Você está aqui
Home > Vídeos > H1N1 e arboviroses: saiba mais

H1N1 e arboviroses: saiba mais

H1N1 e arboviroses… O que você sabe sobre isso?

Velha conhecida da população, a gripe é causada pela ação dos vírus influenza no organismo.

O que muita gente talvez não saiba é que existem três tipos de vírus influenza: A, B e C – os dois primeiros são responsáveis por epidemias sazonais em várias regiões do mundo, com circulação predominantemente no inverno e, o último, causador de infecções mais brandas.

O tipo A é classificado em subtipos, como o A(H1N1) e o A(H3N2), que circulam atualmente em humanos.

Já o tipo B é dividido em duas linhagens: Victoria e Yamagata.

Sintomas

Mesmo com suas particularidades genéticas, todos podem provocar os mesmos sintomas:

  • Febre alta,
  • Tosse,
  • Garganta inflamada,
  • Dores de cabeça,
  • Dores no corpo
  • Dores nas articulações,
  • Calafrios
  • Cansaço intenso.

Em 2016, a influenza vem ganhando uma maior repercussão no Brasil devido ao aumento no número de casos em comparação aos anos anteriores.

De acordo com o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde (MS), divulgado no dia 22 de junho, foram registrados 5.214 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) de influenza, situação que requer a hospitalização do paciente.

Desse total, mais de 80% foi causado pelo subtipo A(H1N1)pdm09, que ganhou esta nomenclatura para diferenciá-lo do H1N1 antigo sazonal que circulou até 2008. Também foram confirmados 1.003 óbitos, sendo mais de 90% dos registros relacionados a este subtipo.

Fui convidada pela equipe do Saúde em Dia da WebTV, São Caetano, para conversar sobre o tema numa entrevista ao vivo que aconteceu no dia 23/03/2016. Além disso, conversamos um pouco sobre as arboviroses (vírus transmitidos por mosquitos), mais precisamente o Zika vírus.

Vejam a entrevista na íntegra:

CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

2 thoughts on “H1N1 e arboviroses: saiba mais

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top