Você está aqui
Home > Coronavírus > Máscara de Tecido são Eficazes Contra o Novo Coronavírus?

Máscara de Tecido são Eficazes Contra o Novo Coronavírus?

Infectologista - Máscara de Tecido são Eficazes Contra o Novo Coronavírus?
Compartilhe

Máscara de tecido são eficazes? Máscara de Tecido são Eficazes Contra o Novo Coronavírus? O uso de Máscaras Faciais de proteção em pessoas sintomáticas são Recomendadas como Forma Básica de Redução de Disseminação de Gotículas Respiratórias produzidas por tosse ou espirro.

Máscara de Tecido são Eficazes Contra o Novo Coronavírus?

Dessa forma, reduz a propagação de vários doenças transmitidas pela via respiratória, inclusive o Novo Coronavírus

Outras medidas como:

  • Etiqueta respiratória
    • Tossir ou espirrar tampando a boca com o cotovelo flexionado ou utilizando lenço de papel
  • Higienizar as mãos com álcool ou água e sabão

Também visam reduzir a propagação da infecção de um indivíduo infectado

Vale lembrar que o uso de máscaras por pessoas assintomáticas (sem sintomas) também conferem proteção.

Higienização contra o Coronavírus – Cuidados com Alimentos e Objetos Pessoais

No entanto, é uma medida de proteção bem menos eficaz se comparada ao uso por pessoas sintomáticas.

Entenda o Porquê:

  • Quando uma pessoa Doente: Respira, Fala, Tosse, Espirra, etc,
    • emite partículas infectantes por todos os lados
      • Estas partículas se depositam em superfícies e pessoas próximas
        • Cabelos, Roupas, Rosto, Mucosas, Celular, Bolsa, etc
  • Se a pessoa que está próxima estiver usando máscara em suas boca e nariz, o agente infeccioso não entrará em contato imediato com o organismo da pessoa por estas vias
    • No entanto, o agente infeccioso poderá entrar no organismo da pessoa pelos olhos
      • especialmente se ela não estiver usando óculos
    • Ou esta pessoa pode se infectar posteriormente ao colocar as mãos em qualquer utensílio seu ou outra área do corpo já infectado e depois levar as mãos às mucosas
    • ou mesmo passando este objetos ao rosto, como por exemplo, ao trocar de roupa
  • No entanto, se a pessoa doente estiver utilizando máscara facial, as partículas ficarão contidas na máscara e não se disseminarão.

Qual a importância de pessoas sem sintomas também utilizarem máscara:

  • Pessoas podem transmitir vírus respiratórios alguns dias ANTES de iniciar sintomas
  • Podem estar infectadas e apresentar sintomas leves ou mesmo nenhum sintoma
  • Em caso de contato com pessoas infectadas e que não estejam utilizando máscara, a transmissão direta pelo contato de partículas infectantes com a mucosa da boca ou olhos não ocorrerão.

Máscara de tecido são eficazes desde que:

  • sejam usadas durante todo o tempo de exposição
  • estejam bem acoplada ao rosto
  • estejam íntegra (sem rupturas)
  • estejam limpas
  • estejam secas
  • estejam dentro do tempo de uso preconizado para aqueles tipos de máscara

Uso racional de insumos

Para combatermos uma epidemia, precisamos pensar de forma coletiva.

A falta de insumos é uma problema grave na estratégia de combate de qualquer epidemia

Se todos os cidadãos utilizarem máscaras cirúrgicas, por exemplo, faltará máscara para as pessoas doentes ou profissionais de saúde que cuidam dessas pessoas

Além disso, o uso de máscara descartáveis geram um custo que muitas pessoas não conseguem bancar.

  • Como já vimos, se pessoas doentes não utilizarem máscaras, a doença se dissemina mais rápido
  • e se profissionais de saúde adoecerem, faltarão profissionais para cuidar das pessoas doentes

Para garantir o uso racional das máscaras cirúrgicas, precisamos priorizar o seu uso para os casos em que são mais necessárias:

  • Pessoas doentes
  • Profissionais de saúde

Máscaras faciais de tecido

Uma forma mais racional do uso de insumos é o uso de máscaras reutilizáveis em pessoas assintomáticas.

Máscaras faciais de tecido (máscaras não-hospitalares) não fornecem total proteção contra infecções, mas reduzem
sua incidência

  • A máscara é de uso individual e não deve ser compartilhada, mesmo estando limpa
  • A máscara deve ser feita nas medidas corretas
    • cobrindo totalmente a boca e nariz
    • sem deixar espaços nas laterais.
  • Também é importante que a máscara seja utilizada corretamente
    • deve-se higienizar as mãos om água e sabonete ou com preparação alcoólica a 70% antes de sua colocação
    • não deve ser manipulada durante o uso
    • deve-se higienizar as mãos com água e sabonete ou com preparação alcoólica a 70% após sua retirada
  • Medidas de higiene e a limpeza das máscaras

 

Tipos de Tecido

  • Evitar materiais que possam irritar a pele, como poliéster puro e outros sintéticos
  • Pode-se utilizar  Tecido Não Tecido (TNT) sintético
  • Dar preferência a tecidos que tenham algodão em sua composição

Mesmo durante o uso das máscaras de tecido, deve-se respeitar a distância de mais de 1 metro entre as pessoas

Como utilizar as máscaras de tecido

  • Antes do uso:
    • Assegurar que a máscara esteja em condições de uso
    • Fazer a adequada higienização da mão com água e sabonete ou com preparação álcoólica a 70%
    • Tomar cuidado para não tocar na máscara
      • se tocar a máscara, deve executar imediatamente a higiene das mãos
    • Cobrir totalmente a boca e nariz, sem deixar espaços nas laterais
    • Manter o conforto e espaço para a respiração
    • Evitar uso de batom ou outra maquiagem ou base durante o uso da máscara
  • Tempo de uso
    • O tempo máximo de uso é de 3 horas.
      • Após este período deve-se retirá-la,
      • Guardá-la em saco de papel ou plástico fechado para posterior lavagem
        • Evite tocar a superfície do saco após o descarte da máscara
      • Colocar nova máscara
  • Quando trocar a máscara:
    • Após o tempo de uso ou antes se:
      • estiver úmida,
      • com sujeira aparente,
      • danificada
      • se houver dificuldade para respirar
  • Como retirar a máscara:
    • Manuseie o elástico ao redor das orelhas
    • Não toque na parte frontal da máscara
  • Caso tocar na parte da frente da máscara, no saco de descarta ou no rosto, higienizar as mãos imediatamente.

Limpeza das Máscaras

  • A máscara deve ser lavada separadamente de outras roupas
  • Lavá-la previamente com água corrente e sabão neutro
  • Deixar de molho em uma solução de água com água sanitária ou outro desinfetante equivalente de
    20 a 30 minutos

    • Diluição da água sanitária: diluir de 2 colheres de sopa de água sanitária em 1 litro de água
  • Enxaguar bem em água corrente, para remover qualquer resíduo de desinfetante
  • Na máquina de lavar, pode-se programar o ciclo completo de lavagem (lavagem, enxague, secagem)
    • Pelo menos 30 minutos com uma temperatura de lavagem de 60ºC
  • Evite torcer a máscara com força e deixe-a secar
  • Passar com ferro quente
  • Garantir que a máscara não apresenta danos
    • Rasgada, descosturada, deformada, perda de elasticidade, desgastada, etc
  • Guardar em um recipiente fechado

A máscara de tecido tem um tempo de vida útil de até 30 lavagens

Quem não deve Utilizar as Máscaras Faciais de Tecido (máscaras não hospitalares)

  • Profissionais de Saúde
    • Durante a sua atuação
  • Pacientes Contaminados ou
    • Pacientes Suspeitos
      • com sintomas
  • Pessoas que Cuidam de Paciente Contaminados
  • Crianças Menores de 02 (dois) anos
  • Pessoas com Problemas Respiratórios
  • Pessoas Inconscientes
  • Pessoas Incapacitadas ou
    • Incapazes de Remover a máscara sem assistência
  • Demais pessoas Contraindicadas pelo Profissional de Saúde
Fonte de Informações na Internet

Compartilhe
Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

2 thoughts on “Máscara de Tecido são Eficazes Contra o Novo Coronavírus?

  1. Belo artigo, infelizmente ainda existem pessoas teimosas que usam a máscara apenas para tampar a boca ou sequer usam máscara. Todos temos que ter consciência nesse momento.

Deixe uma resposta

Top