Você está aqui
Home > Medicina do Viajante > Cólera: Saiba mais

Cólera: Saiba mais

Cólera: Saiba mais

A Cólera é uma doença infecciosa e transmissível que causa quadro grave de diarreia.

É causada por uma bactéria chamada Vibrio cholerae sorogrupo O1 (mais 99% dos casos)  ou O139.

 

Como a cólera se transmite:

  • Ingesta de alimentos e água contaminada
  • A pessoa contaminada libera as bactérias da cólera pela fezes
  • As fezes contaminam fontes de água, principalmente em locais sem saneamento básico e/ou sem tratamento de água.
  • A pessoa saudável pode tanto se contaminar ingerindo diretamente a água contaminada, ou ingerindo algum alimento que foi contaminado pela água em algum momento de sua linha de produção.
  • Comer com mãos contaminadas

vibrio-cholerae

Locais de risco de infecção

Ela é endêmica em cerca de 60 países em todo o mundo. Especialmente em Africa, Asia e Caribe.

O mapa abaixo é de casos autóctones (infecções ocorridas dentro do país)

Cólera: Saiba mais
Fonte: Organização Mundial de Saúde

Em quanto tempo os sintomas aparecem?

O tempo de incubação varia de algumas horas a até 5 dias.

Geralmente aparecem 2-3 dias após a ingesta

Sintomas da cólera:

  • Diarreia grave muito frequente e com muito volume – aspecto tipo de ” água de arroz”
  • Vômitos
  • Cólicas abdominais intensas
  • Cãibras nas pernas

diarreia-na-colera

Como é feito o diagnóstico?

  • Exames das fezes
  • Swab retal

Como a Cólera pode matar?

A Cólera mata devido a desidratação e distúrbios dos íons do organismo causados pela diarreia intensa

A cada ano, cerca de 3 a 5 milhões de pessoas adoecem de cólera no mundo e cerca de 100.000 morrem.

A cólera pode matar rapidamente se o doente não receber cuidados médicos de forma rápida, devido a grande desidratação e perda de íons que causa.

Quem tem maior risco de se infectar pela cólera?

  • Pessoas que estão viajando para fornecer ajuda humanitária em países endêmicos
  • Pessoas que irão visitar amigos e parentes que vivem em áreas endêmicas
  • Pessoas que permanecerão muito tempo nas áreas endêmicas com acesso limitado a alimentos e água segura.

Quem tem maior risco de morrer caso se infecte pela cólera:

  • Pessoas com grupo sanguíneo do tipo O;
  • Pessoas com baixa acidez gástrica;
  • Pessoas com alguma condição de saúde que leve a menor tolerância a estados de desidratação como doenças cardíacas ou renais

Tratamento da Infecção:

  • O principal no tratamento é a hidratação vigorosa
  • Reposição dos íons, vitaminas e nutrientes que são espoliados durante a infecção
  • Antibióticos como tetraciclinas, macrolídios e fluoroquinolonas também são de grande ajuda.

 

Como evitar se contaminar pela cólera:

  • Comer apenas em lugares pré estabelecidos
  • Não comprar comidas de ambulantes
  • Não comer em locais de risco:
  • Comer apenas alimentos cozidos e servidos quentes
  • Beber apenas água engarrafada, preferencialmente que abram a garrafa na sua frente e água com gás (mais difíceis de adulterar)
  • Beber água SEM gelo
  • Comer frutas que venham com a casca e você mesmo descasca.
  • Higienizar  as mãos de forma correta principalmente antes de comer ou beber, antes de preparar alimentos e depois de ir ao banheiro
  • Vacinação

 

Fonte:

 

CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top