir através de um blog de vez em quando não é a mesma fora da
    data requentada material. Excelente! Tenho
    indicador seu site e estou incluindo seu RSS feeds para minha conta do Google.

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top