Você está aqui
Home > Medicina Tropical (Page 2)

Diagnóstico da Tuberculose

A Tuberculose é uma doença infecciosa ainda muito prevalente no mundo.

Diagnóstico da Tuberculose: A Tuberculose é uma doença infecciosa ainda muito prevalente no mundo. Diagnóstico da Tuberculose A Tuberculose é uma doença infecciosa ainda muito prevalente no mundo. Estima-se que 1/3 das pessoas no mundo têm contato com a Tuberculose. Apenas de 5 a 10% das pessoas que tiveram contato, chegam a

Conheça mais sobre a Tuberculose

Sintomas De Tuberculose

Sintomas de Tuberculose A Tuberculose é um problema tão antigo quanto atual. É uma infecção causada por um tipo especial de bactéria, a micobactéria tuberculosa. Ela é prevalente em todo o mundo. Estima-se ter 10,4 milhões de novos casos no mundo só em 2016 com 1,7 milhões de mortes. No Brasil, todos os anos são

Doença do carrapato: a picada que mata rápido

Doença do carrapato: a picada que mata rápido

Doença do Carrapato A Febre Maculosa ou Doença do Carrapato, também chamada de Rickettsiose ou Febre das montanhas rochosas, é uma infecção que pode ser extremamente grave. Ela pode levar rapidamente à morte em até 30% dos casos não tratados adequadamente. A principal forma de evitar a morte é dar o remédio certo o mais

Esquistossomose: Conheça

Esquistossomose: conheça

Esquistossomose: Conheça O que é? Chamada popularmente de "barriga D'água", "xistose", bilharzia ou "Febre do caracol". Trata-se de uma doença infecto parasitária que mata cerca de 200.000 pessoas por ano no mundo. É a terceira doença tropical mais devastadora do mundo, atrás apenas da Malária e da parasitose intestinal. O portador pode passar muitos anos

Como tratar a dor da Chikungunya

Como tratar a dor da Chikungunya

Como tratar a dor da Chikungunya A primeira descrição da Infecção pelo Chikungunya foi há 50 anos Mas o número de casos tem aumentado em países da África, Oceano Índico, Ilhas do pacífico Sudeste Asiático e Europa desde 2004 A primeira transmissão nas Américas foi identificada em 2013 Mas apenas 6 meses após houve

Revacinação contra a Febre Amarela

Revacinação contra a Febre Amarela Há alguns anos, a vacina contra a Febre Amarela deveria ser tomada em 2 doses: Uma dose inicial Uma dose de reforço após 10 anos da primeira dose. Mesmo pessoas sem contra-indicação ao uso da vacina podem desenvolver algumas reações adversas pós-vacinais. A maioria dessas reações são leves

Leishmaniose Cutânea

Leishmaniose Cutânea ou Tegumentar O que é? Doença infecciosa (causada por um microorganismo) Não contagiosa (não é transmissível de pessoa para pessoa) Quem causa ? Diferentes espécies de protozoários do gênero Leishmania que acometem pele e mucosas. É uma zoonose (este micro-organismo afeta naturalmente animais não humanos. O ser humano é um hospedeiro acidental) Por isso é chamada

Microcefalia pós-zika e genética

Microcefalia pós Zika e genética

Microcefalia pós-zika e genética Estudo aponta que características genéticas podem definir se um bebê exposto ao vírus da Zika durante a gestação terá ou não microcefalia. O estudo: O estudo foi conduzido pelo Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco da Universidade de São Paulo - USP. O estudo começou em 2016. Foi avaliado

Vacina contra a Febre Amarela

Vacina contra a Febre Amarela

Vacina Contra a Febre Amarela A principal forma de Prevenção contra a Febre Amarela é a vacinação. Recomenda-se a Vacinação para: Todos aqueles que nunca se vacinaram Quem não possui contraindicações à vacina Quem mora ou visita áreas de risco Área de risco Áreas de risco são locais onde ocorre a confirmação da circulação

Saiba mais sobre a Febre Amarela

Saiba mais sobre a Febre Amarela A Febre Amarela é uma das causadoras da febre hemorrágica, com alta taxa de mortalidade. O Vírus da Febre Amarela  foi descoberto há mais ou menos 400 anos. Ela tem esse nome por causa da icterícia (pele amarela devido à lesão do fígado), um sintoma típico. Essa doença

Top