Você está aqui
Home > Infecção Crônica > Erisipela: conheça a doença

Erisipela: conheça a doença

erisipela

Erisipela é uma infecção da pele

Causada muitas vezes pelas próprias bactérias que habitam a pele.

Para poder penetrar na pele, geralmente encontram uma porta de entrada como:

  • Picada de inseto,
  • Arranhaduras,
  • Mordeduras,
  • Traumas,
  • Prurido (Coceira)
  • Lesões na pele às vezes imperceptíveis a olho nú

Fatores que facilitam o surgimento dessa infecção?

  • Obesidade,
  • Diabetes Mellitus mal controlada,
  • Insuficiência venosa,
  • Insuficiência linfática,
  • Edemas crônicos
  • Infecções fúngicas no pé.
  • Tabagismo

Geralmente afeta as pernas, mas pode aparecer em qualquer lugar do corpo.

Os sintomas variam de acordo à:

  • Gravidade da infecção,
  • Pré-disposição da pessoa
  • Tamanho da área acometida

Sintomas da erisipela:

  • Febre,
  • Dor intensa na área acometida
  • Mal estar geral

Exemplos de erisipela:

erisipela
Exemplos de Erisipela

Evolução:

A infecção pode se desenvolver rápido, evoluindo com:

  • Aumento da área infectada
  • Descompensação da diabetes (em pacientes diabéticos)
  • Sepse (Infecção generalizada)

Como medidas de prevenção estão manter os pés sempre bem limpos e secos, controlar as doenças de base como a diabetes, usar meias compressivas quando indicadas, entre outras coisas.

CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top