Você está aqui
Home > Vídeos > Campanhas > Sífilis Tem Cura? Vídeo Explicativo Sífilis – Infectologista SP

Sífilis Tem Cura? Vídeo Explicativo Sífilis – Infectologista SP

Sifilis Tem Cura

A Sífilis é uma IST (Infecção Sexualmente Transmissível) causada por uma bactéria denominada Treponema pallidum.

Esta doença apresenta várias fases, com sintomas que variam (ou podem não se manifestar) e podem ser confundidos com sintomas de diversas outras doenças.

A pessoa que contrai a Sífilis pode se perguntar se, uma vez infectada pela sífilis, ela sempre será portadora? A resposta é não.

A pessoa que se infecta pela sífilis e tem o diagnóstico confirmado e faz o tratamento adequado, se cura da sífilis.

O diagnóstico é feito através de testes específicos (não treponêmicos e treponêmicos), e o tratamento é feito através de aplicações da Penicilina benzatina.

Os exames de sangue dizem respeito a outra coisa: eles vão identificar se a pessoa teve um contato prévio, que é o que chamamos de cicatriz sorológica. Deste modo, aquela “marquinha” vai ser encontrada no sangue.

Além disso, no sangue também podemos dar certeza se ainda há a possibilidade da pessoa transmitir ou não.

Uma vez que a pessoa realizou o tratamento e tem confirmado no sangue o controle de cura, (ou seja, só está a cicatriz sorológica, e não a doença ativa), a pessoa não tem como transmitir a sífilis pela via sexual ou por qualquer outra via novamente, a não ser que essa pessoa se reinfecte.

Isto é justificado pois, ter a infecção pela sífilis uma vez não confere imunidade a essa infecção, ou seja, mesmo que essa pessoa se cure, se ela for novamente exposta, ela pode ser infectada e ficar doente.

Por isso é essencial prevenir-se contra esta infecção. A prevenção inclui:

  • Uso de preservativos na relação sexual, incluindo o sexo oral;
  • Realização dos exames específicos simultaneamente aos exames de rotina, para que o diagnóstico possa ser feito o quanto antes;
  • Fazer o tratamento correto quando o diagnóstico for confirmado;
  • Realizar tratamento conjunto com o parceiro sexual;
  • Fazer o controle de cura com o especialista para garantir a resposta terapêutica.

Consulte um médico infectologista e cuide da sua saúde!

CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

2 thoughts on “Sífilis Tem Cura? Vídeo Explicativo Sífilis – Infectologista SP

  1. Fiz tratamento com ceftriaxona 1 grama IM por 8 dias, pois sou alérgico a penicilina benzatina. Meu 1º VDRL deu 1:64 e após 60 dias que fiz a medicação, repeti o VDRL e caiu para 1:8. 9 meses após o tratamento repeti o VDRL e permanece 1:8. Já é considerado cicatriz ou a doença permanece ativa?

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top