Você está aqui
Home > Infecção Bacteriana > Como Prevenir Infecção de pele de repetição

Como Prevenir Infecção de pele de repetição

Infecção De Pele
Compartilhe
  • 7
    Shares

Infecção de pele são muito frequentes, podem aparecer de diversas formas e ter várias causas

Na maioria das vezes, são causados por bactéria que vivem naturalmente em nossa pele.

Geralmente não causam doenças pois nossa pele é barreira que as impedem de entrar em nosso organismo.

Quando ocorre alguma porta de entrada, estas bactérias penetram na pele e causam as infecções.

Fatores de risco

  • Imunidade baixa
  • Obesidade
  • Edema crônico
  • Insuficiência venosa
  • Insuficiência linfática
  • Diabetes mellitus
  • Desnutrição
  • Etilismo
  • Uso de drogas injetáveis
  • Infecção pelo vírus HIV
  • Internação hospitalar recente
  • Uso recente de antibióticos (independente da indicação)
  • Terapia de hemodiálise
  • Uso crônico de corticoide tópico (pomadas, gel, etc)

Diagnóstico

Sempre que possível, deve-se tentar identificar o agente causador da infecção para um tratamento assertivo

Essa identificação é feita apenas através da análise de material infectado que deve ser coletado com a técnica adequada.

Tratamento

O tratamento dependerá da causa, localização e gravidade e evolução do caso

Quando não for possível coletar amostra adequada para identificar a causa, o tratamento será feito de acordo às principais causas para este tipo de infecção.

Tipos de infecção de pele superficiais

Celulite ou erisipela

Infecção de pele

Infecção de pele
Celulite

 

Causas principais:

  • Streptococcus Beta hemolitico do grupo A
  • Streptococcus pyogenes
  • Stafilococcus aureus
  • Bactérias do tipo Bacilos aeróbicos gram negativos (menos frequente)
  • Fungos

Seus sintomas são locais:

  • Edema (inchaço)
  • Hiperemia (vermelhidão)
  • Calor
  • Dor

 

 

Dependendo da gravidade e da resposta do organismo da pessoa, pode levar a sintomas sistêmicos e alterações dos exames de sangue.

Infecções purulentas da pele

  • Acne

Também conhecido como espinha

Muito relacionado à oleosidade da pele

Tratam-se de pápulas e pústulas inflamatórias que afetam geralmente rosto, tórax, ombro e costas

Na maioria das vezes não tem indicação de tratamento antibiótico oral.

Cuidados no controle da oleosidade da pele, hormônios, alimentação podem ajudar na prevenção dos quadros

Medidas de descolonização da pele podem ajudar.

  • Furúnculo

Inflamação superficial ou profunda do folículo piloso (lugar onde nascem os pelos)

Causa mais comum é bacteriana, mas fungos, parasitas e vírus também podem ocasionar este problema.

O tratamento varia de acordo com a causa

  • Foliculite

Inflamação de vários folículos pilosos (conjunto de furúnculos)

  • Abscesso

Pode estar ou não associada a quadros de celulite bacteriana

Bactéria causadora mais comum é o S aureus, mas pode ter outras causas, inclusive não bacterianas

Coleção visível, geralmente dolorosa, com hiperemia.

O tratamento é feito a base de antibióticos orais e drenagem do abscesso.

Se esta drenagem não ocorrer espontaneamente, terá que ser feito por procedimento médico

Sempre que possível, uma coleta da secreção feito a partir da drenagem, com aspiração deve ser feita para analisá-la e tentar identificar o agente causador do quadro.

  • Carbúnculo

Conjunto de abscessos que se formam em baixo da pele e drenam seu conteúdo para o exterior a através de folículos pilosos

Impetigo

Infecção superficial da pele de causada por bactérias.

Muito comum em crianças, mas pode afetar adultos também

Mais comum em situações de umidade e calor

Tratamento é feito com antibióticos orais

Descolonização de pele também podem ajudar

  • Impetigo Bolhoso

Pápulas que evoluem para vesículas rodeadas de eritema.

Posteriormente, tornam-se pústulas que se ampliam e se decompõem rapidamente.

Formam-se então crostas espessas e aderentes, com uma característica aparência dourada

  • Impetigo não Bolhoso

Geralmente há menos lesões que no forma de apresentação não bolhosa e com maior afetação do tronco

Formam-se bolhas parecidas a queimaduras. Quando estouram saem liquido amarelo claro

Esta apresentação em adultos deve levar a investigação de causa de baixa imunidade como HIV.

  • Ectima

Forma ulcerativa de Impetigo – lesões de aprofundam na pele

São úlceras cobertas com crosta amarela cercada por margens violáceas elevadas

Impetigo
Uptodate: Copyright © 2014 Logical Images, Inc.Graphic 96268 Version 5.0 – retirado de VisualDX

Como prevenir infecção de pele de repetição

  • Investigação completa do estado do sistema imune da pessoa
  • Controle de fatores que aumentam o risco
  • Garantir uma boa limpeza das mãos
  • Descolonização da pele (mupirocina nasal)
  • Clorexidina ou banhos de alvejante
  • Curso prolongado de antibióticos na próxima crise
  • Cobrir feridas abertas
  • Realizar desinfecção ambiental

Fonte:


Compartilhe
  • 7
    Shares
CRM-SP 161.392 RQE 55.156-Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top