Você está aqui
Home > HIV/AIDS > Perda de peso associada ao HIV

Perda de peso associada ao HIV

Perda de peso em pacientes com HIV

Perda de peso associada ao HIV: Como identificar e o que fazer

A perda de peso já foi causa de grande estigma nas pessoas com diagnóstico de HIV no passado

Ainda hoje é bastante prevalente mesmo na era pós “TARV” – terapia antirretroviral

A prevalência atual de caquexia em pacientes vivendo com HIV varia de 14 a 38%.

Muitas vezes não é tão fácil perceber.

O que é Caquexia segundo o CDC (1987)

  • Perda de pelo menos 10% do peso.
  • Não pode haver mudança de hábitos ou dieta.
  • Precisa haver diarreia, febre e/ou fraqueza  por mais 30 dias

Limitações no diagnóstico de perda de peso ou caquexia nos pacientes vivendo com HIV:

  • A definição de caquexia prevista pelo CDC foi feita antes da era dos antirretrovirais (ARV).
  • Paciente em uso de ARV podem sofrer perda de peso sem apresentar sintomas
  • Não há tempo definido para perda de peso não intencional em pacientes vivendo com HIV.
  • Perda de peso ou diminuição do Índice de Massa Corporal (IMC) não significa mudança na composição corporal, bem como porcentagem de músculo ou gordura.

O que consideramos perda de peso no paciente vivendo com HIV?

  • Perda de peso maior que 10% do peso basal em 1 ano ou maior que 5% em 6 meses

Pacientes em fase AIDS podem apresentar apenas a caquexia como sinal, sem nenhuma infecção oportunista

Fatores que aumentam o risco de caquexia e perda de peso em pacientes com HIV:

  • Sintomas como feridas na boca, náseas e vômitos que dificultam a ingestão de alimentos
  • Cansaço causado pelo HIV pode dificultar o processo de preparo de alimentos
  • Cansaço causado pelo pelos remédios pode dificultar o processo de preparo de alimentos
  • Depressão associado ao HIV podem diminuir o apetite ou diminuir a força ou vontade de preparar os alimentos
  • Baixo nível de CD4 (menor que 200 células)
  • Uso de drogas injetáveis
  • Baixo nível socioeconômico
  • Presença de náuseas (enjoos)
  • Uso de alguns antirretrovirais
  • Diarreia
  • Presença de infecções fúngicas na boca (“sapinho”)
  • Infecções oportunistas
  • Presença de lipodistrofia
  • Atividade inflamatória
  • Alteração hormonal (hipertireoidismo ou hipogonadismo)
  • Alterações metabólicas
  • Má absorção gastrointestinal
  • Doenças crônicas variadas que aumentam o catabolismo (quebra) de proteínas
  • Vários tipos de câncer
  • Altos níveis de vírus no sangue

O que altos níveis de HIV no sangue podem fazer:

  • Prejudicar o apetite
  • Prejudicar o sabor dos alimentos
  • Impedir que o corpo absorva os alimentos da forma correta
  • Aumentar o processo inflamatório no corpo, e o gasto energético

A importância de monitorar o peso nos pacientes vivendo com HIV:

  • Identificação da perda de peso não intencional o mais precocemente possível e investigação de suas possíveis causas.
  • Cada perda de 1% de peso corporal não intencional em pacientes com HIV, aumenta do risco de morte em 11%
  • Uma perda de mais de 10% do peso corporal não intencional aumenta o risco de morte em até 6 vezes .

Como diagnosticar perda de peso/caquexia em pessoas vivendo com HIV:

  • Vigilância de peso
  • Análise de bioimpedância biométrica
  • Tomografia computadorizada (diferencia lipodistrofia de caquexia de acordo com a avaliação da área corporal com tecido adiposo reduzido)
  • Medida de composição corporal com exames de imagem de corpo inteiro – DEXA
  • Medidas de acúmulo de panículo adiposo

O que fazer diante da perda de peso/caquexia em pessoas vivendo com HIV:

  • Avaliar a adesão ao Tratamento do HIV
  • Medir imunidade e níveis de vírus no sangue
  • Reavaliar medicações antirretrovirais usadas por estes pacientes
  • Avaliar possíveis interações medicamentosas entre os ARV e outros remédios de uso diário
  • Medição hormonal (tireoide e hormônios sexuais)
  • Avaliação do fígado, rim e dosagem de proteínas
  • Afastamento de câncer como causa
  • Avaliação nutricional
  • Avaliação psicológica e social

Alimentação em pessoas desnutridas pelo HIV

Perda de peso associada ao HIV

Existem várias medidas que podem ser adotadas e que podem ajudar em diversas situações.

Pessoas portadoras de HIV com imunidade muito baixa, altos níveis de vírus no sangue e desnutridas, precisam ter um aporte maior de proteínas e energia (em forma de carboidratos e gorduras).

Onde encontrar proteínas

  • Carne vermelha
  • Peixes
  • Frango
  • Ovos
  • Feijão
  • Laticínio (produtos derivados do leite)
  • Nozes

Dicas para aumentar ingesta de proteínas

  • Acrescentar pasta de nozes ou queixa em torradas, tostadas, frutas e vegetais
  • Adicionar queijo em frutas e saladas
  • Acrescentar atum enlatado em guisados ou saladas
  • Adicionar queijo desfiado a molhos, sopas, omelete ou vegetais cozidos ao vapor
  • Acrescentar iogurte às frutas ou cereais
  • Adicionar ovos cozidos em saladas e sanduíches
  • Adicionar carnes desfiadas ou picadas a  sopas saladas ou molhos
  • Adicione leite em pó ou ovo em pó em alimentos como omelete, vitaminas, etc.

Aumentar a ingestão de calorias

O organismo da pessoa com altos níveis de vírus no sangue, gasta mais energia, e por isso, é necessário seu maior consumo nesse período

Gorduras boas: 

  • Manteiga
  • Cream cheese
  • Manteiga de amendoim
  • Molho
  • Nata
  • Queijo ralado
  • Abacate
  • Azeite de oliva
  • Molho de salada

Carboidratos (amidos e açucares simples)

Amidos:

  • Pães, biscoitos, torradas
  • Aveia ou Cereais
  • Massa
  • Batata
  • Arroz

Açúcar simples:

  • Geléia
  • Mel
  • Frutas frescas ou secas

Como aumentar o apetite

  • Exercícios leves como caminhadas
  • Comer pequenas quantidades com uma maior frequência (tentar lanchar entre as principais refeições)
  • Comer sempre que tiver vontade
  • Evitar tomar líquidos imediatamente antes ou durante as refeições
  • Evitar líquidos efervescentes ou comidas como feijões, repolho ou brócolis que podem aumentar a produção de gás no estômago e diminuindo ainda mais o apetite.
  • Coma com sua família e /ou amigos
  • Tente comer suas comidas preferidas
  • Tente comer em locais agradáveis.
  • Estimulante de apetite como o Megestrol ou Dronabinol podem ser úteis, desde que prescritos pelo seu médico.

Ingestão de água

Para quê beber água em boas quantidades:

  • Diminui as reações colaterais dos remédios;
  • Evita desidratação, boca seca e constipação;
  • Ajuda a diminuir o cansaço.

Como se hidratar corretamente:

  • Tente tomar mais água que o habitual;
  • Se estiver com enjoos, água mais frias podem ajudar, beba em poucas quantidades várias vezes ao dia;
  • Você também pode tomar outros líquidos como chás descafeinados, água com sabor, sucos naturais de frutas misturados com água;
  • Gelatinas;
  • Chupar cubos de gelo;
  • Picolés.

Evite:

  • Cafés;
  • Refrigerantes, especialmente à base de cola;
  • Sucos industrializados;
  • Álcool.

Pessoas com febre, problemas respiratórios, diarreia ou vômitos, possuem uma perda de líquidos ainda maior e devem tomar ainda mais líquidos para uma adequada reposição.

Tratamento hormonal

Alguns casos, podem se beneficiar de tratamento hormonal associado a todas as outras medidas

  • Hormônio Recombinante de Crescimento Humano (rhGH)
  • Homens: Reposição hormonal em pacientes com hipogonadismo (testosterona diminuída)
  • Mulheres: Oxandrolona (parecido com a testosterona sem efeito masculinizante)

Tratamentos hormonais devem ser usados APENAS com prescrição médica e o conhecimento do seu médico Infectologista.

Suplementação de vitaminas

Perda de peso associada ao HIV
Perda de peso associada ao HIV

Precisamos apenas de uma pequena quantidade das mais variadas vitaminas para ter um funcionamento adequado do nosso corpo.

A maioria das vitaminas necessárias podem ser conseguidas por meio de alimentos

Algumas, como a vitamina D, são mais difíceis de se obter em alimentos e devemos suplementar especificamente as que precisamos.

As doses podem variar de acordo aos níveis.

Mesmo vitaminas que se pode obter por alimentos, dependendo da gravidade, do tipo da vitamina e da aceitação alimentar do paciente, uma suplementação específica deverá ser feita.

Alguns minerais como Magnésio,  Cálcio e Ferro podem interagir com alguns antivirais. Converse com  seu médico para um uso seguro.

Onde podemos encontrar vitaminas:

Perda de peso associada ao HIV
Tabela De Vitaminas

Como prevenir a perda de peso

  • A medida mais importante para prevenir a perda de peso associada ao HIV é iniciar o tratamento antirretroviral o mais cedo possível.
  • Para isso é preciso fazer o diagnóstico precoce, antes que apareça qualquer sintoma;
  • Praticar atividade física regularmente. Com treinos aeróbicos e musculares;
  • Alimentação adequada, rica em proteínas e muitos líquidos;
  • Suplementação de Omega 3 em altas doses diárias;
  • Acabar com o Tabagismo;
  • Evitar o uso de drogas.

 

Fonte:

 

CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

42 thoughts on “Perda de peso associada ao HIV

  1. bom dia , faço musculação e descobri que tenho hiv , já tomava oxandrolona , gostaria de saber se agora com a doença posso continuar tomando , claro com você receitando as quantidades !

    1. Isso tem que ser avaliado pelo Infectologista que te acompanha e em comum acordo contigo, tem que ser avaliado o seu organismo como um todo, os antivirais usados , o status imunológico e a carga viral.

    2. Dra , tambem sinto fraqueza no corpo , sinto mais quando tomo os remedios pros rins , um frio que vem nas pernas , tinha tonturas , mas passou ,sinto tontura não como era antes bem menos , achu que foi depois que tomei o omega 3 ,achu q sim ,não tenho certeza , to meio confuso. bjs e abraços ,bom dia. e obrigado.

      1. Você apresenta vários sintomas que podem ou não estar relacionados o entre si.

        Não posso emitir maiores critérios sobre os seus sintomas sem te ver pessoalmente e ver os seus exames.

        Mas uma coisa é certa, você precisa de uma avaliação médica integral.

        A parte da ansiedade deve ser vista e tratada e não é um problema menor. assim como a questão dos rins e todos os demais sintomas.

        Sugiro que converse com a sua nefrologista sobre as suas dúvidas, pior é ela que conhece o seu caso e melhor pode te responder.

        Consulte também um médico neurologista para avaliar estas tonturas e dores.

        Vale lembrar que você é uma pessoa completa e que os diferentes profissionais e especialista que te acompanham deve se comunicar entre si para que possam te ver como um todo e conseguir realmente fazer o melhor para você.

        Boa sorte.

        1. Faz 10 dias que fiz o teste deu positivo , fiz todos os exames de sangue falta só pegar os exemes que estará pronto ainda dia 05/07/2018 só que esmagresso 8kgs o que devo fazer , ir ao médico e relatar que estou 8 kgs mais magro ???

  2. Bom dia, li um artigo sobre perca de peso nos infectados pelo HIV. Sou portador a um ano e meio e desde então, sempre mantive o mesmo peso. Recentemente comecei perder peso, mesmo me alimentando corretamente. Até melhor eu diria. Em conversas com meu infecto, ele mencionou o uso de “bombas” (termo usado por ele) Para que eu ganhasse peso aliado a um trabalho de musculação. Existe essa possibilidade e quais os riscos que isso pode me trazer ? E qual remédios são usados nesses casos ?

    1. Existem algumas estratégias que podem ser utilizadas dependendo do objetivo principal.
      – Suplementos proteicos e atividade física muscular direcionada para hipertrofia e ganho de massa são os principais e não possuem contar indicações desde que somados a uma boa ingesta de líquidos.
      Outras estratégias como: uso de Hormônio Recombinante de Crescimento Humano (rhGH) ou reposição hormonal se houver alguma hormônio estiver diminuído deve ser avaliado caso a caso por um endocrinologista ou médico nutrólogo especialista em exercícios. Não deixe de dizer falar sobre as medicações que você faz uso.

    1. Bom dia. Você precisa procurar um médico infectologista de sua confiança, juntamente com o histórico de exames, para que possa te avaliar pessoalmente e solicitar mais exames a fim de investigar o que está causando esses problemas.

  3. bom dia. desde que descubri que tenho HIVja tenho muita fraqueza no corpo e dor cabeca constante e nem consigo andar muita perda de peso 50%. e gostaria de saber por parte da Doctora se todos esses sintomas algum dia pode passar ??

    1. Boa tarde. Caso você ainda não tenha iniciado seu tratamento, sugiro que procure um médico infectologista de sua confiança, para que te analisar pessoalmente, possa solicitar os exames necessários para seu caso e já dar início ao tratamento (saiba mais aqui: https://www.drakeillafreitas.com.br/tratamento-do-hiv-o-que-voce-precisa-saber/).
      Caso já tenha dado início ao tratamento, precisa avaliar junto ao seu médico a adesão do tratamento por seu organismo e possíveis mudanças em sua dieta.

  4. bom dia !
    Pesava 63kg, em 9 meses emagreci 12kg, depois de problemas pessoais, hj peso 58 e tenho 1,73, temo em estar passando por mudanças físicas devido à uso do 3 in 1, que uso há três anos quase. Perante esses números oque poderia me aconselhar ?
    Posso estar com algum tipo de reação?
    Carga indetectável 01/01/2018. Como diagnosticar essas mudanças em exames ? Sabemos que sistema público pouco informa disso. Muito obrigado !

    1. Bom dia. Isso tem que ser avaliado pelo Infectologista que te acompanha e em comum acordo contigo, tem que ser avaliado o seu organismo como um todo, os antivirais usados , o status imunológico e a carga viral.
      Existem algumas estratégias que podem ser utilizadas dependendo do objetivo principal.
      – Suplementos proteicos e atividade física muscular direcionada para hipertrofia e ganho de massa são os principais e não possuem contar indicações desde que somados a uma boa ingesta de líquidos.
      Outras estratégias como: uso de Hormônio Recombinante de Crescimento Humano (rhGH) ou reposição hormonal se houver alguma hormônio estiver diminuído deve ser avaliado caso a caso por um endocrinologista ou médico nutrólogo especialista em exercícios. Não deixe de falar sobre as medicações que você faz uso.

  5. Boa tarde… Sempre usei camisinha nas minhas relações sexuais e nunca houve ejaculação dos meus parceiros durante o ato. Gostaria de saber se existe risco efetivo de Hiv diante destas práticas…

  6. Dra. Quanto a lipodistrofia, em quanto tempo do uso de medicamentos em média essa condição aparece ? É mesmo após tratamentos estéticos ela pode retornar ?

  7. Dra. perdi peso muito rápido fiz teste de hiv nesse período com método Elisa, constou NAO REAGENTE, e valor referencial NÃO REAGENTE, mais acho q o tempo em q ouve a relação e a época q fiz o teste foi 1 mês, necessito repetir o exame ? To desesperado, não tenho foco no trabalho nem em mais nada, foi como se minha vida tivesse parado

  8. Eu sempre sofri para perder peso e quando conseguia alguns kg, em poucos meses a gordura sempre voltava. Vou procurar seguir essas dicas pra conseguir melhores resultados. Obrigada por compartilhar tanto conteúdo de valor.

  9. Geralmente na fase assintomática do HIV, o exame de hemograma apresente alguma alteração ou geralmente é normal? O resfriado da fase aguda geralmente é mais agressivo ou costumar ser fraco?

    1. A infecção pelo HIV geralmente não causa nenhuma alteração no hemograma, mesmo em fases sintomáticas, as alterações que podem ocorrer não são nada específicas. outras infecções como resfriado comum não necessariamente possuem qualquer alteração em sua gravidade pelo fato da pessoa estar infectada pelo HIV. A ÚNICA FORMA DE SABER SE TEM INFECÇÃO OU NÃO, É PELO EXAME DIAGNÓSTICO ESPECÍFICO.

    1. Bom dia. Isso tem que ser avaliado pelo Infectologista que te acompanha e em comum acordo contigo, tem que ser avaliado o seu organismo como um todo, os antivirais usados , o status imunológico e a carga viral.
      Existem algumas estratégias que podem ser utilizadas dependendo do objetivo principal.
      – Suplementos proteicos e atividade física muscular direcionada para hipertrofia e ganho de massa são os principais e não possuem contar indicações desde que somados a uma boa ingesta de líquidos.
      Outras estratégias como: uso de Hormônio Recombinante de Crescimento Humano (rhGH) ou reposição hormonal se houver alguma hormônio estiver diminuído deve ser avaliado caso a caso por um endocrinologista ou médico nutrólogo especialista em exercícios. Não deixe de falar sobre as medicações que você faz uso.

  10. Dra. Keilla, boa noite.
    Realizei um exame de HIV 1 e 2 P24, trinta e um dias após realizar sexo oral (ativo/passivo) sem preservativo, o qual apresentou Não Reagente.
    Realizei um checkup geral de todas as doenças sexualmente possíveis, o PCR também não deu nada.
    Mas estou com dores musculares e nas axilas, e perdi 4 kg 15 dias após o contato.
    Se eu já tinha os sintomas,o mesmo deveria ser apresentado no exame? Devo repetir?
    Será que é minha cabeça que está fazendo emagrecer? Estou assustado

  11. Olá, eu recentemente descobrir que estou com HIV, e sempre tive perda e ganho de peso, minha estrutura corporal é magro, mãe e pai magros, porém eu tô preocupado com a perda de peso no período em que eu descobrir, sempre mantida entre 63 e 60, hj estou com 57 e muito preocupado cuidando da alimentação, já com medicação a qual uma das reações que estou tendo é ansiedade impaciência.

    1. Boa noite. Existem suplementos alimentares para enriquecimento da dieta de pessoas com perda de peso, e alguns suplementos específicos para portadores do
      HIV, mas existem também suplementos de vitaminas e minerais, que quando usados sem orientação do médico ou nutricionista, podem se tornar perigosos à saúde. Sendo assim, você deverá conversar com seu médico para saber qual a suplementação ideal para você.

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top