Você está aqui
Home > Notícias > Conheça as Maiores Ameaças à Humanidade, segundo OMS

Conheça as Maiores Ameaças à Humanidade, segundo OMS

Infectologista - Conheça as Maiores Ameaças à Humanidade, segundo OMS
Compartilhe

Organização Mundial de saúde, OMS, lista as 10 maiores ameaças à humanidade em 2019

A humanidade enfrenta vários desafios à saúde:

  1. Poluição do ar e mudanças climáticas
  2. Doenças crônicas não transmissíveis
  3. Pandemia de Influenza
  4. Cenários de fragilidade e vulnerabilidade
  5. Resistência antimicrobiana
  6. Ebola
  7. Cuidados primários de saúde
  8. Não se vacinar
  9. Dengue
  10. HIV

Poluição do ar e mudanças climáticas

Segundo a OMS, 9 em cada 10 pessoas respiram ar poluído todos os dias.

Estas partículas poluentes entram em nosso organismo pelos pulmões e causam problemas no sistema respiratório danificando pulmão, coração e cérebro.

Isso leva à morte prematura de mais de 7 milhões de pessoas por enfermidades como câncer, acidente vascular cerebral e doenças cardiovasculares e pulmonares.

Doenças crônicas não transmissíveis

Doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, câncer e doenças cardiovasculares, são responsáveis por mais de 70% de todas as mortes no mundo – o equivalente a 41 milhões de pessoas.

Pandemia de Influenza

A OMS monitora a circulação do vírus influenza, como o H1N1, e diz que é apenas questão de tempo para uma nova pandemia.

Cenários de fragilidade e vulnerabilidade

22% da população mundial vivem em locais com crises prolongadas.

Uma combinação de fatores como seca, fome, conflitos e deslocamento populacional e serviços de saúde mais frágeis.

Resistência antimicrobiana

As superbactérias desafiam a medicina e configuram grande desafio para a humanidade

Ebola

Em 2018, a república do Congo passou por 2 surtos da doença que se espalharam para cidades com mais de 1 milhão de pessoas

Cuidados primários de saúde

Muitos países no mundo não possuem instalações de atenção primária de saúde adequadas.

Não se vacinar

A resistência de muitas pessoas a se vacinar e vacinar suas crianças pode levar muitas doenças preveníveis por vacina já erradicadas a retornar

Dengue

Na época de chuva sempre ocorre um aumento dos casos de Dengue

Dados da OMS mostram que, atualmente, os casos vêm aumentando significativamente.

A doença já se espalha para países menos tropicais e mais temperados, como o Nepal.

HIV

Desde o inicio da epidemia, mais de 70 milhões de pessoas adquiriram a infecção e cerca de 35 milhões morreram.

Atualmente, cerca de 37 milhões vivem com HIV no mundo.

Um grupo cada vez mais afetado são as adolescentes e as mulheres jovens (entre 15 e 24 anos)

O que fazer

Para enfrentar estas ameaças, a OMS realizou em 2019 um plano estratégico de 5 anos, o “13º Programa Geral de Trabalho 2019-2023

Este plano estipula várias metas para a humanidade:

  • 1 bilhão de pessoas que se beneficiem do acesso à cobertura universal de saúde
  • 1 bilhão de pessoas que possam contar com atendimento de emergências à saúde
  • 1 bilhão de pessoas desfrutando de melhor saúde e bem-estar

 

Fonte:


Compartilhe
Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

Deixe uma resposta

Top