Você está aqui
Home > DSTs > Preservativo interno

Preservativo interno

Last updated on Maio 17th, 2018 at 05:59 pm

Preservativo interno

Preservativo interno serve para ser usado tanto pela via vaginal quanto anal.

Por isso, apesar de ser popularmente chamado de “preservativo feminino”, também pode ser usado por homens no sexo anal passivo.

É feito de material de nitrilo, mais espesso que o preservativo masculino.

Ele protege contra Infecções Sexuais, incluindo o HIV. Além disso,  é um método anticoncepcional.

Pode-se usar com qualquer lubrificante

Vantagens

  • A autonomia da mulher ao escolher ter uma relação sexual segura
  • Já vem lubrificado, dispensando outros produtos
  • Pode ser inserido por ambos, fazendo parte do jogo sexual
  • Ao contrário do preservativo masculino, o feminino pode ser colocado até oito horas antes da relação
  • É uma alternativa para casais com alergia ao látex do preservativo
  • Permanece no lugar com ou sem o pênis ereto
  • Previne doenças do colo do útero

Desvantagens

  • Assim como o preservativo masculino, é para uso ÚNICO. Em caso de nova relação, mesmo que seja em seguida, um novo preservativo deve ser utilizado
  • O pênis pode escorregar infligindo uma pausa na relação sexual
  • Pode causar irritação na vagina, pênis ou ânus.

Cuidados com  o preservativo interno

  • Armazene-o longe do calor, em local fresco e seco
  • Mantenha a embalagem íntegra
  • Não utilize fora do prazo de validade
  • Não rasgue o preservativo com as unhas ou joias.
  • Observe sinais de envelhecimento como: fragilidade, viscosidade e descoloração
  • Se o pênis estiver inserido fora da bolsa de preservativo ou se o anel externo escorregar para dentro da vagina ou ânus, pare e retire o preservativo.
  • Use um novo preservativo antes de começar o sexo novamente.

Como colocar o preservativo na vagina:

  • Verifique a integridade do produto antes de usá-lo
  • Não use na mesma relação em que utilizar o preservativo masculino
  • Fique em uma posição confortável (em pé com um dos pés em cima de uma cadeira, sentada com os joelhos afastados, agachada ou deitada)
  • O preservativo interno é lubrificado, por isso ficará um pouco molhado
  • Antes de inserir o preservativo, você pode espremer o lubrificante na embalagem e esfregar os lados para espalhá-lo
  • Coloque o preservativo antes do jogo sexual para evitar contato com o fluido pré-ejaculatório, que vem do pênis.

 

 

  • Com o dedo indicador e o polegar, aperte o anel móvel (interno) e introduza-o na vagina.

 

  • Com o dedo indicador, empurre-o na parte de trás da vagina como se fosse um absorvente interno.
  • Empurre-o o mais profundamente possível, até alcançar o colo do útero
  • Retire o dedo suavemente, assegurando que 3 cm da parte externa do preservativo esteja para fora da vagina.

Durante a relação sexual

 

  • O anel aberto deve permanecer fora da vagina em todos os momentos, e em parte irá cobrir a área dos lábios.
  • Durante a penetração, guie o pênis para o centro do anel externo e dentro do preservativo.

 

 

 Como retirar o preservativo feminino

  • Ele pode ser retirado com tranquilidade após o coito
  • Preferencialmente deve ser retirado antes da mulher se levantar, para evitar que o esperma escorra do interior do preservativo
  • Na extremidade, faça uma torção

Uso anal do preservativo interno

 

A melhor forma de se colocar um preservativo interno no ânus é “brincando”.

Para uso no ânus, algumas pessoas removem o anel interno (o menor) antes da inserção. Mas isso deve ser evitado, pois uma vez retirado o anel interno, aumenta as chances de rompimento ou quebra do mesmo.

Coloque bastante lubrificante no preservativo interno

Coloque também lubrificante ao redor da abertura anal, antes da inserção

Coloque o lado sem lubrificante no pênis ou um vibrador, como se fosse um preservativo “masculino”

Ele também pode ser colocado com os dedos como se faz pela via vaginal, nesse caso, certifique-se que a unha esteja bem curta.

Para a inserção com o próprio dedo, coloque o dedo indicador dentro do preservativo até que consiga sentir a parte inferior do anel interno.

O anel externo não deve ser inserido.

Empurre o preservativo interno no reto o máximo possível, usando o anel interno como guia (levantar um perna em banquinho pode ajudar)

Pode-se colocar mais lubrificante por dentro do preservativo interno, uma vez introduzido, para mantê-lo úmido e pode-se colocar mais se for julgado necessário durante o ato.

Se o anel externo acabar sendo introduzido no ânus durante a relação, deve-se interromper o ato, retirá-lo e introduzir um novo antes de prosseguir.

Como não depende da ereção do pênis estar no lugar, ao contrário do preservativo masculino, o interno não precisa ser retirado imediatamente após a ejaculação.

Mas idealmente, deve-se retirá-lo antes de se levantar para evitar a saída do sêmen

Para retirar, o anel externo deve ser torcido para manter o sêmen dentro, depois puxado suavemente.

Não use uma camisinha masculina com o preservativo interno.

 

Referência

Compartilhe nas redes sociais:
  •  
  •  
  • 19
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    19
    Shares
Dra. Keilla Freitas
Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.
http://www.drakeillafreitas.com.br/

Deixe seu Comentário

2 thoughts on “Preservativo interno

  1. Olá Doutora,vou tentar ser breve, sou homossexual passivo, porém fazem mais de 20 anos que nao tenho uma relacao sexual prazerosa pois tenho verdadeiro pânico em contrair HIV, já tentei várias vezes, sempre com preservativo, mas de 5 em 5 minutos ficava olhando pra ver se nao estava estourado. Por fim desisti de ter relacao ja fazem uns 5 anos… Qual profissional devo procurar? sexólogo ou infectologista? Obrigado

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top