Você está aqui
Home > Coronavírus > Existe tratamento precoce contra covid? Entrevista Jornal da Band

Existe tratamento precoce contra covid? Entrevista Jornal da Band

Existe tratamento precoce contra covid? Entrevista Jornal da Band
Compartilhe

Existe tratamento precoce contra covid? Entrevista Jornal da Band:

No dia 20/02/2021, a Dra. Keilla Freitas concedeu uma entrevista no programa Jornal Band no canal da Band.

O assunto da matéria era sobre as notícias falsas relacionadas aos tratamentos precoce contra o COVID-19.

Muitas pessoas começaram a procurar remédios na farmácia como a Cloroquina ou a Ivermectina acreditando que os remédios possam tratar o Coronavírus, porém, foi constatado justamente o contrário. Além desses remédios não terem eficácia nenhuma contra o vírus, ainda por cima os pacientes que tomam Cloroquina ou Ivermectina podem contrair efeitos colaterais do uso do remédio como por exemplo Arritmia cardíaca e até mesmo complicações na visão.

A Dra. Keilla explica quais são os riscos que a pessoa tem ao tomar a Cloroquina ou a Ivermectina e que atualmente não existe nenhum tratamento antiviral e recomenda que não tomem esses remédios, respeite as medidas de isolamento social propostas pelo ministério da saúde e caso tenha os sintomas mais graves do COVID-19, vá ao hospital imediatamente.

Confira a matéria completa logo abaixo:

Link completo da matéria: https://youtu.be/llArYBt8Fnc

Quer ler mais artigos relacionados ao Coronavírus ? Clique aqui para ver todas as notícias relacionadas a esse tema.


Compartilhe
Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

Deixe uma resposta

Top