Você está aqui
Home > Vídeos > Infecções urinarias > Menopausa e Infecção Urinária: o Risco Aumenta?

Menopausa e Infecção Urinária: o Risco Aumenta?

Menopausa e Infecção Urinária
Compartilhe

Menopausa e Infecção Urinária. Não é incomum encontrar mulheres que estão na menopausa se queixando de quadros de infecção urinária. Apesar de ser uma condição que geralmente afeta a maioria de pacientes do sexo feminino, durante a menopausa esse número pode ser muito maior.

Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre a menopausa e os riscos de desenvolver infecções urinárias durante este período.

Menopausa

A menopausa é conhecida pelo período que marca o fim da fase reprodutiva da vida de uma mulher. Ela pode ocorrer entre os 45 e 55 anos e causar diversas alterações no organismo.

Com o passar dos anos, a chegada da menopausa pode alterar gradativamente a região íntima, trato urinário e a vida sexual da mulher, diminuindo a libido e provocando alterações hormonais.

Menopausa e o Risco de Infecção Urinária

A Infecção do Trato Urinário ou Infecção Urinária já é mais frequente em mulheres que em homens, mesmo as mulheres jovens e sem comorbidade. No entanto, com a chegada da menopausa, também surgem grandes mudanças no organismo feminino e com elas, o aumento do risco de infecção urinária.

Durante a menopausa, as mulheres experimentam uma diminuição na produção do hormônio estrogênio, esse acontecimento somado ao enfraquecimento dos músculos pélvicos podem causar diversos problemas, principalmente no trato urinário.

É comum que pacientes na menopausa e na pós-menopausa se queixem de episódios de perda involuntária de urina, essa é uma das principais causas para o desenvolvimento da infecção urinária.

Causas de Infecção Urinária

Até mesmo mulheres que não sofriam de Infecções Urinárias de Repetição na juventude, podem começar a sofrer este problema quando idosas. Isso ocorre devido a alguns fatores e mudanças internas. Veja a seguir as principais causas do aumento da Infecção Urinária na pré e pós-menopausa:

  • Incontinência Urinária;
  • Presença de cistocele;
  • Urina residual pós-miccional;
  • Alteração da flora vaginal devido a alteração hormonal.

Outros fatores que podem aumentar o risco de infecção urinária, principalmente em pacientes com mais idade são:

  • Pouca ingesta de líquidos;
  • Uso frequente de antibióticos, levando a alteração da flora vaginal normal;
  • Diabetes Mellitus associada, especialmente se estiver descompensada;
  • Obesidade;
  • Uso de fralda;
  • Uso de sonda vesical.

Os Sintomas da Infecção Urinária

Existem alguns sintomas prevalentes que podem indicar quadros de infecção urinária em um paciente. Busque ajuda médica se:

  • Existe uma vontade urgente de urinar com frequência;
  • Sentir ardor ou incômodo para iniciar ou durante a micção;
  • Observar dores na região da bexiga, costas ou abaixo do ventre;
  • Apresentar febre.

Como Prevenir e Tratar a Infecção Urinária Durante a Menopausa

Uma infecção urinária deve ser sempre avaliada por um médico especialista a fim de identificar suas possíveis causas e estabelecer o melhor método de tratamento para cada caso.

A prevenção de quadros de infecção urinária, principalmente durante a menopausa, pode ser feita por meio de passos simples, como urinar após ter relações sexuais, não utilizar roupas intimas muito apertadas para evitar o abafamento, manter uma dieta saudável com diminuição de açucares e conversar com seu médico a respeito da ingestão de probióticos e reposição hormonal.

Assista ao vídeo e saiba mais informações:

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

Artigo Publicado em: 11 de janeiro de 2018 e Atualizado em: 08 de fevereiro de 2022


Compartilhe
Dra. Keilla Freitas
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.


https://www.drakeillafreitas.com.br/quem-somos/

4 thoughts on “Menopausa e Infecção Urinária: o Risco Aumenta?

  1. Dra estou com 46 anos e já estou sentindo os leves efeitos da menopausa, mas já tive em menos de três meses duas infecções urinárias, o que devo fazer,? Obrigada.

    1. Existem muitas causas que podem contribuir para isso, sugiro que procure pessoalmente um médico infectologista de sua confiança para te avaliar, realizar os exames necessários e tomar as medidas pertinentes para o seu caso em específico.

Deixe uma resposta

Top