Você está aqui
Home > Vídeos > Campanhas > Sintomas da Dengue: Fique Atento aos Sinais

Sintomas da Dengue: Fique Atento aos Sinais

sintomas da dengue
Compartilhe
  • 12
    Shares

Sintomas da Dengue: Fique Atento aos Sinais

A infecção por dengue pode ser assintomática, leve ou causar doença grave, levando à morte.

Normalmente, os primeiros sintomas da dengue são:

  • Febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias,
  • Dor de cabeça,
  • Dores no corpo e articulações,
  • Prostração (sonolência),
  • Astenia (fraqueza),
  • Dor atrás dos olhos,
  • Erupção (vermelhos na pele)
  • Prurido (coceira) na pele.

Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns.

Na fase febril inicial da doença pode ser difícil diferenciá-la.

A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes, sangramento de mucosas, entre outros sintomas.

Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde.

Não existe tratamento específico para dengue.

O tratamento é feito para aliviar os sintomas

Quando aparecer os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde mais próximo, fazer repouso e ingerir bastante líquido.

Importante não tomar medicamentos por conta própria.

 

Fonte de Pesquisa SP: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/dengue/


Compartilhe
  • 12
    Shares
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top