Você está aqui
Home > Medicina do Viajante > Para que ir a um médico antes de viajar?

Para que ir a um médico antes de viajar?

Para que ir a um médico antes de viajar?

Last updated on novembro 14th, 2017 at 11:54 am

Para que ir a um médico antes de viajar?

 

Para que ir a um médico antes de viajar?

Quando viajamos, acabamos expostos a alguns riscos que dificilmente estão expostos nas revistas de turismo.
O Médico Infectologista avalia cada risco que a pessoa estará exposta de acordo ao:

  • Local de destino da viagem
  • Objetivo da Viagem: Turismo, Trabalho
  • Pelas características específicas da viagem em si.

O médico infectologista poderá avaliar:

  • Local de destino
  • Período do ano em que se realizará a viagem,
  • Objetivo (turismo, trabalho, estudo)
  • Tempo de permanência no local
  • Locais de estadia (hotéis, cruzeiros, acampamentos, casa de pessoas que moram no lugar)
  • Tipos de atividades (contato com animais, água, deserto, mergulho, escalada, etc)

Bactérias

A microbiota natural do nosso organismo e nosso entorno estão em equilíbrio.
Ao mudarmos de ambiente podemos ter contato com bactérias às quais não estamos acostumados, além da mudança da alimentação.
Com isso, ficamos mais propensos a problemas como gases, constipação e diarreias.

Vacinas pré viagem:

As vacinas são muito importantes no contexto de viagens.
Existem vacinas que servem para nos proteger de doenças que circulam nestes países.
Outras servem para proteger as pessoas que vivem nestes países de doenças que não são comuns nelas.
Além disso, existem uma serie de medidas preventivas que precisam ser feitas, de acordo a cada situação em específico.

Saiba mais sobre quais as vacinas devem ser tomadas antes das viagens aqui:

Compartilhe nas redes sociais:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Dra. Keilla Freitas
Dra. Keilla Freitas
Residência médica em Infectologia pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com complementação especializada em Controle de Infecção Hospitalar pela USP (Universidade de São Paulo); Pós-Graduação em Medicina Intensiva pela Universidade Gama Filho; Graduação em Medicina pela ELAM, com diploma revalidado por prova de processo público pela UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso); Experiência no controle e prevenção de infecção hospitalar com equipe multidisciplinar no ajustamento antimicrobiano, taxa de infecção do hospital e infectologia em geral, atendendo pacientes internados e com exposição ao risco de infecção hospitalar; Vivência em serviço de controle de infecção hospitalar, interconsulta de pacientes cardiológicos e imunossuprimidos pós-transplante cardíaco no InCor (Instituto do Coração) ; Gerenciamento do atendimento prestado aos pacientes internados em quartos e enfermarias, portadoras de doenças crônicas e agudas com necessidades de cuidados e controles específicos.
http://www.drakeillafreitas.com.br/

Deixe uma resposta


*Os comentários são limitados a 500 letras. Obrigada.

Top