Você está aqui
Home > Coronavírus > Imunidade de Rebanho – O que é? Pode Ajudar a Conter a COVID-19?

Imunidade de Rebanho – O que é? Pode Ajudar a Conter a COVID-19?

Infectologista - Imunidade de Rebanho – O que é? Pode Ajudar a Conter a COVID-19?
Compartilhe

Imunidade de Rebanho – O que é? Pode Ajudar a Conter a COVID-19? – Algumas doenças, principalmente as novas, tem uma propagação rápida entre a população. Seja ela causada pelo alto nível de contágio devido ao sistema imunológico ainda não ter anticorpos naturais capazes de detê-la ou pela falta de vacinas.

Uma prática muito comum nesses casos é a chamada imunidade de rebanho. Continue a leitura deste artigo para saber o que é esse método e se ele é capaz de ajudar a conter a nova doença do momento, Covid-19.

O Que É Imunidade de Rebanho?

Imunidade de rebanho ou imunidade de grupo, é uma ferramenta utilizada para calcular a taxa de imunidade da população a fim de determinar o estágio em que a epidemia se encontra naquele local.

Para que essa imunidade seja alcançada, uma porção da população deve estar imune à doença, ou seja, desenvolver imunidade natural após serem contaminadas, ou serem imunizadas por meio de vacinas. Estima-se que o número ideal de pessoas imunes a uma doença deve estar entre 60% e 80% para atingir esse método.

A chamada taxa básica de reprodução (R0), é capaz de estimar a rapidez com que uma doença se espalha, bem como o número de pessoas que uma só pessoa pode contagiar e disseminar a doença.

No caso do sarampo por exemplo, o R0 é maior que 10, ou seja, para alcançar os níveis desejados da imunização de rebanho, aproximadamente 95% da população precisa estar protegida contra a doença.

Imunidade de Rebanho X Covid-19

Como ainda não existe vacina capaz de imunizar uma pessoa contra o vírus da Covid-19, nem a certeza de que aqueles pacientes já infectados pela doença anteriormente tenham desenvolvido anticorpos de imunidade contra ela, ainda não é possível saber exatamente qual será a taxa básica de reprodução do novo coronavírus na população.

Alguns estudos arriscam dizer que essa taxa de R0 pode variar de 2,4 a 3,3. Isso quer dizer que uma pessoa infectada é capaz de transmitir para até 3 pessoas diferentes que transmitem para mais nove e assim sucessivamente.

Vacinas e Prevenção

Como ainda não existe uma vacina capaz de prevenir a infecção pelo novo coronavírus, algumas outras doses podem ajudar a prevenir outras doenças que podem ser facilmente confundidas com a Covid-19, assim como amenizar alguns de seus sintomas, sendo elas:

  • Vacina da gripe-2020 – Apesar de não apresentar ação sobre o SARS-CoV-2 (vírus da COVID-19), essa vacina é capaz de diminuir o número de casos ou mesmo a gravidade dos casos de influenza, vírus de grande circulação durante o inverno.
  • Vacina contra Pneumonia – Pessoas de grupo de risco para complicações por infecções por vírus respiratório devem ser vacinadas contra a Pneumonia para diminuir as chances do aparecimento da doença. Atualmente existem dois tipos de vacina para essa condição:
    • Pneumonia 13
    • Pneumonia 23

Além das doses imunológicas, é importante manter a proteção com uso de máscaras, lavagem frequente das mãos e higienização de ambientes e objetos com produtos capazes de eliminar resquícios de vírus como álcool 70% e água sanitária. Ficou com alguma dúvida? Converse com seu médico infectologista de confiança ou acesse nossa área exclusiva * Novo Coronavírus*.


Compartilhe
Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

One thought on “Imunidade de Rebanho – O que é? Pode Ajudar a Conter a COVID-19?

Deixe uma resposta

Top